Loading...

Diretor do Fortaleza celebra conquistas e projeta expansão da base em 2021

O ano de 2020 trouxe obstáculos para o trabalho das categorias de base de todos os clubes do país. Buscando soluções, o Fortaleza conseguiu alcançar importantes objetivos, dentro e fora de campo. Entre eles, o Certificado de Clube Formador (CCF), junto à CBF.

Fortaleza recebeu Certificado de Clube Formador. Foto: Thais Magalhães/ CBF

O documento é entregue aos clubes que cumprem uma série de pré-requisitos, como estrutura, participação em competições oficiais, programa de treinos e comissões técnicas específicas para cada categoria, entre outros. além de garantir a segurança jurídica na formulação de contratos com os atletas.

Diretor das categorias de base do Tricolor do Pici, Roberto Moreira ressaltou a superação do clube nesse período e a importância da conquista do CCF.

“2020foi um ano atípico, essa pandemia nos fez passar cinco meses sem atividades nas categorias de base. Graças a Deus, à diretoria, e ao presidente Marcelo Paz, conseguimos ultrapassar esse período. E o importante é que, apesar de todas as dificuldades, da diminuição das receitas, o Fortaleza manteve todos os profissionais . Hoje temos cerca de 58 colaboradores só na base, e eles permanecem conosco mesmo nesse ano turbulento. O Fortaleza não parou de se programar, trabalhar, pra voltarmos mais fortes”, disse, através da assessoria de imprensa do clube.

“Nesse período, tivemos a felicidade de entregar toda a documentação para conseguir o Cerificado de Clube Formador da CBF. Isso nos coloca no patamar dos grandes clubes do Brasil. Essa foi uma das nossas maiores conquistas, pois as exigências são enormes, a CBF é muito criteriosa – e tem que ser “.

Em campo, o Leão também não deixou a desejar. A equipe levantou duas taças: da Aldeia International Cup e Copa Seromo, ambas na categoria sub-13. O sub-15 conquistou de forma invicta a Copa Seromo. Já o sub-17 ainda disputa a competição, sendo líder do Grupo B e o Campeonato Cearense, estando no segundo lugar.

Fortaleza conquistou Copa Seromo Sub-15. Foto: Thais Pontes/ Fortaleza

Roberto destacou o trabalho da categoria sub-20, que passou por uma reformulação em busca de novos valores e disputou dois torneios: a Copa do Nordeste, na qual ficou com o vice-campeonato, e o Brasileirão de Aspirantes, parando na primeira fase.

“Fizemos uma grande reformulação no sub-20, trouxemos jogadores da Copa São Paulo e de outros torneios fora do estado que o setor de captação buscou, e montamos uma equipe muito competitiva. Colocamos no Brasileiro de Aspirantes um time formado por 90% do sub-20, pra dar rodagem aos jogadores”, comentou.

Por fim, o dirigente projetou o ano de 2021. Segundo ele, o clube seguirá em busca de evolução, mirando o Brasileirão das categorias sub-17 e sub-20 para colocar seus jogadores na vitrine nacional.

“Buscamos crescer cada vez mais para realizar alguns objetivos em 2021, seguindo o planejamento. Temos o apoio de toda a diretoria, pois sabemos que um time estruturado, que vem crescendo, precisa de uma base forte. É lá que vamos ajudar o clube a se tornar independente financeiramente, formando, vendendo, promovendo ao profissional”.

“Nossa expectativa para 2021 é grande, pois além do apoio, iremos participar nas categorias sub-17 e sub-20 do Brasileirão, um campeonato de oito meses, com certeza vamos ficar entre os 20 melhores do Ranking Nacional da CBF, além de disputar a Copa do Nordeste, torneios regionais, para levar nosso produto, colocar os atletas na vitrine”, finalizou.

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...