Loading...

Primeiro campeonato e dois dias de treino: conheça Igor, um dos artilheiros do Paulistão Sub-20

As oportunidades no futebol não costumam surgir aos montes ou serem anunciadas. Para Igor, ela bateu à porta apenas uma vez, o tirou de um mercado na pequena Piacatu e o levou à artilharia compartilhada do Paulistão Sub-20.

Igor fez oito gols em sete partidas. Foto: Reprodução/ Instagram

O atacante de 19 anos nunca havia disputado um campeonato oficial na vida. No pequeno munícipio do interior de São Paulo, ele competia apenas na Liga Esportiva Piacatuense e no Futebol 7, pelo Rosseto.

Trabalhando em mercados locais para ajudar a família de condição humilde, Igor contou com a indicação de um amigo e a observação do técnico do Linense para ter a primeira chance.

“Eu sempre quis jogar em times que disputam campeonatos importantes como o Paulistão, mas eu tinha que trabalhar pra ajudar minha família, pois não tínhamos uma condição estável. Até que neste ano, quase o meu último de sub-20, meu amigo Simão me indicou para o técnico Donizete, o qual tenho muito a agradecer. Fiz um jogo amistoso e ele se interessou por mim. E graças a Deus eu pude fazer o que eu mais gosto”.

A oportunidade não foi desperdiçada. Igor e o time do Linense tiveram poucos dias para se conhecer e iniciar a preparação para o estadual, que começou no fim de outubro. Após ser reserva na estreia, ele ganhou a titularidade e não decepcionou.

Foram oito gols em sete partidas, com direito a um hat-trick contra a Inter de Bebedouro. Segundo o jovem, os bons números se devem ao seu posicionamento e à ajuda dos companheiros.

“Acho que isso aconteceu graças a Deus e aos meus companheiros que puderam me achar dentro de campo, e eu fui feliz nas minhas finalizações. E até mesmo por eu ser o camisa 9, que é obrigado a balançar a rede”, avaliou.

Igor foi artilheiro em seu primeiro campeonato oficial. Foto: Reprodução/ Instagram

Atacante de velocidade, com bom posicionamento e precisão nas finalizações, Igor foi fundamental para que o Linense avançasse ao mata-mata, anotando oito dos 14 gols da equipe e caindo para o Audax nas oitavas de final. Para ele, o desempenho da equipe e individual foram ótimos, principalmente pelas condições de preparação.

“Meu desempenho foi até inesperado, pois foi o meu primeiro campeonato. Achei que ficaria meio perdido, mas graças a Deus pude me controlar. O desempenho do time foi ótimo. Fizemos apenas dois treinos antes do campeonato, não tivemos muito tempo para conhecer uns aos outros, o professor não teve tempo suficiente para moldar o time da forma que ele queria”.

Igor se inspira em Ronaldo Fenômeno, Cristiano Ronaldo e Robert Lewandowski e tem objetivos claros para a sequência da carreira. Ainda sem contrato para 2021, ele quer uma nova oportunidade para crescer na carreira e ajudar a família.

“Meu principal sonho é defender a Seleção Brasileira e chegar a um grande time da Europa. Para 2021, pretendo treinar firme para que eu possa alcançar o meu máximo e jogar mais partidas para que eu tenha oportunidades de fazer mais gols. E poder começar a ajudar minha família”, finalizou.

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...