Loading...

Jean Carlos sai do banco, faz dois e Palmeiras derrota Atlético-GO pelo Brasileirão Sub-17

O Palmeiras emplacou a segunda vitória consecutiva no Brasileirão Sub-17 na noite desta quarta (19), no Alianz Parque, em São Paulo. Pela terceira rodada do torneio, a equipe contou com a expulsão de um adversário e dois gols de Jean Carlos para bater o Atlético-GO por 3 a 1.

Jean Carlos marcou seu terceiro gol no torneio. Foto: Fábio Menotti/ Palmeiras

Com o resultado, o Alviverde assumiu a vice-liderança do Grupo A, com seis pontos, deixando o Dragãozinho com um ponto, dividindo a oitava colocação da chave com o América-MG.

As duas equipes voltam a campo pela quarta rodada na próxima semana. Na sexta (28), às 15h, o Palmeiras visita o Ceará na Cidade Vozão, em Itaitinga. No sábado (29), às 15h, o Atlético pega o Grêmio no CT Hélio Dourado, em Eldorado do Sul.

o jogo

Os visitantes começaram a partida fazendo uma marcação forte e dificultando o jogo palmeirense, que só deslanchou na metade final do primeiro tempo. A equipe abriu o placar na primeira chance mais clara, aos 21 minutos. Kauan Silva cruzou da esquerda e encontrou Thalys na segunda trave, pronto para cabecear forte e mandar para o fundo das redes.

A situação dos goianos se complicou aos 30, quando Zé Henrique deu entrada dura no meio-campo e levou o vermelho direto. O Verdão, que já havia ameaçado logo após o gol, com Wendell, criou mais duas chances, em chute de Kauan Silva defendido por Márcio e batida fraca de Luiz Freitas. O Dragão respondeu em cobrança de falta de Isaac, espalmada por José Henrique.

Mesmo com um a menos, o Atlético voltou bem e empatou o jogo aos seis minutos. Samuel Nunes roubou a bola de Serafim pela direita e bateu em cima de José Henrique, mas Daniel completou no rebote e deixou tudo igual.

Os donos da casa foram para cima e, depois de oportunidades criadas por Evandro e David, retomaram a vantagem no marcador. Aos 29, Jean Carlos cobrou falta da ponta-direita, mandou fechado e achou o cantinho do goleiro.

A equipe manteve o ímpeto e marcou o terceiro novamente com o camisa 18, que saiu do banco na etapa final. Aos 39, ele aproveitou jogada pela direita e chute travado de Luis Guilherme, pegou a sobra na área e completou para o gol.

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...