Loading...

Confira um resumo do Carioca Sub-20 após o início da Taça Rio

Nesta quinta-feira (8) chegou ao fim a rodada inaugural da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca Sub-20. Agora, no geral, a competição tem 67 partidas, com 33 triunfos dos times da casa, 19 dos que atuaram fora e 15 empates, com 178 gols marcados ao todo, média de 2,65 (coube a Vitor, do Resende, ser o autor do centésimo gol).

Botafogo tem melhor ataque e o artilheiro (Foto: Ferj)

Campeão da Taça Guanabara (primeiro turno), o Flamengo completou seis jogos sem perder e é quem está há mais tempo sem perder, porém com o empate fora de casa perdeu os 100% de aproveitamento como visitante, lembrando que não há mais invicto no campeonato. Por outro lado, com o triunfo do Macaé, todos os 16 participantes já conquistaram ao menos uma vitória na competição.

Com 27 gols marcados, o Botafogo é o dono do melhor ataque, oito a mais que o Flamengo. Os piores são da Cabofriense e do Goytacaz, que estufaram as redes adversárias apenas quatro vezes, duas a menos que o Macaé. Já a defesa menos vazada pertence ao Flamengo, que sofreu três gols somente, três a menos que Madureira e Volta Redonda. A pior fica com Cabofriense e Boavista, que já levaram 16, um a mais que o Macaé. Além disso, Lucas Silva (Fla) segue como quem mais fez gol em uma mesma partida: quatro.

Classificação geral:

1º) Botafogo = 21 pontos ganhos;
2º) Flamengo = 19;
3º) Fluminense = 17;
4º) America = 15;
5º) Vasco da Gama (vitórias: 4 / saldo: 6) e Volta Redonda (vitória: 4 / saldo: 2) = 14;
7º) Bonsucesso = 13;
8º) Nova Iguaçu (vitórias: 3) e Madureira (vitórias: 2) = 10;
10º) Boavista = 9;
11º) Resende = 8;
12º) Portuguesa = 7;
13º) Bangu (vitórias: 2) e Goytacaz (vitória: 1) = 6;
15º) Macaé Esporte = 5;
16º) Cabofriense = 4.

Após o final da Taça Rio, vão para as semifinais os campeões de cada turno e os dois melhores na classificação geral. Caso o Flamengo vença os dois turnos, classificam-se os três melhores.

Artilharia:

7 gols = Rhuan (Botafogo);
5 gols = Caju (America) e Lucas Silva (Flamengo).
4 gols = Carrera (Bangu), Hugo e Marquinhos (Boavista), Luan (Botafogo), Lucas (Fluminense), Vitor Félix (Nova Iguaçu) e Vitor (Resende);
3 gols = Capixaba (Bonsucesso), Pedro (Botafogo), Luiz Henrique (Flamengo), Alex (Fluminense), Ramon (Macaé), Giovane (Nova Iguaçu) e Hugo Borges e Lucas Santos (Vasco);
2 gols = Alfinete e Bazezi (America), Ramon (Bangu), Luiz Fernando (Boavista), Robson e Juninho (Bonsucesso), Marcão, Gabriel, Mateus Jorge e Matheus Bastos (Botafogo), Yuri César, Michael e Vitor Gabriel (Flamengo), Rickson e Bernardo (Madureira), Janderson Brocador (Portuguesa), Ruan (Resende), Léo Reis, Dudu e Lucas Pederzoli (Vasco) e Roger (Volta Redonda);
1 gol = Catarata, Matheus, Michel e Knupp (America), Lucas Lima, Kaká, Nathan e
Lucas Leonardo (Bangu), Marcos Silva (Boavista), Devellard, Pequeno, Léo Franco e Bazuca (Bonsucesso), Luca, Rickson, Caetano, Wenderson e Rodrigo (Botafogo), Alan,
Iury, Rodriguinho e Vitor (Cabofriense), Wendel, Henrique, Vitor Ricardo, Théo e Marx Lenin (Flamengo), Cesar, Leandro Spadacio, Pedrinho, Wisney, Samuel, Patrick Luan, Leandro e Diogo (Fluminense), Balotelli, Portugal, Welington e Pepeu (Goytacaz), Alisson, Mateus Cruz e João Paulo (Macaé), Ian Oliveira, Ian e Denilson (Madureira), Ronald, Formiga, Juan e Wellington (Nova Iguaçu), Gleison, Balotele,
Andrezinho, Pedro e Surfista (Portuguesa), Kaique, Adriano, Luiz e Joanderson (Resende), Miranda e Marrony (Vasco) e Davi, Matheus Oliveira, Bam Bam, Joarley, Gabriel e Valter (Volta Redonda);
Contra = Alexandre (Vasco, para o Fluminense).

Deixe sua opinião

Loading...