Loading...

Vasco vence Flamengo e sai na frente nas quartas do Brasileirão Sub-20

O Vasco venceu o Clássico dos Milhões e ficou a um empate das semifinais do Brasileirão Sub-20. Com um jogo aéreo letal, a equipe bateu o Flamengo, por 2 a 1, na tarde desta quarta (20), em São Januário, Rio de Janeiro, pelo duelo de ida das quartas de final.

Vasco levou empate, mas recuperou vantagem no marcador. Foto: Rafael Ribeiro/ Vasco

Com o resultado, o Rubro-Negro terá que vencer a partida de volta por dois gols de vantagem para avançar às semifinais. Triunfo por um gol de diferença leva a decisão para os pênaltis.

As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima terça (26), às 15h15, na Gávea, Rio de Janeiro. Quem passar, enfrentará o vencedor do confronto entre São Paulo e Athletico-PR, que empataram por 1 a 1 no duelo de ida, na última segunda (18), no Paraná.

Antes, o sub-20 vascaíno entra em campo pelo duelo de ida das quartas de final da Copa Rio Sub-20. A equipe recebe o Nova Iguaçu no sábado (23), às 10h, no Estádio Nivaldo Pereira, em Nova Iguaçu.

O jogo 

Os visitantes começaram a partida mais perigosos. Lázaro e Daniel Cabral tiveram as melhores chances do início, finalizando de fora da área e jogando próximo da trave. O Cruzmaltino respondeu com Saulo, que deu trabalho ao goleiro Matheus Cunha em chegada pela direita.

O Rubro-Negro seguiu criando, mas desperdiçando bons ataques nos pés de Lázaro e Thiaguinho. O Vasco, que ameaçou em chute de longe de Tavares, foi mais eficiente e abriu o placar aos 41. Principal arma pela direita, Saulo cobrou escanteio e Andrey aproveitou desvio na primeira trave para cabecear forte.

A etapa final começou agitada e equilibrada. Pela direita, os donos da casa finalizaram duas vezes, com Saulo e Vinícius. Já o Flamengo, que acertou a trave em cabeçada de Ryan Luka e também deu trabalho ao goleiro Fintelman, empatou aos onze minutos. Matheus França, que saiu do banco no intervalo, apareceu na segunda trave para completar cruzamento rasteiro de Luan vindo da direita.

Marlon Gomes quase fez o segundo gol vascaíno na sequência, mas parou em Matheus Cunha, enquanto Lázaro perdeu chance sozinho na área pelo lado flamenguista. Aos 28, o jogo aéreo cruzmaltino desequilibrou. Saulo bateu escanteio, Andrey carimbou a trave e MT pegou o rebote para dar a vitória ao Vasco, que quase viu Matheus França empatar novamente no fim, em arremate de fora.

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...