Loading...

Fluminense é o melhor no ranking histórico do Brasileiro Sub-20

Nesta terça-feira (3) começa a quarta edição do Campeonato Brasileiro Sub-20 organizado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), com a participação dos 20 melhores clubes no ranking da Entidade.

Edição 2018 começa nesta terça (Foto: CBF)

Até o momento 22 agremiações já participaram da competição. Este ano a novidade é o Atlético-GO. O Fluminense-RJ foi o campeão em 2015, o Botafogo-RJ ficou com o título em 2016 e o Cruzeiro-MG é o atual detentor da taça.

Baseado em colocações finais, o Fluminense-RJ é o dono do melhor retrospecto, sempre passando da primeira fase. O tricolor carioca, ficou em 1º em 2015, 5º em 2016 e 8º em 2017. A Chapecoense-SC também jamais caiu logo na etapa inicial do campeonato, porém só participou no ano passado, terminando em 6º lugar.

Seis clubes conseguiram chegar ao menos à segunda fase em duas oportunidades: Cruzeiro-MG (5º em 2015, 20º em 2016 e 1º em 2017); Botafogo-RJ (14º em 2015, 1º em 2016 e 5º em 2017); Coritiba-PR (12º em 2015, 4º em 2016 e 2º em 2017); São Paulo-SP (18º em 2015, 6º em 2016 e 3º em 2017); Ponte Preta-SP (7ª em 2015, 7ª em 2016 e 17ª em 2017) e Grêmio-RS (11º em 2015, 8º em 2016 e 7º em 2017).

Oito associações ficaram uma vez entre os oito melhores, com destaque para o Vitória-BA, que tem apenas duas participações, sendo 2º em 2015 e 18º em 2016 (não participou em 2017). Demais: Corinthians-SP (17º em 2015, 2º em 2016 e 20º em 2017); Bahia-BA (3º em 2015, 9º em 2016 e 16º em 2017); Internacional-RS (9º em 2015, 3º em 2016 e 11º em 2017); Flamengo-RJ (4º em 2015, 14º em 2016 e 9º em 2017); Atlético-PR (19º em 2015, 17º em 2016 e 4º em 2017); Palmeiras-SP (6º em 2015, 12º em 2016 e 10º em 2017); Vasco da Gama-RJ (8º em 2015, 16º em 2016 e 14º em 2017).

Quatro agremiações participaram das três edições e nunca passaram da primeira fase: Atlético-MG (10º em 2015, 19º em 2016 e 13º em 2017); Goiás-GO (13º em 2015, 11º em 2016 e 19º em 2017); Santos-SP (16º em 2015, 13º em 2016 e 12º em 2017); Sport Recife-PE (20º em 2015, 15º em 2016 e 18º em 2017).

Por fim, o Figueirense-SC cai logo na primeira fase em suas duas participações (10º em 2016 e 15º em 2017) e o Ceará-CE teve o mesmo desempenho na única vez em que marcou presença (15º em 2015).

Em número de pontos ganhos, o Fluminense lidera, com 64, seguido por Coritiba (50), Botafogo (45), São Paulo (44), Cruzeiro (39), Inter (32), Bahia (31), Corinthians e Flamengo (27), Palmeiras (26), Ponte Preta (25), Grêmio (24), Atlético-PR (23), Vitória (20), Vasco (17), Santos e Chapecoense (12), Goiás (11), Atlético-MG e Figueirense (10), Sport (5) e Ceará (3).

Em número de jogos disputados, o Fluminense também está na ponta, com 32, seguido por Coritiba (30), Cruzeiro e Botafogo (28), São Paulo (26), Grêmio e Ponte Preta (24), Corinthians (22), Inter e Atlético-PR (20), Bahia, Vasco, Palmeiras e Flamengo (18), Vitória (16), Goiás, Sport, Santos e Atlético-MG (12), Chapecoense (10), Figueirense (8) e Ceará (4).

Em número de vitórias, mais uma vez o Fluminense aparece no topo, com 18, seguido por Coritiba (13), São Paulo e Botafogo (12), Cruzeiro (10), Inter e Bahia (9), Palmeiras, Corinthians e Flamengo (7), Grêmio e Ponte Preta (6), Vitória, Vasco e Atlético-PR (5), Chapecoense (4), Santos e Atlético-MG (3), Goiás (2), Figueirense e Ceará (1) e Sport (0).

O Coritiba é quem mais empatou: em 11 oportunidades, seguido por Fluminense (10), Cruzeiro e Botafogo (9), São Paulo e Atlético-PR (8), Ponte Preta e Figueirense (7), Grêmio, Corinthians e Flamengo (6), Goiás, Vitória, Sport, Palmeiras e Inter (5), Bahia (4), Santos (3), Vasco (2), Atlético-MG (1) e Chapecoense e Ceará (0).

Ninguém perdeu mais que o Grêmio: 12 vezes. A seguir aparecem Vasco e Ponte Preta (11), Corinthians e Cruzeiro (9), Atlético-MG (8), Sport, Atlético-PR e Botafogo (7), Vitória, Chapecoense, Coritiba, Palmeiras, Santos, Inter e São Paulo (6), Bahia, Flamengo e Goiás (5), Fluminense (4), Ceará (3) e Figueirense (0).

Com 52 gols marcados, o Fluminense tem o melhor ataque, seguido por Coritiba (44), Botafogo (37), São Paulo (35), Corinthians (32), Grêmio (30), Cruzeiro (28), Flamengo (27), Bahia (26), Inter (25), Ponte Preta (24), Palmeiras (20), Atlético-MG e Vitória (19), Goiás (18), Vasco (16), Atlético-PR (15), Santos (13), Sport (12), Chapecoense (9), Figueirense (5) e Ceará (4).

Em número de gols sofridos, o Grêmio é o mais vazado: 44 vezes, seguido por Corinthians (35), Ponte Preta (33), Coritiba, Botafogo e Vasco (29), Cruzeiro (27), Atlético-MG e Goiás (26), Fluminense e Bahia (24), Sport (23), Santos (21), São Paulo (20), Vitória, Palmeiras e Inter (19), Flamengo (17), Atlético-PR (16), Chapecoense (14), Ceará (7) e Figueirense (4).

Deixe sua opinião

Loading...