Loading...

Fase final da Euro sub-21 tem apenas uma vaga indefinida

A fase de qualificação para o Campeonato da Europa Sub-21 da UEFA de 2021, popularmente chamada de Euro Sub-21, está concluída, com os 13 dos 14 lugares disponíveis preenchidos para a fase final a ser disputada por 16 países na Hungria e na Eslovênia. A última vaga por enquanto é da Polônia, mas pode ficar com a Islândia.

Holanda teve o melhor ataque (Foto: Divulgação/Uefa)

Os nove vencedores dos grupos e os cinco melhores segundos classificados (sem contar com os confrontos com o sexto) apuraram-se para a fase final, que decorre de 24 a 31 de março de 2021, com os dois primeiros classificados para a fase de quartos de final, semifinais e final, que serão entre 31 de maio e 6 de junho de 2021. O sorteio dos grupos acontecerá em Nyon, no dia 10 de dezembro.

No Grupo 1, a Itália (25 pontos ganhos) avançou. O segundo colocado está pendente da decisão do Comitê de Controle, Ética e Disciplina da UEFA, situação resultante da dupla jornada caseira da Armênia (3), que teve os jogos ante Islândia (18) e Suécia (15) adiados, pela impossibilidade de jogar no seu país, devido ao conflito com o Azerbaijão. A República da Irlanda (19) não tem chances de ser uma das melhores segundas colocadas e Luxemburgo (3) por enquanto é o lanterna.

No Grupo 2, França (27) e Suíça (27) avançaram, deixando para trás Geórgia (15), Eslováquia (12), Azerbaijão (6) e Liechtenstein (3).

No Grupo 3, a invicta Inglaterra (28) se classificou. Mesmo em segundo, a Áustria (18) não conseguiu vaga. Albânia (14), Turquia (13), Kosovo (9) e Andorra (5) também estão eliminados.

No Grupo 4 seguem adiante República Tcheca (21) e Croácia (20). Estão fora Escócia (18), Grécia (16), Lituânia (10) e San Marino (0).

Primeira colocada do Grupo 5, a Rússia (23) está garantida na fase final. A Polônia (20) depende da decisão da Uefa para ser uma das melhores segundas. Bulgária (18), Sérvia (12), Estônia (5) e Letônia (4) foram eliminadas.

No Grupo 6, a Espanha (28) avançou de forma invicta. Macedônia do Norte (18), Israel (13), Cazaquistão (10), Ilhas Faroé (9) e Montenegro (7) estão desclassificadas.

No Grupo 7, Holanda e Portugal (27) vão em frente, deixando de fora Noruega (10), Bielorrússia (8), Chipre (7) e Gibraltar (0).

No Grupo 8, a Dinamarca (26), invicta, se classificou como primeira colocada e a Romênia (20) foi uma das melhores segundas. Ucrânia (16), Finlândia (13), Irlanda do Norte (9) e Malta (1) estão eliminadas.

A Alemanha (18) venceu o Grupo 9. Bélgica (13), Bósnia e Herzegovina (11), País de Gales (9) e República da Moldávia (7) não se qualificaram.

A Holanda terminou com o melhor ataque, com 46 gols marcados, nove a mais que a Croácia. Por outro lado, San Marino e Gibraltar não conseguiram balançar as redes uma vez sequer. A melhor defesa foi a da Espanha, com somente um gol sofrido, três a menos que República Tcheca e Rússia. A pior pertenceu a San Marino, com 50 tentos levados. O inglês Edward Nketiah ficou no topo da artilharia, com 13 gols, dois a mais que o francês Odosonne Edouard.

Deixe sua opinião

É futebol de base? Então nada escapa dos meus olhos, seja no Brasil ou no exterior.
Loading...