Loading...

Fluminense busca virada emocionante no fim e vence Santos pelo Brasileirão Sub-20

O Fluminense conquistou uma grande virada para encostar no G-8 do Brasileirão Sub-20. Após levar 3 a 1 do Santos, a equipe marcou duas vezes no fim e venceu por 4 a 3, na tarde deste domingo (08), nas Laranjeiras, Rio de Janeiro, pela décima rodada.

Luan Brito marcou duas vezes e comandou virada. Foto: Dikran Júnior

Com o resultado, o Tricolor ficou na nona posição, com os mesmos 16 pontos do oitavo colocado Vasco, mas com menos vitórias. Já o Peixe caiu para a lanterna, com cinco pontos.

As duas equipes voltam a campo pela 11ª rodada do torneio no próximo fim de semana. No sábado (14), às 15h, o Fluminense visita o Athletico-PR no CT do Caju, em Curitiba. No domingo (15), às 15h, o Santos recebe o Atlético-MG no Estádio 1º de Maio, em São Bernardo do Campo.

Antes, ambos os times têm compromissos pelos seus respectivos estaduais. O Fluminense visita o Nova Iguaçu na quarta (11), às 10h, no CT Nova Iguaçu, pela décima rodada do Carioca Sub-20. Já o Santos recebe o Água Santa na quinta (12), às 15h, no CT Rei Pelé, em Santos, pela segunda rodada do Paulistão Sub-20.

O jogo

Os visitantes começaram ligados e abriram o placar logo aos quatro minutos. Ed Carlos tabelou com Lucas Barbosa pela intermediária e chutou de longe, surpreendendo o goleiro para marcar. Cinco minutos depois, Rwan aproveitou cruzamento de Weslley Patati vindo da esquerda, ganhou da marcação e bateu cruzado para ampliar.

Os donos da casa esboçaram uma reação aos 14, quando Gustavo Moreira derrubou Miguel Vinícius na área. O próprio camisa 9 foi para a cobrança do pênalti e descontou.

Os dois times seguiram criando chances no primeiro tempo. Thiago fez duas boas defesas nas tentativas de Lucas Barbosa e Weslley Patati, pelo lado santista, enquanto Breno parou Gabryel Martins cara a cara em rápido contragolpe, além de ver alguns arremates de longe passarem perto.

Na volta do intervalo, Breno salvou o time paulista em duas grandes oportunidades tricolores, nos pés de Miguel Vinícius e Yago.  O ataque respondeu bem e, aos nove minutos, o Peixe aumentou a vantagem. Patati cruzou da esquerda e a bola sobrou na segunda trave, onde Lucas Barbosa dominou e bateu forte.

Os cariocas não sentiram o gol e foram em busca da reação. Aos treze minutos, logo após ver a defesa tirar seu gol em cima da linha, Gabryel Martins aproveitou o cruzamento da esquerda e pegou a sobra de primeira para diminuir.

O Tricolor seguiu perdendo boas chances e parando na defesa e em Breno, até que Cadu Silva deu uma forcinha. Ele cometeu pênalti em dividida na área, levou o segundo amarelo e foi expulso. Luan Brito cobrou e empatou, aos 39. Nos acréscimos, David José cruzou rasteiro da esquerda, a zaga furou e Luan Brito completou para virar.

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...