Loading...

Grêmio fecha venda de campeão mundial sub-17 ao Manchester City

O Grêmio acertou nesta sexta (24) a venda do volante Diego Rosa, de 17 anos, ao Manchester City, da Inglaterra. O jogador pode render, somando gatilhos e bonificações, 24 milhões de euros (R$144 milhões segundo a cotação atual).

Diego Rosa deixa o Grêmio sem ter atuado pelo time principal. Foto: Guilherme Rodrigues/ GR Press

As partes haviam se reunido na última terça (21) para acetar os últimos detalhes do negócio, consumado hoje. Faltam apenas detalhes burocráticas e a assinatura de contrato para oficializar a transferência. O volante assinará por cinco anos.

Inicialmente, o Grêmio receberá 5 milhões de euros (cerca de R$30 milhões) em duas parcelas, uma agora e outra em janeiro de 2021. O clube ficará com 70% do valor, enquanto os outros 30% serão do clube formador, o Vitória.

O acordo prevê outras bonificações. Uma meta ainda desconhecida pode render mais 4 milhões de euros (R$24 milhões). Caso o jogador seja inscrito na Premier League, o City pagará mais 12 milhões de euros (R$72 milhões) e, se atuar em dez jogos do torneio, serão mais 3 milhões de euros (R$18 milhões).

Diego Rosa não deve atuar pelo Manchester City na primeira temporada. O negócio indica que o jogador será emprestado a um clube da Europa, para ganhar experiência. Uma equipe da elite italiana ou o Girona, da Espanha, clube gerido pelo mesmo grupo que administra o time de Manchester, aparecem como candidatos.

Como completa 18 anos apenas em outubro, o jogador seguirá no Brasil treinando com o time de transição gremista até a próxima janela de transferências europeia. O clube gaúcho também manterá 15% sobre os direitos do volante. O Tricolor já tinha comprado mais 20% do passe da promessa junto ao Vitoria na semana passada por R$500 mil, chegando a ter 70% dos direitos.

Diego Rosa chegou a ser sondado pela Juventus, da Itália, no início da pandemia, mas as negociações não avançaram. O Grêmio tentou ampliar seu vínculo, porém esbarrou em detalhes contratuais e optou pela venda.

O volante deixa o Brasil sem ter atuado pelo time principal tricolor. Ele foi um dos destaques da seleção brasileira no título do Mundial sub-17 do ano passado, além das boas partidas pela Copa São Paulo deste ano, quando a equipe foi vice-campeã.

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...