Loading...

Diego Leonardo valoriza espírito competitivo do sub-11 do Fluminense

O Fluminense começa o seu trabalho de base com o futsal, para crianças de apenas seis anos de idade. Ao chegar ao sub-11 há a transição para o futebol de campo, no Centro de Treinamento Vale das Laranjeiras, em Xerém, distrito de Duque de Caxias.

Diego Leonardo comanda o sub-11 tricolor (Foto: Site oficial do Fluminense)

Desde 2017, o técnico Diego Leonardo é o responsável por iniciar este trabalho numa categoria que considera fundamental na formação dos jogadores:

“Ao longo da temporada utilizamos o futebol como ferramenta para a qualificação na vida pessoal do atleta, transformando-os em pessoas melhores, para que tenham uma relevância social positiva no âmbito em que vivem”, disse o treinador, ao site oficial do clube.

No entanto, entre os principais objetivos da base do Fluminense, além de desenvolver os jogadores para a equipe profissional, está a conquista de títulos, uma filosofia no DNA do clube.

“Jogar finais está na identidade tricolor desde a fundação do clube. Além disso, é importante mostrar ao torcedor um jogo ofensivo e de fino trato com a bola, pois foi assim que nossos seguidores foram acostumados ao longo da história do Tricolor. Como treinador tenho como obrigação perpetuar a história do clube através nas minhas ações com os atletas em Xerém. Eles precisam saber o que foi a Máquina Tricolor, o Time de Guerreiros, quem foi Preguinho, Castilho, Gerson e tantos outros que marcaram não só do clube, mas o futebol mundial. Por meio dos valores que desenvolvemos na base (Comprometimento, Espirito de Equipe, Criatividade, Respeito e Meritocracia) estamos procurando pavimentar o caminho das futuras gerações de Guerreiros, que vão representar as Três Cores Que Traduzem Tradição dentro e fora dos campos de futebol”, concluiu.

Deixe sua opinião

É futebol de base? Então nada escapa dos meus olhos, seja no Brasil ou no exterior.
Loading...