Loading...

Palmeiras conquista Copa do Brasil Sub-17

Em mais um grande jogo, com muita luta e futebol dos dois lados, o Vasco da Gama venceu o Palmeiras, por 4 a 2, na partida decisiva da Copa do Brasil Sub-17, realizada no Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro, com quase cinco mil pagantes.

Time palmeirense faz a festa (Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)

No entanto, o Verdão acabou ficando com a taça em virtude do triunfo conseguido no primeiro jogo, pelo placar de 4 a 1, no Allianz Parque, em São Paulo.

Precisando golear para ser campeão, o Gigante da Colina atuou sem o lateral Paulinho e o meia Estella, dois de seus principais destaques, mas foi pra cima do adversário desde o início e saiu na frente aos oito minutos, em lindo lançamento de JP para André tocar na saída do goleiro. Na sequência, Lecce e César apareciam bem e impediam que mais gols saíssem antes do intervalo.

No segundo tempo, com 10 minutos, Lyncoln fez um cruzamento na direção de Rayan, que deixou para trás dois defensores e tocou por cima do goleiro para ampliar, porém a resposta do time alviverde foi imediata. Aos 12, a joia Endrick tabelou com Thalys e diminuiu. Aos 18, Vitor Reis, do Palmeiras, caiu desacordado após choque de cabeça com Rayan. A ambulância foi acionada, e o jogador foi encaminhado para o hospital Quinta D’Or, já consciente.

Aos 24, Gustavinho escapou pela direita e cruzou na direção da pequena área, onde Gabriel Vareta desviou contra patrimônio. Aos 36, em belíssima cobrança de falta, Endrick marcou seu quarto gol só nas finais, e terminou como artilheiro da competição, com oito ao todo. Aos 42, Lipão, destaque da equipe sub-15 vascaína, pegou rebote de uma finalização de Lyncon no travessão e marcou o quarto dos mandantes, que quase conseguiram levar a definição para os pênaltis, porém GB, na pequena área, chutou para fora, já aos 51 minutos, um a antes de Leandrinho ser expulso por dar uma cotovelada no palmeirense Gilberto.

“Cara, é inexplicável. Não estou querendo ganhar a torcida do Vasco, mas até na base você vê o que eles fazem… antes de entrar eu estava com frio na barriga. Com essa torcida, é praticamente ser profissional. A gente entrou desligado no primeiro tempo, mas a gente foi ao vestiário e conseguiu fazer isso. Minha família veio de São Paulo e não queria fazer feio para eles. Graças a Deus tive a oportunidade de fazer dois gols. Eu não imaginava, eu estava fazendo um jogo ruim. Até me arrepia”, disse o atacante do Palmeiras, em entrevista após o apito final.  

Deixe sua opinião

É futebol de base? Então nada escapa dos meus olhos, seja no Brasil ou no exterior.
Loading...