Loading...

Gerente de futebol do Friburguense comenta sobre a volta da base em 2020

A pandemia do novo coronavírus (COVID-19) suspendeu as atividades esportivas em todo o país por tempo indeterminado há mais de dois meses, porém o Friburguense já teve todos os seus compromissos para o ano de 2020 na categoria profissional cumpridos, pois participou da seletiva para o Campeonato Carioca, escapando do rebaixamento, e a Copa Rio, tradicionalmente realizada no segundo semestre, foi cancelada pela Ferj.

José Siqueira está otimista com a base do Frizão (Foto: Vinicius Gastin/Friburguense AC)

As atenções no clube estão voltadas, portanto, para a base. Enquanto aguarda uma definição sobre o calendário, o Frizão segue se preparando remotamente. Se as competições forem mantidas (tudo leva a crer que sim), a temporada deve ser intensa, com a disputa na elite do Estadual Sub-20 (estreou com derrota para o Flamengo, atual campeão, fora de casa) e também nas categorias sub-15 e sub-17, fato comemorado por José Siqueira, gerente de futebol do Tricolor da Serra.

“”Quando atingimos a Seletiva, voltamos a base para a primeira divisão de forma definitiva, porque com a permanência na Seletiva já nos garantimos na elite também do ano que vem. Ou seja, conseguiremos criar um projeto de no mínimo dois anos e começamos a ter novamente a vitrine contra os times grandes. Lógico que é uma aposta, mas numa venda futura, ajuda muito na manutenção do clube. Do contrário, ficamos só na dependência da cota, e quando acontece um problema como o deste ano, as coisas complicam. Só a procura que nós tivemos no começo de 2020, de atletas de todas as regiões, mostrou que voltar para a primeira divisão foi fundamental. Isso permite descobrir jogadores também para futuras negociações. A base tem um tempo maior para se fazer, e tem como planejar para junho e julho em diante, mas não podemos afirmar nada. Tudo o que foi planejado vai mudar, e nos resta aguardar. Vamos criando os nossos grupos dentro de cada categoria e, em cima do que tivermos de possibilidade, vamos tentando manter”, explicou ao site oficial do clube.

A princípio o Carioca Sub-15 e Sub-17 iriam de março a outubro e teriam os mesmos participantes e fórmula de disputa, com Taça Guanabara (primeiro turno) e Taça Rio (segundo turno). Se um mesmo clube não vencer os dois turnos haverá uma finalíssima. São 18 equipes divididas em duas chaves. O Friburguense está no Grupo B, com America, Bonsucesso, Fluminense, Macaé Esporte, Madureira, Resende, Vasco da Gama e Volta Redonda. O A é formado por Americano, Bangu, Barra Mansa, Boavista, Botafogo, Cabofriense, Flamengo, Nova Iguaçu e Portuguesa.

Deixe sua opinião

É futebol de base? Então nada escapa dos meus olhos, seja no Brasil ou no exterior.
Loading...