Loading...

Único mandante a estrear com vitória em 2020, Flamengo é o atual bicampeão carioca sub-20

O Campeonato Carioca Sub-20 de 2020 foi interrompido após a sua primeira rodada, devido à pandemia do novo coronavírus (COVID-19). São 16 clubes na briga, em dois grupos com oito equipes cada, sendo a novidade o Friburguense, que não participa desde 2016, no lugar do Goytacaz. Grupo A: America, Americano, Bangu, Boavista, Botafogo, Cabofriense, Flamengo e Macaé Esporte. Grupo B: Fluminense, Friburguense, Madureira, Nova Iguaçu, Portuguesa, Resende, Vasco da Gama e Volta Redonda.

Quem evitará o tri do Flamengo? (Foto: Ferj)

Relembre os resultados da primeira rodada, que teve média de quatro gols por jogo:

America 1 x 2 Fluminense
Botafogo 2 x 2 Volta Redonda
Bangu 3 x 3 Resende
Boavista 0 x 2 Vasco da Gama
Cabofriense 1 x 1 Madureira
Americano 2 x 3 Portuguesa
Macaé Esporte 0 x 4 Nova Iguaçu
Flamengo 4 x 2 Friburguense

Na Taça Guanabara jogam entre si dentro das chaves, em sete rodadas. Na Taça Rio, os grupos se cruzam, em oito rodadas. Os quatro primeiros de cada, em ambos os turnos, avançam às quartas de final, realizadas em jogo único, assim como a semifinal. A final de cada turno será em dois jogos, assim como a decisão do título, entre o campeão de cada taça. Se um mesmo clube vencer os dois turnos, será declarado campeão estadual da categoria diretamente.

Desde 1980 a competição passou a ser na categoria “júnior”, já que antes era “juvenil” (de 1920 a 1979). De lá para cá o predomínio do Flamengo, atual bicampeão, é evidente, com 16 títulos (1980, 1983, 1985, 1986, 1989, 1990, 1993, 1994, 1996, 1999, 2005, 2006, 2007, 2015, 2018 e 2019). O Vasco da Gama tem nove conquistas (1981, 1982, 1984, 1991, 1992, 1995, 2001, 2010 e 2017). O Fluminense levou a taça em sete oportunidades (1988, 2002, 2003, 2004, 2008, 2012 e 2013). O Botafogo sagrou-se campeão seis vezes (1997, 1998, 2000, 2011, 2014 e 2016). Além deles, Bangu (1987) e Tigres do Brasil (2009) ficaram com o troféu uma vez.

Contando apenas a Taça Guanabara, primeiro turno da disputa, os maiores vencedores, com seis troféus, são Fluminense (2003, 2004, 2008, 2010, 2013 e 2014) e Flamengo (2005, 2006, 2007, 2015, 2018 e 2019). O Botafogo (1999, 2000, 2001, 2011 e 2016) levou a melhor em cinco oportunidades. O Vasco foi campeão em 1998 e 2017. Tigres do Brasil (2009) e Nova Iguaçu (2012) conquistaram a taça uma vez. Em 2002 ela não foi realizada.

Quando o assunto é a Taça Rio, segundo turno do estadual, a vantagem é do Flamengo, com sete títulos: 1999, 2007, 2008, 2011, 2013, 2015 e 2016. Fluminense (2003, 2004, 2006, 2012 e 2018) e Vasco da Gama (2001, 2005, 2010, 2017 e 2019) levaram a melhor em cinco oportunidades, e o Botafogo (1998, 2000 e 2014) em três. O Tigres do Brasil ganhou uma vez: 2009. Em 2002 não houve disputa deste troféu.

Observando o retrospecto de cada um dos atuais participantes na história do Campeonato Carioca Sub-20, contando apenas esta década atual, é fácil detectar o quanto é ruim para a competição não haver descenso direto, mas sim em função dos profissionais. O Macaé foi o penúltimo colocado em 2017 e em 2019, além de o lanterna em 2018. Por sorte, o Goytacaz havia sido o pior no ano passado e não está na disputa este ano.

