Loading...

EXCLUSIVO! Veja as estatísticas e curiosidades após a 11ª rodada do Brasileirão Sub-20

Chegou ao fim a 11ª rodada da primeira fase da edição 2021 do Campeonato Brasileiro sub-20, a sétima sob chancela da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Ao todo foram 36 gols marcados nas dez partidas, a mais goleadora da competição, fazendo a média subir de 2,67 para 2,75 (303 em 110). Foram seis triunfos dos mandantes, quatro dos visitantes e nenhum empate.

Tricolor venceu Leão na casa do adversário (Foto: Divulgação/Fortaleza EC)

Com vitória dos sete primeiros colocados, o São Paulo lidera com 26 pontos ganhos, seguindo três à frente de Athletico-PR e Palmeiras. O Atlético-MG chegou aos 21 e permanece em quarto. Botafogo, Flamengo e Grêmio aparecem a seguir, com 20. O Vasco, com 16, fecha o G-8, por ter um triunfo a mais que Fluminense e Internacional.

O dono do melhor ataque é o Palmeiras, com 23 gols marcados, um a mais que o Athletico-PR. O Tricolor Paulista tem também a melhor defesa, com apenas sete tentos sofridos, dois a menos que Atlético-MG, Vasco e Ceará. O pior ataque pertence ao Sport, com somente seis bolas de rede, uma a menos que o Fortaleza. Já as piores defesas são as do Santos e do Atlético-GO, vazadas 26 vezes. Santos 2 x 5 Grêmio, Fortaleza 5 x 2 Chapecoense e Atlético-GO 3 x 4 Bahia são as partidas com mais gols até aqui e a maior goleada é Corinthians 0 x 6 Vasco.

Confira estatísticas e curiosidades de cada confronto:

FLAMENGO 2 X 1 VASCO

O Rubro-Negro completou quatro clássicos sem perder para o rival. Ao todo são quatro triunfos, dois empates e apenas uma derrota.

GRÊMIO 2 X 1 CORINTHIANS

O Imortal voltou a vencer o Timão depois de três jogos de jejum, igualando o retrospecto histórico: quatro triunfos para cada lado e um empate.

FORTALEZA 0 X 1 SÃO PAULO

Primeira vez que aconteceu o confronto entre o Leão e o Tricolor Paulista.

ATHLETICO-PR 3 X 1 FLUMINENSE

Os quatro duelos aconteceram com mando do Furacão, que venceu pela terceira vez seguida, após perder o primeiro, em 2015.

ATLÉTICO-GO 3 X 4 BAHIA

Primeira vez que ambas as equipes se enfrentaram.

SANTOS 0 X 3 ATLÉTICO-MG

Quarto triunfo do Galo em cinco duelos, o terceiro consecutivo. A única vitória do Peixe foi em 2016 (3 x 2, em casa).

CRUZEIRO 1 X 0 CEARÁ

Primeira vez que a Raposa vence o Vozão como mandante. No ano passado, também em MG, havia perdido por 3 a 2. Em 2015, no CE, triunfo celeste por 1 a 0.

BOTAFOGO 3 X 2 INTERNACIONAL

Glorioso segue invicto contra o Colorado. Nos três jogos anteriores, três empates.

CHAPECOENSE 2 X 3 AMÉRICA-MG

Coelho permanece com 100% de aproveitamento diante do Verdão do Oeste. Havia feito 3 a 0, fora, em 2020, e 1 a 0, como mandante, em 2019.

PALMEIRAS 4 X 0 SPORT

Primeiro triunfo alviverde, após derrota em 2020 (0 x 2) e empate em 2019 (0 x 0) e 2016 (1 x 1).

Outros dados:

  • O Flamengo alcançou a marca de 160 pontos ganhos (em 89 jogos) e ultrapassou os 150 gols marcados, chegando a 151;
  • O Grêmio é mais um clube a atingir a marca centenária de pontos ganhos, indo a 101. Fluminense, Flamengo, Palmeiras, São Paulo, Corinthians, Athletico-PR, Atlético-MG, Vasco, Cruzeiro, Botafogo e Internacional são os outros. O Furacão completou exatos 120;
  • O Bahia passou dos 80 pontos ganhos, indo a 81, e dos 70 gols feitos, alcançando 72;
  • Com a derrota o Santos passa a ter menos pontos (64) que jogos (65) na história da competição, assim como aconteceu com o Ceará, com 33 pontos em 34 partidas;
  • O Fluminense chegou aos 110 gols sofridos (em 97 partidas) e o Internacional também (em 79 jogos), enquanto a Chapecoense ultrapassou essa marca, alcançando 112 (em 63 partidas);
  • Botafogo (101 em 81 jogos) e Sport (103 em 65 partidas) passaram dos cem gols sofridos;
  • Em 2021 ninguém venceu mais que o São Paulo: oito vezes. Já o Santos é o dono do menos número de vitórias, apenas uma;
  • O Internacional estava invicto há seis partidas. Agora essa marca pertence ao Athletico-PR (cinco triunfos e um empate);
  • O Santos perdeu pela quinta vez seguida;
  • O América-MG é o único clube que ainda não teve um atleta expulso sequer no campeonato. Por outro lado, o Flamengo já teve sete;
  • Gabriel Silva, do Palmeiras, marcou duas vezes (um foi o 300º gol da atual edição) e segue isolado no topo da artilharia, agora com nove gols, dois a mais que Rômulo, do Athletico-PR.

Deixe sua opinião

É futebol de base? Então nada escapa dos meus olhos, seja no Brasil ou no exterior.
Loading...