Loading...

Parça de Gabigol, passagem pelo Vitória e seleções de base: conheça o novo reforço do Bahia

robertinho-dabase-bahia-santos
Robertinho, novo reforço do sub-20 do Bahia (Foto: Reprodução/Facebook)

O bom currículo e as amizades badaladas poderiam ser o cartão de visita do novo reforço do time sub-20 do Bahia. No entanto, Robertinho chegou ao Fazendão com a alcunha de torcedor apaixonado pelo novo clube. Volante com boa técnica, ele chega no último ano de júnior com a meta de fazer bonito para pintar no time profissional do Tricolor em 2017.

Robertinho ganhou notoriedade quando atuava pelo sub-15 do Santos. Era um dos destaques do time ao lado de Gabigol. As boas atuações lhe renderam convocações para as seleções brasileira de base nos anos seguintes e valorização do mercado. Tanto que, em 2012, trocou o Peixe pelo São Paulo após desacordos na negociação do novo contrato. À época, ele alegou que o Santos havia prometido assinar contrato profissional quando ele completasse 16 anos. Como não aconteceu, o atleta e a família optaram por ceder ao assédio do time rival.

Três anos se passaram e a forte concorrência no Tricolor do Morumbi não lhe permitia ter o mesmo destaque dos tempos de Santos. Até que o clube optou por não renovar o vínculo e Robertinho teve uma nova chance de ser um Menino da Vila. Em setembro de 2015, assinou o novo contrato com o Santos. Mas, mesmo faltando dois anos para o final desse vínculo, veio a oportunidade tão esperada.

“A realização de um sonho, assino contrato com o time que cresci torcendo. Agradeço ao EC Bahia por acreditar no meu potencial e espero dar muitas alegrias a torcida mais apaixonada do Brasil”, disse o atleta-torcedor.

Mas as curiosidades sobre a carreira de Robertinho não param por aí. Em contato com o DaBase, ele lembra que, já no início da carreira, teve que aprender a ser profissional e entender como o coração se comportava com a rivalidade da bola. É que o início de tudo foi no próprio Bahia. Dos oito aos 11 anos, ele vestiu a camisa Tricolor. Em seguida, ele foi para o Vitória – e depois para o Santos.

robertinho-guri-bahia-dabase-sub20
Foi no Tricolor baiano que tudo começou (Foto: Arquivo Pessoal)

“Sempre fui profissional. Tinha que esconder meu coração tricolor. Era difícil, mas fui profissional”, confessou o atleta.

Robertinho tem 20 anos, está a disposição do treinador Aroldo Moreira, do sub-20 do Bahia, mas já treina no time profissional do Bahia, com o técnico Guto Ferreira.

“Os treinos no time principal estão sendo produtivos, intensidade alta. O professor Guto passa bastante confiança. Muito bom”, comemora.

Deixe sua opinião

Loading...