Loading...

Em jogo de sete gols, Santos vence Oratório e conquista Amapaense sub-17

O Santos é o campeão amapaense sub-17 de 2020. Em um jogo emocionante, o Peixe da Amazônia bateu o Oratório por 4 a 3 na noite dessa terça (25), no Estádio Zerão, em Macapá, e garantiu o título do torneio estadual.

Santos conquistou título em final emocionante. Foto: Rosivaldo Nascimento

Além da conquista, o Santos representará o Amapá na Copa do Brasil sub-17 de 2021.

O Santos abriu o placar aos nove minutos de jogo, com Gabriel Ferreira, que apareceu sozinho na área, passou pelo goleiro e marcou. Três minutos depois, Janiel aproveitou cobrança de escanteio na primeira trave e empatou para o Oratório.

O Peixe retomou a vantagem no placar aos 30, com Mateus Pureza, mas levou novamente o empate, em bela cobrança de falta de Darlan.

No segundo tempo, contudo, o Santos conseguiu manter a vantagem. Primeiro, Gabriel Ferreira aproveitou cruzamento e desvio na primeira trave para fazer o segundo dele. Mais tarde, Jhon Cleiton fez boa jogada e bateu rasteiro, de fora da área, anotando o quarto do Peixe.

Jair descontou para o Oratório aos 36, em cobrança de pênalti. A equipe foi para cima em busca do empate, mas não conseguiu evitar a derrota.

Oratório buscou empate duas vezes no primeiro tempo. Foto: Rosivaldo Nascimento

Além da conquista, o Santos teve dois jogadores premiados. Autor de dois gols na decisão, o atacante Gabriel Ferreira foi o artilheiro da competição. Já o goleiro João Vitor, que fez boas defesas na decisão, ganhou o prêmio de melhor goleiro.

A Federação Amapaense de Futebol (FAF) aproveitou a final para homenagear duas pessoas que morreram durante a pandemia do novo coronavírus. Guilherme Jarbas, jornalista esportivo que atuou na década de 60 e Bernardino Sena, ex-presidente da FAF, deram nome aos troféus de vice-campeão e campeão da competição respectivamente.

O Amapaense sub-17 foi o primeiro torneio estadual de base a retornar após a pausa das competições provocada pela pandemia. A competição foi paralisada em março após um imbróglio judicial que manteve o Oratório nas semifinais. Na volta, a equipe bateu o Trem e avançou à decisão para pegar o Santos.

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...