Loading...

Veja o resumo do Brasileirão sub-17 após o encerramento da primeira fase

Paralisado por mais de seis meses em função da pandemia do novo coronavírus (COVID-19), a primeira fase do Campeonato Brasileiro sub-17 teve a sua nona e última rodada da primeira fase realizada nesta terça-feira (10).

 

Palmeiras teve o melhor ataque da primeira fase (Foto: CBF)

 

Ao todo foram 38 gols marcados nos dez jogos realizados, fazendo a ótima média da competição subir para 3,40 (306 gols em 90 partidas). Coube a Thomas, do Internacxional, marcar o 300º tento desta edição (cabe lembrar que Pertile, do Athletico, foi o autor do centésimo gol, e Gustavinho, do Goiás, o do 200º).

 

Resultados:

América-MG 3 x 5 Grêmio, Sport Recife 1 x 2 Atlético-MG, Corinthians 6 x 0 Chapecoense, Botafogo 0 x 1 Vasco da Gama, Bahia 1 x 3 Palmeiras, Ceará 3 x 1 Internacional, Fluminense 0 x 4 Athletico-PR, Vitória 1 x 2 Flamengo, Santos 0 x 0 Goiás e Cruzeiro 2 x 3 São Paulo.

 

Classificação:

GRUPO A – 1º Palmeiras e Vasco = 22 pontos ganhos; 3º Grêmio = 19; 4º Corinthians = 17; 5º Atlético = 11; 6º Botafogo e América = 9; 8º Bahia = 6; 9º Chapecoense = 5; 10º Sport = 4.

GRUPO B – 1º São Paulo = 24 pontos ganhos; 2º Athletico = 22; 3º Fluminense = 21; 4º Flamengo = 16; 5º Ceará = 11; 6º Santos = 9; 7º Cruzeiro e Goiás = 8; 9º Inter = 7; 10º Vitória = 2.

 

Estatísticas:

Melhor ataque – Palmeiras = 30 gols;

Pior ataque – Vitória = 4;

Melhor defesa – Vasco = 4;

Pior defesa – Chapecoense = 29;

Mais cartões amarelos – Inter = 30;

Menos cartões amarelos – Vitória = 14;

Mais cartões vermelhos – Vitória = 5;

Menos cartões vermelhos – Vasco da Gama e América = 0;

Mais vitórias – São Paulo = 8;

Menos vitórias – Vitória = 0;

Mais derrotas – Sport e Vitória = 7;

Menos derrotas – Palmeiras, Vasco, Grêmio, São Paulo e Athletico = 1;

Maior goleada – Palmeiras 7 x 0 Chapecoense e Grêmio 7 x 0 Chapecoense.

 

Principais artilheiros:

9 gols = Kayky (Fluminense);

7 gols = Giovani (Palmeiras);

6 gols = Jader e Renan (Athletico);

5 gols = Alexiel (Bahia), Gilwagner (Botafogo), Matheus Martins (Fluminense) e Zinho (Grêmio);

4 gols =  Jhonnatha (Botafogo), Felipe Augusto (Corinthians), João Neto (Fluminense), Ronald (Grêmio) e Marcos Paulo (Vasco);

3 gols = Renato, Ighor Gabriel e Rikelmi (América), Juninho e Emersonn (Athletico), Kadu e Davi (Ceará), Ronald (Corinthians), Marcos Vinicius (Cruzeiro), Petterson (Flamengo), Abner (Fluminense), Valber, Rubens, Matheus e Cuiabano (Grêmio), Yago, Victor e Ruan (Palmeiras), Rodrigo, Marquinhos, João Pedro e João Adriano (São Paulo) e Juan Batata (Vasco).

 

Quartas de final (em ida e volta):

Palmeiras x Flamengo, Vasco da Gama x Fluminense, São Paulo x Corinthians e Athletico-PR x Grêmio.

Deixe sua opinião

É futebol de base? Então nada escapa dos meus olhos, seja no Brasil ou no exterior.
Loading...