Loading...

Novo técnico do sub-20 promete Bahia agressivo no Brasileirão

Faltando 15 dias para o início do Brasileirão sub-20, o DaBase.com.br faz a sétima matéria especial de uma série sobre os participantes do torneio nacional. Hoje, veremos um clube que, apesar de chegar com mudanças importantes para a competição, vem com uma ideia definida e a intenção de cominar resultados e revelações: o Bahia.

Bahia vem com várias mudanças para o Brasileirão sub-20. Foto: Divulgação/ EC Bahia

O Tricolor é um dos clubes que fez mais alterações em sua equipe sub-20 neste ano. Após começar a temporada com uma campanha ruim na Copa São Paulo, a diretoria trocou Pablo Fernandez por Carlos Amadeu no comando técnico.

Nome histórico no futebol de base baiano e brasileiro, Amadeu não conseguiu reestrear pelo time. O treinador aceitou uma proposta e fechou com o Al Hilal, da Arábia Saudita, há pouco mais de um mês, deixando o cargo vago logo na retomada das atividades.

O clube optou por uma solução caseira: promoveu Eduardo Guadagnucci, técnico da equipe sub-15. Ele assumiu o sub-20 com a missão de montar u time em pouco menos de um mês. Após algumas semanas de trabalho, o treinador já tem claras as ideias de jogo que quer implementar, como explicou em entrevista exclusiva ao DaBase.com.br.

“Teremos uma equipe muito competitiva, agressiva, que vai querer a bola. É uma ideia minha, me dá desespero quando não tenho a bola. Vamos propor o jogo. Com certeza, em alguns momentos, vamos esperar o adversário, mas sempre controlando o jogo. Não prometo a vitória, mas teremos uma equipe organizada e agressiva. Estou passando isso para os meninos e eles estão respondendo muito bem”

Para ter sucesso, o técnico terá que mostrar um time competitivo. O Bahia vem de campanhas instáveis nos principais torneios de base dos últimos anos. Vice-campeão da Copa São Paulo em 2011, o clube teve como melhor desempenho recente o ano de 2016, quando chegou às quartas de final.

No mesmo ano, meses depois, o Tricolor fez ótima campanha e foi vice-campeão da Copa do Brasil, perdendo a final para o São Paulo. Depois disso, o clube não passou da terceira fase da Copinha e foi vice-campeão da Copa do Nordeste em 2017 e 2018. Para compensar, o Bahia é a atual bicampeã baiana da categoria.

Bahia é o atual bicampeão baiano sub-20. Foto: Divulgação/ EC Bahia

No Brasileirão, o Tricolor tem como melhor desempenho as semifinais, alcançadas em 2006, e a segunda fase, em 2015. Fora das edições de 2017 e 2018, o clube voltou ao torneio no ano passado com um regular 12º lugar. As dificuldades do torneio, segundo Eduardo Guadagnucci, serão grandes, mas o técnico conta com importantes nomes na comissão técnica e bastante motivação.

“É um desafio novo. Já passei pelo profissional do Noroeste, disputei um Paulista sub-20 que é muito competitivo. A gente vai aprendendo ao longo do campeonato. Não temos uma equipe experiente. Uma base de doze ou treze jogadores que permaneceram, estamos olhando para o sub-17, buscando no mercado”

“O desafio é aprender ao longo da competição e ir acertando os defeitos pra que soframos o menos possível. Competitivo é em toda esfera, seja no sub-15, 17 ou 20. Temos que ter respeito e empenho pra nãos ermos surpreendido. Temos uma comissão técnica muito boa, com Marcelo Ramos e Paulo Isidoro, que poderão nos dar um suporte”, completou o técnico.

Além dos resultados, o Bahia quer revelar atletas. As categorias de base que já formaram nomes como Marcelo Ramos, Jorge Wagner, Daniel Alves e, mais recentemente, Anderson Talisca e Eric Ramires, não emplacou tantos atletas na equipe profissional nos últimos anos.

Promessas como Geovane Itinga, artilheiro da Copa São Paulo de 2016 com oito gols ainda não embalou ente os profissionais; Caio Mello foi emprestado ao Joinville; já Caíque e Saldanha começam a ter minutos no time principal. Para alavancar o número de revelações, Guadagnucci acredita que a competitividade será fundamental.

“O melhor processo de formação é competir. Por mais que o treino seja de qualidade, com infintas variáveis, não se compara ao ambiente do jogo Vamos acelerar muito, espero que estejamos pontos. Como não tivemos a preparação com competições, podemos sofrer com o nível do Brasileiro. Mas estamos gerando situações para minimizar isso.Assim, o processo de formação vem junto, naturalmente, pelo nível da competição”, finalizou.

