Loading...

Ranking DaBase passa por reformulação e inclui convocações

Único site do país com cobertura nacional sobre futebol de base do país, o DaBase.com.br apresenta o mais completo ranking das categorias de base dos clubes brasileiros desde 2016, contabilizando mais de cem competições.

Após cinco anos, Ranking DaBase terá modificações (Foto: Reprodução)

No entanto, a partir de 2022, o levantamento apresenta algumas modificações. Continua levando-se em conta todos os Estaduais disputados no Brasil, catalogados nos sites oficiais de cada Federação, do sub-11 ao sub-21 (assim como as copas com pelo menos quatro participantes), além do Brasileiro de Aspirantes e as competições regionais e nacionais promovidas ou não pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Entretanto, visando o fortalecimento das categorias de base e a formação de atletas, excluiu-se os torneios internacionais que não sejam Copa Libertadores, Fiesta Sudamericana e Torneio Desenvolvimento CBF-Conmebol, reconhecidos pela entidade máxima do futebol da América do Sul. Além disso estão fora também os certames estaduais e nacionais com um número excessivo de escolinhas, seleções locais e clubes amadores.

Por outro lado, o ranking passa a pontuar aos clubes cada atleta convocado para as seleções brasileiras de base participantes das seguintes competições: Mundial, Olimpíadas, Pré-Olímpico e Sul-Americano. E para que um novo torneio seja contabilizado, a partir de 1 de janeiro de 2022 será necessário que tenha a participação mínima de oito agremiações, sendo ao menos quatro que figurem entre os 20 primeiros da sua região no Ranking DaBase.

Veja a lista de competições contabilizadas, além dos campeonatos estaduais: Libertadores e Fiesta Sudamericana; Copa do Brasil e Brasileiro; Supercopa; Copa SP, Copinha, Copa Ipiranga, Taça BH, Copa Nike e Torneio Desenvolvimento CBF-Conmebol; Brasileiro Mirim, Copa do Nordeste, Copa Sul, Copa Santiago, Efipan, Copa Brasil Votorantim; BA – Copa Metropolitana; CE – Taça Marcelo Vilar, Copa Uninta, Copa Seromo, Copa Metropolitana, Copa CBF e Supercopa Seromo; ES – Copa; GO – Copa, Taça Mané Garrincha, Torneio FGF e Supercopa; MA – Copa; MG – Copa Brasileirinho Estadual, Copa do Rei, IMEF e Copa União IMEF; MT – Copa; PA – Copa CBF; PE – Copa, Copa Barros de Futebol de Base, Recife Bom de Bola e Copa CBF; PR – Copa e Copa RM; RJ – Copa, Copa Dente de Leite, Torneio Início Copa Dente de Leite, Guilherme Embry, OPG, Os Donos da Bola, Torneio Conmebol VAR; RS – Copa, NOLIGAFI e Copa Metropolitana; SC – Copa; SE – Taça Cidade de Aracaju; SP – Copa Ouro, Paulista Cup e Torneio Paulista; Leme Cup; Taça Curitiba; BG Prime Sul-Brasileiro; BG Prime Kids; Copa de Futebol Cidade Verde; Goiás Cup; IberCup; Copa Cidade São Ludgero; Taça Brasil de Futebol; Copa Voltaço; Aldeia International Cup; Copa Dadazinho Nacional; Copa Brasileirinho Internacional; Copa 2 de Julho; Copa da Amizade Brasil-Japão; Torneio Harmonia Brasil-Japão; Campeonato Base Brasil 2020; (Eccellente) Cruzeiro International Cup; Copa BH Tributarium; BH Cup; Copa Internacional Caio Júnior; Taça da Amizade; Copa NAC/Café Donalice; Copa Água Branca Nordeste; Copa Terra do Sol; Copa Vitor Isaías; Copa Carpina; Salvador Cup; Supercopa Natal; Copa Next; Copa Cidade de Blumenau; FAM Cup; Copa TCL Internacional; Encontro Acre-Rondônia e Copinha da Amazônia.

Nova pontuação do Ranking DaBase:

Convocação seleção para Sul-americano e Pré-Olímpico = 3 pontos;

Convocação seleção para Olimpíadas = 5 pontos;

Convocação seleção para Mundial = 7 pontos.

Libertadores e Fiesta Sudamericana: 25 pontos ao campeão e 21 pontos ao vice.

Brasileiro e Copa do Brasil: 24 pontos ao campeão, 20 pontos ao vice, 16 pontos aos semifinalistas e 6 para os quadrifinalistas.

Copa SP, Copa Ipiranga, Taça BH, Brasileiro Mirim, Copa Nike e Torneio Desenvolvimento: 23 pontos ao campeão, 19 pontos ao vice, 12 pontos aos semifinalistas (e 2 para os quadrifinalistas da Copa SP e 1 para os que forem eliminados nas oitavas de final).

Copa Brasil Votorantim, Copa do Nordeste, Copa Sul, Copa Santiago e Efipan: 22 pontos ao campeão, 18 pontos ao vice e 9 para os semifinalistas.

Campeonatos Estaduais: 17 pontos ao campeão e 13 ao vice.

Copas e torneios estaduais: 15 pontos ao campeão e 11 pontos ao vice.

Supercopa: 8 pontos para o campeão e 4 pontos para o vice.

Outros torneios (com ao menos oito participantes, sendo quatro clubes do Top-20 regional do Ranking DaBase e sem a maioria da presença de escolinhas e seleções locais): 14 pontos para o campeão e 10 para o vice.

Deixe sua opinião

É futebol de base? Então nada escapa dos meus olhos, seja no Brasil ou no exterior.
Loading...