Loading...

Kennedy celebra pênalti defendido no Clássico-Rei e explica trabalho com os pés no Fortaleza

Eram 20 minutos do segundo tempo e o placar marcava 2 a 0 para o Fortaleza diante do Ceará, no Clássico-Rei, válido pela terceira rodada do Brasileirão de Aspirantes. O Vôzão tentava a reação e teve um pênalti a favor. Mas a equipe alvinegra não contava com Kennedy, goleiro tricolor, que pegou a cobrança de Cristiano e garantiu a vitória.

Kennedy pegou pênalti na vitória sobre o Ceará Foto: Leonardo Moreira

O momento especial do arqueiro de 20 anos foi fundamental para que o Leão do Pici conquistasse a primeira vitória no torneio. Em conversa exclusiva com o DaBase.com.br, o jogador celebrou a defesa e a vitória com muita garra.

“É sempre bom pegar um pênalti durante um jogo, fiquei mais feliz ainda por ser um clássico, é um jogo de muita garra. Tenho que parabenizar a equipe pela garra até o final e agradecer a Deus por ter ajudado a manter o resultado naquele momento crucial”, disse.

Para vingar como goleiro no Fortaleza, Kennedy não vive apenas de pênaltis defendidos: é preciso habilidades com os pés. Treinando muitas vezes com o elenco principal, comandado por Rogério Ceni, o goleiro conta que os treinos são recorrentes para desenvolver a saída de bola.

“É um trabalho intenso durante a semana, o treinador procura sempre colocar a gente para treinar com o grupo. São jogos reduzidos, troca de passes na defesa, quebrar uma linha de marcação. Esse treino da semana ajuda muito durante os jogos para que eu possa jogar com os pés e entrosar com a equipe”.

Kennedy chegou ao Fortaleza em 2017 após passar pelo Sampaio Corrêa. Campeão cearense sub-20 em seu primeiro ano no clube e da Copa do Nordeste em 2018 – onde foi eleito o melhor goleiro -, o jovem já projeta maiores conquistas pelo clube e aprendizado com um mestre da posição, como Rogério Ceni.

“Muito feliz pelo que já conquistei, conheço bem a linha de trabalho do clube. Agradeço ao Rogério por ter subido ao profissional, ganhei conhecimento, aprendizado com os mais experientes. O Brasileirão de Aspirantes caiu muito bem nesse momento, importante estar jogando para manter o ritmo. É uma vitrine para mim, e sempre almejo mais no Fortaleza. A instituição oferece isso para a gente e sei que dá para conquistar muito mais coisas aqui”, finalizou.

O Fortaleza volta a campo na próxima segunda (02), às 15h, diante do Grêmio, no CT Hélio Dourado, em Eldorado do Sul, pela quara rodada do Brasileirão de Aspirantes. A equipe é a terceira colocada do Grupo B, com cinco pontos.

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...