Loading...

Cruzeiro reverte vantagem, elimina Athletico-PR e avança no Brasileirão Sub-17

O Cruzeiro conquistou uma classificação inédita às semifinais do Brasileirão Sub-17. Depois de perder o jogo de ida das quartas de final em casa por 1 a 0, a equipe venceu o Athletico-PR por 3 a 1 na tarde desta sexta (16), no CT do Caju, em Curitiba e avançou à próxima fase.

Raposa contou com pênalti defendido e gol no fim para avançar. Foto: Fábio Wosniak/ Athletico

Nas semifinais, a Raposa enfrentará o Vasco, que empatou com o Palmeiras por 2 a 2 nesta sexta e garantiu a classificação pela vantagem conquistada na ida.

Os duelos da próxima fase serão disputados nas duas próximas semanas. A CBF ainda definirá datas, horários e locais das partidas.

O jogo

Depois de um início disputado, os mineiros abriram o placar aos treze minutos. Japa cobrou escanteio da esquerda e Matheus Maia desviou na primeira trave para marcar.

Passado alguns minutos, os donos da casa se recuperaram na partida e quase empataram com Emerson, que perdeu chance na pequena área. O artilheiro, porém. não desperdiçou a segunda oportunidade. Aos 27, ele recebeu de Athyrson e tocou na saída do goleiro para deixar tudo igual.

A Raposa voltou a pressionar. Vitor Roque chutou forte para a boa defesa de Mycael e, minutos depois, Hugo acertou a trave em jogada pela esquerda. Quem teve a oportunidade mais clara de marcar foram os paranaenses, aos 45, quando Emerson foi derrubado na área. Athyrson cobrou o pênalti, mas o goleiro Otávio fez a defesa.

Precisando de um gol para levar a decisão para os pênaltis, os visitantes fizeram mais. Aos 20 minutos, em novo escanteio cobrado por Japa, Vitor Roque aproveitou o bate-rebate e mandou para o gol. O atacante ainda acertou a trave pouco depois, mas foi o autor da assistência para o gol decisivo.

Aos 40, o camisa 9 apareceu pela esquerda e passou para Robert, no meio da defesa, bater no cantinho. No fim, o Furacão se lançou ao ataque e Otávio ainda fez uma grande defesa, evitando o segundo gol rubro-negro. Robert também teve a chance de matar o jogo no contra-ataque, mas mandou para fora.

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...