Loading...

Gestor do Jacuipense valoriza poder da captação e parcerias com clubes da Série A

Não é de hoje que o Jacuipense vem se colocando entre as principais forças do Nordeste nas categorias de base. Contando com o investimento de empresários desde 2014, o Leão Grená está no Top 10 do Ranking DaBase em sua região e tem na captação e nas parcerias suas principais vertentes.

Luciano Cortizo comanda a base do Jacuipense, que recebe investimentos de empresários. Foto: Arquivo Pessoal

O clube foi fundado em 1965, no município de Riachão do Jacuiipe, a 193 km da capital Salvador. Há sete anos, um grupo de empresários assumiu as divisões de base do Leão, focando em formar atletas e colocá-los nos principais clubes do Brasil.

Um dos responsáveis pelo projeto é Luciano Cortizo, gestor de futebol do Jacuipense. Em entrevista exclusiva ao DaBase.com.br, ele destacou que o foco do Leão é a formação de atletas e cidadãos e explicou como funciona essa relação com os demais clubes brasileiros.

“O nosso foco principal é a formação de atletas e cidadãos. Já temos mais de 65 atletas espalhado em grandes clubes do Brasil. Não temos parceria fixa com nenhuma equipe, somos totalmente aberto para tratar com qualquer clube. Nossa primeira parceria foi com o Athletico-PR, na qual ficamos por três anos. E nesse período, o clube do Parná adquiriu aproximadamente 20 atletas da nossa base”, comentou.

Atualmente, o Jacuipense conta com atletas em diversos clubes brasileiros. Em destaque, está Wesley, atacante campeão da Libertadores e da Copa do Brasil pelo Palmeiras, que também tem o atacante Robinho e o zagueiro Talisca em seu elenco sub-20. Para Cortizo, esse modelo levam a força da equipe baiana ao resto do país.

“Hoje temos relacionamento com vários clubes do Brasil e também com empresários. Podemos dizer que somos um dos maiores fornecedores do país. A importância desses clubes é a vitrine e o desenvolvimento dos nossos atletas”.

Para chegar a esse patamar, o Jacuipense aposta na captação de atletas. Com escolinhas espalhadas pela região e uma metodologia bem definida, o clube consegue buscar talentos em locais pouco explorados pelos principais clubes brasileiros, como destaca o gestor.

“A captação é a parte mais importante do projeto, temos vários parceiros (escolinhas) que são fornecedores. Temos nossa própria escolinha, a Academia Leão Grená, que hoje já conta com seis núcleos e mais de 1500 alunos. O Jacuipense já tem mais de 40 atletas oriundos da Academia”, ressaltou.

Jacuipense superou Bahia e Vitória no título estadual sub-17 de 2019. Foto: Divulgação

Os resultados também vem sendo colhidos em campo. Além das negociações, o Leão Grená se firmou na Série C do Brasileirão e na Série A do Campeonato Baiano, sendo a terceira força do estado. Além disso, a base conquistou resultados de destaque, como o título do Baiano Sub-17 de 2019, que levará a equipe pelo segundo ano consecutivo à Copa do Brasil da categoria.

A preocupação, no entanto, é com o calendário. A pandemia atacou, principalmente, os clubes de menor porte, que não disputam o Brasileirão. Apenas com a Copa do Brasil prevista para esta temporada até o momento, Luciano Cortizo lamenta a falta de calendário para o desenvolvimento dos atletas.

“Essa pandemia atrapalhou demais as categorias de base, principalmente dos clubes menores. Não tivemos competições e o atraso na formação foi devastador. Ainda não temos calendário para 2021 , esperamos que no segundo semestre as coisas comecem a se normalizar”.

Por fim, o gestor do Jacuipense ressalta que, para o sucesso tão rápido do projeto, a seriedade do trabalho e a qualificação dos profissionais que comandam as equipes de base são fundamentais.

“Sem sombra de dúvidas, a seriedade e o respeito, mas não posso deixar de frisar aqui a competência de todo nosso quadro técnico. Temos uma equipe qualificada, que já conhece o clube e sabe quais são nossos objetivos. Nosso segredo está na manutenção do nosso corpo técnico, bem como a paciência na evolução dos atletas”, concluiu.

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...