Outros dados curiosos: o Resende, em 2019, fez a melhor campanha da sua história. Volta Redonda e Madureira acabaram na parte de cima da tabela pelo terceiro ano seguido. Bangu e Portuguesa terminaram nas mesmas colocações nas últimas três edições.

Entre os grandes, o Flamengo sempre esteve entre os três primeiros; o Botafogo, entre os quatro e o Fluminense, entre os cinco. Já o Vasco melhorou muito nos últimos cinco anos.

Confira o retrospecto de cada participante:

AMERICA

2011 = 11º

2012 a 2015 = não disputou

2016 = 12º

2017 = não disputou

2018 = 6º

2019 = 9º

 

AMERICANO

2011 = 12º

2012 = 14º

2013 a 2018 = não disputou

2019 = 12º

 

BANGU

2011 = 6º

2012 = 10º

2013 = 6º

2014 = 9º

2015 = 7º

2016 = 6º

2017 = 13º

2018 = 13º

2019 = 13º

 

BOAVISTA

2011 = 14º

2012 = 13º

2013 = 16º

2014 = 11º

2015 = 15º

2016 = 9º

2017 = 8º

2018 = 5º

2019 = 11º

 

BOTAFOGO

2011 = 1º

2012 = 4º

2013 = 3º

2014 = 1º

2015 = 2º

2016 = 1º

2017 = 3º

2018 = 3º

2019 = 4º

 

CABOFRIENSE

2011 = 15º

2012 e 2013 = não disputou

2014 = 10º

2015 = 9º

2016 = 16º

2017 = 12º

2018 = 15º

2019 = 10º

 

FLAMENGO

2011 = 2º

2012 = 3º

2013 = 2º

2014 = 3º

2015 = 1º

2016 = 2º

2017 = 2º

2018 = 1º

2019 = 1º

 

FLUMINENSE

2011 = 5º

2012 = 1º

2013 = 1º

2014 = 2º

2015 = 5º

2016 = 4º

2017 = 5º

2018 = 4º

2019 = 3º

 

FRIBURGUENSE

2011 = não disputou

2012 = 15º

2013 = 12º

2014 = 13º

2015 = 14º

2016 = 7º

2017 a 2019 = não disputou

 

MACAÉ

2011 = 13º

2012 = 8º

2013 = 9º

2014 = 6º

2015 = 11º

2016 = 8º

2017 = 15º

2018 = 16º

2019 = 15º

 

MADUREIRA

2011 = 7º

2012 = 9º

2013 = 4º

2014 = 5º

2015 = 4º

2016 = 10º

2017 = 4º

2018 = 7º

2019 = 8º

 

NOVA IGUAÇU

2011 = 10º

2012 = 2º

2013 = 7º

2014 = 4º

2015 = 6º

2016 = não disputou

2017 = 6º

2018 = 10º

2019 = 7º

 

PORTUGUESA

2011 a 2015 = não disputou

2016 = 5º

2017 = 14º

2018 = 14º

2019 = 14º

 

RESENDE

2011 = 9º

2012 = 16º

2013 = 15º

2014 = 14º

2015 = 13º

2016 = 13º

2017 = 11º

2018 = 9º

2019 = 5º

 

VASCO DA GAMA

2011 = 8º

2012 = 7º

2013 = 5º

2014 = 7º

2015 = 3º

2016 = 3º

2017 = 1º

2018 = 2º

2019 = 2º

 

VOLTA REDONDA

2011 = 4º

2012 = 11º

2013 = 10º

2014 = 12º

2015 = 10º

2016 = 11º

2017 = 8º

2018 = 8º

2019 = 6º

Deixe sua opinião

É futebol de base? Então nada escapa dos meus olhos, seja no Brasil ou no exterior.
Loading...