Loading...

Promessas brasileiras e argentinas dominam lista de mais valiosos da Libertadores

A Libertadores é o título mais almejado do continente sul-americano e um momento de muita emoção e competitividade para clubes e atletas. O torneio é, também, uma vitrine para muitos jovens, que sonham em chegar à Europa.

Gabriel Menino e Gabriel Veron, campeões em 2020, estão entre os 10 mais valiosos Foto: Divulgação/ Palmeiras

Pensando nisso, o DaBase.com.br listou os dez atletas sub-23 mais valiosos da competição, com base nos números do Transfermarkt. A relação, liderada por uma joia brasileira, conta com promessas argentinas, jovens referências e esperanças dos favoritos ao torneio. Confira abaixo:

10 – Fausto Vera (argentino) – Argentino Juniors – volante, 21 anos – 11 milhões de euros

Fausto Vera tem passagens pelas seleções de base da Argentina. Foto: Divulgação/ Argentino Juniors

O volante Fausto Vera é uma das promessas do futebol argentino. O jogador de 21 anos disputou o Sul-Americano e o Mundial Sub-20 de 2019 pela seleção, além de atuar profissionalmente pelo Argentino Juniors desde a temporada 2017/18. Já são 40 jogos e dois gols marcados. Na Libertadores, ele não entrou em campo nas duas últimas partidas.

9 – Pedro (brasileiro) – Flamengo – atacante, 23 anos – 12 milhões de euros

Pedro já defendeu a Seleção Brasileira. Foto: Alexandre Vidal/ Flamengo

Reserva no Flamengo, mas na mira da Seleção Brasileira, o atacante Pedro é um dos jogadores mais bem avaliados do torneio. O jovem de 23 anos foi revelado pelo Fluminense, passou pela Fiorentina, da Itália, e chegou ao Rubro-Negro no ano passado. Ele já soma 27 gols em 60 partidas, sendo três bolas na rede na Libertadores _uma nesta edição.

8 – Kaio Jorge (brasileiro) – Santos – atacante, 19 anos – 12 milhões de euros

Kaio Jorge foi eleito o melhor brasileiro sub-20 do mundo por jornal L’Équipe. Foto: Ivan Storti/Santos

Campeão mundial sub-17 pela Seleção Brasileira em 2019, Kaio Jorge é mais um Menino da Vila a brilhar no futebol sul-americano. O atacante de 19 anos já soma 64 jogos e nove gols pelo time principal do Santos, sendo cinco deles na última Libertadores. Neste ano, ele saiu do banco em três jogos e ainda não marcou.

7 – Julián Álvarez (argentino) – River Plate – atacante, 21 anos – 12 milhões de euros

Julián Álvarez foi campeão da Libertadores em 2018. Foto: Divulgação/ River Plate

Campeão da Libertadores de 2018, o atacante Julián Álvarez é uma das joias do River Plate. O argentino de 21 anos já soma 62 jogos e 14 gols pelo time principal, sendo metade deles na Libertadores. O jovem também tem passagens pelas seleções de base da Argentina, tendo disputado o Sul-Americano e o Mundial Sub-20 de 2019.

6 – Gerson (brasileiro) – Flamengo – meia, 23 anos – 14 milhões de euros

Gerson está avaliado em 14 milhões de euros. Foto: Divulgação/ Flamengo

Um dos jogadores mais pedidos na Seleção Brasileira, o meia Gerson é outro campeão da Libertadores na lista. O jogador de 23 anos tem trajetória parecida com a de Pedro, sendo revelado pelo Fluminense e passando por Roma e Fiorentina, ambos da Itália, antes de chegar ao Rubro-Negro, em 2019. Ele já soma 100 jogos e sete gols pelo time carioca.

5 – Gabriel Menino (brasileiro) – Palmeiras – volante, 20 anos – 14 milhões de euros

Gabriel Menino já foi convocado para a Seleção principal. Foto: César Greco/ Palmeiras

O polivalente Gabriel Menino é um dos destaques do atual campeão da Libertadores. O volante de 20 anos subiu ao time principal do Palmeiras no ano passado, somando, ao todo, 67 partidas e quatro gols na equipe profissional – três deles no torneio continental. O jovem também tem passagens pelas seleções de base e já foi convocado para a Amarelinha principal como lateral-direito.

4 – Matheus Henrique (brasileiro) – Grêmio – volante, 23 anos – 15 milhões de euros

Matheus Henrique já foi convocado para a Seleção principal. Foto: Lucas Uebel/ Grêmio

Matheus Henrique ainda era um novato no elenco gremista quando o clube conquistou a Libertadores de 2017. Depois disso, o volante de 23 anos se firmou como uma das referências do meio-campo tricolor, somando oito gols em 125 jogos pelo time profissional, além de convocações para as seleções de base e principal.

3 – De La Cruz (uruguaio) – River Plate – meia, 23 anos – 18 milhões de euros

De La Cruz defende a Seleção do Uruguai. Foto: Divulgação/ River Plate

Uma das referências do meio-campo do River Plate, De La Cruz é peça fundamental no gigante argentino. O meia de 23 anos foi revelado pelo Liverpool-URU e se destacou pela seleção uruguaia sub-20 em 2017 antes de chegar a Buenos Aires. Lá, ele já soma 19 gols em 113 partidas e um título da Libertadores, além de convocações para a Celeste Olímpica principal.

2 – Thiago Almada (argentino) – Vélez Sarsfield – meia, 20 anos – 20 milhões de euros

Thiago Almada já tem 16 gols pelo Vélez. Foto: Divulgação/ Vélez Sarsfield

A mais nova joia argentina não atua em nenhum gigante do país. O meia Thiago Almada, de 20 anos, defende o time principal do Vélez Sarsfield desde a temporada 2018/19. Ele já soma 16 gols em 72 jogos pelo clube, sendo dois deles na Libertadores deste ano, além de ter disputado o Sul-Americano Sub-20 de 2019.

1 – Gabriel Veron (brasileiro) – Palmeiras – atacante, 18 anos – 25 milhões de euros

Gabriel Veron foi eleito o craque do Mundial Sub-17 de 2019. Foto: César Greco/ Palmeiras

Craque do Mundial Sub-17 de 2019, quando foi campeão pela Seleção Brasileira, o atacante Gabriel Veron tenta se firmar e valer o posto de jogador mais valioso de toda a Libertadores – mesmo entre os mais velhos. O atacante de 18 anos, campeão da competição no ano passado, vem lidando com lesões e ainda não conseguiu uma sequência de jogos. Ao todo, o jovem já fez onze gols em 42 partidas.

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...