MOMENTO

O Bahia retomou os treinos no início de agosto e teve uma grande mudança logo nas primeiras semanas de trabalho. O então técnico da equipe sub-20, Carlos Amadeu, recebeu uma proposta e acertou com o Al Hilal, da Arábia Saudita. Para o seu lugar, o comandante do time sub-15, Eduardo Guadagnucci, foi confirmado. A estreia do novo treinador já tem data marcada: dia 23 de setembro, contra o Fluminense, no Rio de Janeiro, pela primeira rodada do Brasileirão.

DESTAQUES

Foto: Marcelo Malaquias/ EC Bahia

O meia Luiz Felipe chegou ao Bahia no ano passado trazendo um currículo vitorioso. Após começar sua carreira no América-MG e passar pelo Betinense, o jovem integrou o time sub-20 do Palmeiras nas conquistas do Campeonato Paulista e da Copa do Brasil. Pelo Tricolor, o jogador de 20 anos fez 14 partidas no ano passado e marcou um gol na Copa São Paulo deste ano.

 

 

Foto: Reprodução/ Instagram

Camisa 10 do time na última Copa São Paulo, o meia Jeferson Douglas é um dos principais destaques da base tricolor. Aos 19 anos, ele é titular do time desde o ano passado, quando anotou cinco gols em 25 jogos. Em 2020, o jovem de 19 anos teve suas primeiras oportunidades como profissional na volta do Campeonato Baiano, saindo do banco de reservas em três partidas e marcando um dos gols do empate por 2 a 2 com o Jacuipense.

 

Foto: Divulgação/ EC Bahia

O atacante Marcelo Ryan é um dos prodígios da equipe. Ele chegou ao clube no ano passado após estrear como profissional do Confiança aos 16 anos. No time sub-17, o jovem disputou todos os jogos do Brasileirão e logo foi promovido à equipe sub-20. Titular na Copa São Paulo e autor de um gol, o jogador de 18 anos já deu mostras de que tem um futuro promissor.

VAI FAZER FALTA?

Foto: Marcelo Malaquias/ EC Bahia

O meia Dimitri era um dos nomes que levantavam mais expectativa na base tricolor. O meia de 20 anos, no entanto, trocou o Bahia pelo Corinthians há cerca de três semanas. Sem espaço no time titular e no último ano na categoria,  ele acertou com o time paulista para defender o sub-23. O jogador foi bicampeão baiano sub-20 e já foi convocado para as seleções de base.

COMISSÃO TÉCNICA

Foto: Felipe Oliveira/ EC Bahia

Eduardo Guadagnucci é um dos técnicos que fará sua estreia no cargo nesse Brasileirão sub-20. Ele começou sua carreira no interior de São Paulo e chegou a dirigir o time principal do Noroeste. Após bom trabalho na Ferroviária, o treinador foi contratado pelo Bahia para a categoria sub-15, onde foi campeão estadual em 2019. Efetivado no sub-20 após a saída de Carlos Amadeu. o comandante terá a seguinte comissão técnica:

 Auxiliares Técnicos: Marcelo Ramos, Paulo Isidoro e Reinan

Preparador Físico: Felipe França

Treinador de Goleiros: Duda Varjão

Massagista: Xande

Roupeiro: Ilmo

CALENDÁRIO

O Bahia terá calendário cheio até os primeiros meses de 2021. Além do Brasileirão, o clube disputará a Copa do Brasil, na qual estreia no dia 7 de outubro, contra o Fluminense-PI, em casa. Em dezembro, o time também vai em busca do título da Copa do Nordeste, competição que só termina em março do ano que vem. Por fim o Campeonato Baiano pode ser realizado em um novo formato, aumentando o número de desafios para o Tricolor de Aço.

Jogos do Bahia no Brasileirão:

1ª rodada – 23/09 – Fluminense x Bahia

2ª rodada – 27/09 – Bahia x São Paulo

3ª rodada – 30/09 – Cruzeiro x Bahia

4ª rodada – 04/10 – Bahia x Athletico-PR

5ª rodada – 11/10 – Corinthians x Bahia

6ª rodada – 14/10 – Bahia x Vitória

7ª rodada – 18/10 – Grêmio x Bahia

8ª rodada – 25/10 – Bahia x América-MG

9ª rodada – 01/11 – Sport x Bahia

10ª rodada – 04/11 – Bahia x Vasco

11ª rodada – 08/11 – Santos  x Bahia

12ª rodada – 14/11 – Bahia x Palmeiras

13ª rodada – 22/11 – Bahia x Atlético-MG

14ª rodada – 25/11 –Ceará x Bahia

15ª rodada – 29/11 –Chapecoense x Bahia

16ª rodada – 02/11 – Bahia x Flamengo

17ª rodada – 06/11 – Bahia x Goiás

18ª rodada – 13/11 – Botafogo x Bahia

19ª rodada – 20/11 – Bahia x Internacional

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...