Loading...

Goleiros da base do Internacional mantêm treinos mesmo a distância

Em tempos de pandemia, os clubes têm buscado oferecer treinos virtuais, com preparação física e trabalhos cognitivos. Mas, e quanto se tratam dos goleiros?  A posição que mais pede treinamentos específicos tem recebido atenção especial nas categorias de base do Internacional.

Inter mantém treinamentos a distância durante pandemia. Foto: Divulgação/ Internacional

Os camisas 1 do Celeiro de Ases são acompanhados pelos treinadores de goleiro, coordenados por Leonardo Martins. Ele explica que as atividades de ganho crônico estão sendo realizadas com foco no trabalho de conceitos, entendimento do jogo por vídeo, estímulos das habilidades coordenativas, autoconhecimento e manutenção física.

“Acreditamos que o goleiro atual precisa ser inteligente, com nível cognitivo alto. O futebol cada vez tem menos espaço para atletas reativos e sim cede espaço para os pró-ativos que tenham uma grande capacidade de adaptação às mudanças. No final, tudo isso ajude ele a tomar e executar as melhores tomadas de decisão possível.”, explica.

Através de reuniões virtuais, o trabalho é monitorado e orientado pelos preparadores de goleiros. Os atletas fazem exercícios similares aos executados em campo. Também são feitas atividades táticas, com vídeos que passam conhecimentos específicos da posição.

“Também foram criadas atividades de desafio coordenativos e cognitivos e exercícios propostos por todos treinadores de goleiros para seus atletas, com intuito de motivar e ao mesmo tempo criar um lastro motor mais rico e duradouro., completou Leonardo”

Além da preparação dos atletas, a comissão técnica segue em capacitação. São realizadas reuniões com a coordenação metodológica duas vezes por semana, assim como encontros individuais. O momento também possibilitou uma reunião com o treinador de goleiros do Benfica, Fernando Ferreira, referência na área.

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...