Loading...

De virada, Flamengo vence São Paulo e vai à final do Brasileirão Sub-17

Dois anos após conquistar a primeira edição do Brasileirão Sub-17, o Flamengo está de volta à final. A equipe saiu atrás, mas virou no segundo tempo e derrotou o São Paulo por 2 a 1 na tarde deste sábado (31), na Gávea, Rio de Janeiro, pelo duelo de volta das semifinais. O confronto de ida havia terminado em 3 a 3.

Mateusão e Victor Hugo garantiram classificação rubro-negra. Foto: Marcelo Cortês/ CRF

Na final, o Rubro-Negro enfrentará o vencedor do duelo entre Vasco e Cruzeiro, que fazem a partida de volta neste domingo (01), às 10h30, em São Januário, Rio de Janeiro. O jogo de ida terminou empatado por 2 a 2.

As finais do Brasileirão Sub-17 serão disputadas nos dois próximos fins de semana. A CBF ainda definirá datas, horários e locais dos confrontos.

O jogo

O primeiro tempo ficou marcado pelo duelo entre Mateusão e Leandro. O atacante rubro-negro ficou frente a frente com o goleiro são-paulino em duas oportunidades no início, mas parou no camisa 1. Ele também ameaçou em outras duas finalizações de dentro da área, pecando na pontaria.

Os visitantes, que só haviam assustado em chegada veloz de Rodriguinho, travada pela defesa, abriram o placar aos 34 minutos. Rodriguinho cruzou rasteiro da direita e Ythallo completou na pequena área. A equipe chegou a ampliar nos acréscimos, mas a arbitragem assinalou impedimento na jogada.

Os dois times criaram boas chances na volta do intervalo, com Petterson girando e batendo para fora pelo lado carioca e Newerton obrigando o goleiro Dyogo a fazer boa defesa pelo lado tricolor. Aos nove minutos, Mateusão se redimiu e empatou o duelo. Ele aproveitou jogada pela direita e cruzamento de Matheus Gonçalves para dominar e completar na área.

O time são-paulino teve a chance de retomar a vantagem pouco depois, mas Luizinho não alcançou o cruzamento de Rodriguinho na pequena área. Os donos da casa responderam aos 24, quando Petterson foi derrubado por Ythallo na área. Matheus França cobrou o pênalti, mas Leandro fez a defesa.

O Flamengo não sentiu o lance e seguiu em busca da virada, que saiu aos 34. Petterson lançou da intermediária esquerda e Victor Hugo tentou duas vezes até acertar o chute e marcar. A equipe segurou a vantagem até o fim e quase ampliou nos acréscimos, em jogada individual de Petterson.

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...