Loading...

Fortaleza tem novidade nas categorias de base

O Fortaleza iniciou no mês de março a implementação do Departamento de Inteligência em suas categorias de base, cujo objetivo é trabalhar a dimensão humana, análise mercadológica e análise de desempenho dos atletas.

Erisson Marias, Munir Dargham, Derson Silva e Douglas Barbosa (Foto: Thais Pontes / Fortaleza EC)

Composto por uma equipe de quatro profissionais, cujo gerente é Erison Matias, a criação do departamento é um processo existente em grandes clubes do futebol brasileiro e mundial. Os outros nomes são: Douglas Barbosa (analista de desempenho), Munir Dargham (especialista em comunicação de cruzamento de dados) e Derson Silva (analista de mercado).

Com uma análise individual e coletiva dos jogadores, de forma a controlar informações para serem usadas em prol do momento presente e futuro do clube, apostando no desempenho, comportamento social e mercadológico do atleta, o processo irá aperfeiçoar o trabalho com os elencos, jogos, treinos e comissões técnicas das categorias de base do Leão do Pici.

“O departamento de inteligência direcionado ao braço de análise de desempenho nos traz uma possibilidade de correção. Correção individual para que possamos, através dessa inteligência, passar informações pontuais para cada setor do campo, para cada atleta no individual e trazer os números do jogo coletivo para que possamos detectar onde a equipe está indo bem e mal. Nos dar subsídios para a comissão técnica esmiuçar o que aconteceu de fato nos jogos, nos treinos e como podemos melhorar os processos de ensino, aprendizagem e transferência no jogo”, disse o diretor executivo das categorias de base tricolor, Agnello Gonçalves, ao site oficial do clube.

Deixe sua opinião

É futebol de base? Então nada escapa dos meus olhos, seja no Brasil ou no exterior.
Loading...