Loading...

Ricardo Rufino detalha comprometimento do planejamento do Fluminense-SC

Em função da pandemia do novo coronavírus (COVID-19), as atividades esportivas estão suspensas por tempo indeterminado em todo o país.
Ricardo Rufino é o supervisor do Fluminense-SC (Foto: FCF)
No Fluminense de Joinville-SC, em declaração exclusiva ao DaBase, o supervisor de futebol Ricardo Rufino relatou a situação atual:
“Nosso planejamento ficou comprometido para o decorrer da temporada, pois tínhamos a expectativa de com o Estadual Sub-17 (competição já iniciada) conseguir aproveitar os atletas para o elenco principal. No momento, o nosso clube vem sofrendo com as suas atividades paradas e sentindo os efeitos em diversos setores. Financeiramente por conta de paralisação das atividades da escola de futebol, redução e dificuldade em novos patrocinadores, vendas de produtos e circulação de pessoas no clube”.
Além disso, o dirigente do Flu de Itaum disse como espera a retomada das atividades, tão logo haja liberação por parte dos órgãos competentes:
“Nossa expectativa atualmente é que primeiramente a situação da saúde se normalize, para que, seguindo as normas técnicas e dos órgãos de saúde, possamos retomar as atividades da nossa escolinha de futebol (a partir de 05 anos) e categorias de base (sub-13, sub-15 e sub-17). É uma situação delicada, pois é necessária toda atenção e segurança, através de estudos, procedimentos e conscientização de atletas e familiares, onde se tem contato constante, por serem menores de idade e fica complicado hoje uma previsão para a retomada total das atividades como eram há 60 dias atrás”.
Por fim, Ricardo falou da expectativa para o restante da temporada de 2020 do Fluminense, que nos profissionais tentará o acesso à elite catarinense:
“Estaremos com orçamento mais enxuto já prevendo que captação de recursos será mais difícil, mas apostamos na nossa categoria de base, onde são atletas nascidos na cidade, e vamos dar continuidade ao que foi realizado em 2019 na Copa SC, com esse garotos. Nosso filosofia é proporcionar a atividade física pensando primeiramente no bem estar e na saúde de todas as faixas etárias, e estar formando atletas da cidade e região, para que futuramente possamos investir mais na categoria de base e assim revelar novos talentos”.

Deixe sua opinião

É futebol de base? Então nada escapa dos meus olhos, seja no Brasil ou no exterior.
Loading...