Loading...

Palmeiras busca empate duas vezes, bate Audax nos pênaltis e vai à final do Paulistão Sub-20

O Palmeiras garantiu sua presença na final do Paulistão Sub-20 pelo quarto ano consecutivo. A equipe ficou duas vezes atrás do placar, mas buscou o empate por 2 a 2 com o Audax no tempo normal e venceu por 4 a 2 nos pênaltis na tarde desta segunda (21), no Estádio José Liberatti, em Osasco, pelas semifinais do torneio.

Palmeiras buscou o empate por duas vezes. Foto: Fábio Menotti/ Palmeiras

Na decisão, o Alviverde enfrentará o Corinthians, que venceu o Santos por 3 a 1 na última sexta (18). A final, também em jogo único, ainda terá data, horário e local definidos pela FPF.

Em um início de jogo bem aberto, os donos da casa foram mais precisos para abrirem o placar. Aos nove minutos. Gabriel recebeu passe em velocidade e chutou forte, de canhota.

O Verdão respondeu e pressionou no restante da etapa final, tendo aos 30 minutos sua principal chance de empatar. Após pênalti assinalado, Valdenilson foi para a cobrança, mas Davi Natã fez a defesa.

O goleiro, no entanto, nada pôde fazer aos 43, quando Fabrício recebeu passe pela esquerda e bateu cruzado, encontrando Robinho na pequena área. O camisa 11 dominou e superou o arqueiro para deixar tudo igual.

O Audax conseguiu se recuperar no segundo tempo e, após Leandro perder uma grande chance cara a cara com o goleiro, Juan recolocou seu time em vantagem. Aos 19, ele recebeu passe de Dudu por cima da marcação e tocou na saída de Bruno Carcaioli.

O Alviverde voltou a pressionar em busca de mais um empate, que veio apenas aos 39 minutos. Pedro Acácio fez lindo lançamento da direita, ainda da intermediária, deixando Daniel na cara do gol para marcar e levar a decisão para os pênaltis.

O Palmeiras colocou Kaique no lugar de Bruno Carcaioli para a decisão e o arqueiro reserva fez a diferença. Apesar disso, os donos da casa saíram em vantagem. Após Lucas e Brasília marcarem para o Audax e Pedro Bicalho converter para o Alviverde, Davi Natã pegou a batida de Miguel.

A virada, porém, começou na terceira cobrança, quando Pedro Acácio marcou e Kaique pegou o chute de Diogo. Na sequência, Robert Dias fez para o Verdão e viu Leandro mandar para fora, deixando Daniel em condições de marcar e garantir a classificação palmeirense.

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...