Loading...

Tarik superou negócio frustrado com o Cruzeiro para buscar artilharia do Paulistão Sub-20

Tarik precisou de apenas seis jogos para alcançar a artilharia do Paulistão Sub-20, ao lado de Vinicius Almeida (Ferroviária) e Igor (Linense). O atacante do Comercial, porém, poderia ter tido números ainda mais expressivos se não fosse uma negociação frustrada.

Tarik marcou oito gols em seis jogos no Paulistão Sub-20. Foto: Reprodução/ Instagram

O jogador de 18 anos despertou interesse do Cruzeiro, que chegou a fechar o empréstimo do jovem para a sequência do Brasileirão e a Copa São Paulo. No entanto, o destino o levou de volta a Ribeirão Preto para concluir sua missão no Bafo, como ele conta em entrevista exclusiva ao DaBase.com.br.

“Como fui bem no Comercial, o Cruzeiro me contratou, mas infelizmente não pude ser inscrito no Brasileirão, pelo fim do prazo. Voltei ao Comercial para buscar a artilharia e, mesmo sem jogar duas partidas, voltei bem, fazendo gol e consegui chegar”, disse.

O destaque de Tarik no interior paulista não vem de hoje. O jovem marcou sete vezes no Paulistão Sub-15 de 2017 com a camisa do Grêmio Prudente e, três meses depois, acertou com o Athletico-PR. Após passagens por Desportivo Brasil e Primavera, o camisa 9 chegou ao Comercial e começou com o pé direito.

Logo em sua estreia no Paulistão, Tarik entrou no decorrer da partida para marcar quatro gols na goleada sobre a Inter de Bebedouro, por 9 a 0. Para o atacante, ele cumpriu sua missão: sair do banco e fazer a diferença.

“Quem está no banco tem que entrar para fazer a diferença. Soube aproveitar cada oportunidade, cada chance para fazer quatro gols. Cada oportunidade que surge debaixo das traves, de fora, dentro da área, sempre busco o gol, pois é meu objetivo. Centroavante é muito cobrado. Sempre quero melhorar, chegar, marcar, e fiquei muito feliz pois foi minha estreia”.

Atacante quase fechou com o Cruzeiro. Foto: Reprodução/ Instagram

O jovem voltou ao Bafo ao fim da primeira fase para a disputa do mata-mata e colaborou na eliminação do São Paulo nas oitavas de final, nos pênaltis. Apesar da queda nas quartas, diante do Audax, ele se mostrou contente com a campanha da equipe e seu desempenho em campo.

“Fui bem, graças a Deus com seis jogos fiz oito gols, sempre ajudei minha equipe, trabalhando duro, para quando chegasse ao jogo pudesse dar o meu melhor, fazer gols, e fui feliz em marcar oito vezes”.

“A equipe toda está de parabéns, mesmo que não tenha chegado à final. Faz parte do futebol, cada um se dedicou ao máximo em cada treino e nos jogos”, avaliou.

O jogador se define de forma simples: um goleador, que busca o gol o tempo todo. Com Cristiano Ronaldo, Gabigol, Romário e Ronaldo como algumas de suas inspirações, ele quer fazer sucesso no futebol para ajudar a família.

“Que 2021 seja um ano muito bom, que eu possa ir bem como fui nesse ano, fazer bastante gol e ter um ano muito vitorioso. Quero chegar longe, poder ajudar minha família e sempre almejar grandes coisas”, finalizou.

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...