Loading...

Flamengo fica duas vezes atrás do placar, mas empata com o Athletico-PR pelas semifinais do Brasileirão Sub-20

O Flamengo evitou a derrota no jogo de ida das semifinais do Brasileirão Sub-20 após ficar duas vezes atrás do placar. A equipe buscou o empate por 2 a 2 com o Athletico-PR na tarde desta quinta (07), na Gávea.

Duelo ficou aberto após empate na ida. Foto: Marcelo Cortês/ CRF

Com o resultado, quem vencer o duelo de volta garante uma vaga na final. Um novo empate leva a decisão para os pênaltis. O duelo decisivo será disputado no próximo domingo (10), às 20h, no CT do Caju, em Curitiba.

O jogo começou agitado e, após Lázaro jogar sobre o gol a primeira chance carioca, os visitantes abriram  placar. Aos oito minutos, Vinicius Mingotti recebeu passe de Julimar nas costas de Matheuzinho, que cometeu pênalti. Luan Patrick cobrou e não desperdiçou.

A resposta flamenguista veio dois minutos depois, quando Lázaro aproveitou cruzamento de Matheuzinho e sobra na entrada da área para finalizar e deixar tudo igual.

Aos 17, os donos da casa voltaram a assustar em cabeçada de Lázaro defendida por Léo Linck. Mas foram os paranaenses que retomaram a vantagem aos 24. Thiaguinho foi desarmado e a bola ficou com João Pedro, que enfiou para Mingotti tocar na saída do goleiro, cruzado.

Depois disso, o ritmo caiu e as equipes criaram poucas chances, pecando na pontaria quando chegavam ao ataque. A partida só esquentou a partir dos dez minutos da etapa final, quando o Furacão assustou em dois arremates de fora da área, com Jajá e Ramon.

No entanto, o Flamengo foi mais preciso para voltar a empatar o jogo. Aos 13, Léo Linck fez boa defesa em chute de Gabriel Aires, mas Vialle tocou a bola com a mão no rebote. Pênalti que Matheuzinho bateu para deixar tudo igual.

O Athletico foi para cima em busca da vitória, mas não conseguiu aproveitar as chances. Jajá, em bela jogada individual e com passe de Raimar, teve duas oportunidades, porém mandou para fora na primeira e teve o chute desviado na segunda. Já no fim, em contragolpe, Luca Caio mandou próximo à trave, também sem conseguir tirar a igualdade do marcador.

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...