Loading...

Flamengo decide no primeiro tempo, vence São Paulo e conquista Copa do Brasil Sub-17

O Flamengo é o campeão da Copa do Brasil Sub-17 de 2021. Com um a mais desde a metade do primeiro tempo, a equipe decidiu em 15 minutos e voltou a vencer o São Paulo, por 3 a 0, na tarde desta segunda (15), no Estádio da Cidadania, em Volta Redonda, pelo duelo de volta da final.

Flamengo conquistou título de forma invicta. Foto: Marcelo Cortês/ CRF

Essa foi a segunda conquista rubro-negra na competição, se igualando ao Palmeiras e ao próprio São Paulo na lista dos maiores campeões. A equipe havia vencido o torneio em 2018 e ficado com o vice em 2013, na primeira edição, perdendo a final justamente para o Tricolor.

A Copa do Brasil também representa o segundo troféu nacional da categoria sub-17 em 2021, já que o Flamengo conquistou o Brasileirão, em agosto. Desse modo, o time automaticamente ficou com a taça de campeão da Supercopa, feito inédito.

A campanha vitoriosa foi invicta, com oito vitórias e um empate, 43 gols marcados e oito sofridos, sendo o melhor ataque do campeonato. Victor Hugo, com 15 gols, foi o artilheiro, batendo o recorde de bolas na rede em uma só edição.

O jogo

O jogo começou a mil. Os donos da casa assustaram em escanteio que cruzou toda a pequena área e na finalização de Zé Welinton, enquanto o time são-paulino respondeu em jogadas de Rodriguinho e Caio pela esquerda, que pararam no goleiro Dyogo.

Os cariocas imprimiram seu ritmo e tiveram grandes chances em arremate de longe de Matheus Gonçalves e nos dois chutes de Matheus França dentro da área – um cara a cara. O jogo ficou mais difícil para o Tricolor aos 22, quando Ythallo parou França com falta, levou o segundo amarelo e foi expulso.

Aos 26, o Rubro-Negro abriu o placar. Matheus Gonçalves abriu na direita com Matheus França, recebeu de volta na área e bateu no cantinho. O segundo veio aos 38, quando Petterson foi acionado pela esquerda, levou ao fundo e jogou por baixo das pernas de Leandro, surpreendendo o goleiro.

Dois minutos depois, a equipe flamenguista fez mais um. Matheus Gonçalves deixou Victor Hugo cara a cara após erro na saída de bola e o artilheiro só escolheu o canto antes de deixar o dele.

A etapa final caiu de ritmo. Com um a menos, os visitantes só conseguiram assustar em cobrança de falta de Luiz Henrique, sobre o travessão. O Flamengo teve duas boas chances para ampliar com Mateusão, que se desequilibrou dentro da pequena área na primeira e cabeceou no travessão na segunda.

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...