Loading...

EXCLUSIVO! Veja as estatísticas e curiosidades após a 15ª rodada do Brasileirão Sub-20

Chegou ao fim a 15ª rodada da primeira fase da edição 2021 do Campeonato Brasileiro sub-20, a sétima sob chancela da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Ao todo foram 48 gols marcados nas dez partidas, a mais goleadora da competição, fazendo a média subir para 2,87 (457 em 159). Foram quatro triunfos dos mandantes e dos visitantes, além de dois empates.

Palmeiras tem o melhor ataque (Foto: Site oficial/SEP)

O Atlético-MG se juntou ao São Paulo na liderança, com 30 pontos ganhos, um a mais que o Athletico-PR. Palmeiras, com 28, Flamengo (um jogo a menos), com 27, Botafogo, com 25, América-MG e Fluminense, com 23 pontos somados, fecham o G-8.

O dono do melhor ataque é o Palmeiras, com 31 gols marcados, um a mais que Atlético-MG e Athletico-PR. O Galo Mineiro tem a melhor defesa, com 15 tentos sofridos, um a menos que Flamengo e Vasco. O pior ataque pertence ao Sport, com somente 11 bolas de rede, três a menos que o Fortaleza. Já a pior defesa é a do Bahia, vazada 38 vezes, quatro a mais que o Atlético-GO. Corinthians 7 x 1 Bahia é a partida com mais gols até aqui e a maior goleada ao lado de Corinthians 0 x 6 Vasco.

Dados históricos:

O Cruzeiro ultrapassou a marca de 120 pontos ganhos (chegou a 122) e 110 gols sofridos (111);
O Santos passa a ter o mesmo número de pontos e jogos: 69;
O Fluminense conquistou sua 50ª vitória. É o primeiro a alcançar a marca;
O Grêmio empatou pela 20ª vez;
O Botafogo passa a ter 30 derrotas e 110 gols sofridos;
O Fortaleza passa a ter mais de dez pontos (11) e dez gols marcados (14);
O Internacional chegou a exatos 110 gols marcados, o Bahia, a 80, e o Sport, 70;
O Athletico-PR ultrapassou os 130 gols feitos (131) e os cem sofridos (102);
O Flamengo atingiu a marca exata de cem gols sofridos, e o Corinthians passou de 120, indo a 122;
O América-MG está invicto há oito partidas (seis triunfos e dois empates);
Gabriel Silva, do Palmeiras segue no topo da artilharia, com 12 gols, três a mais que Rômulo, do Athletico-PR.

Deixe sua opinião

É futebol de base? Então nada escapa dos meus olhos, seja no Brasil ou no exterior.
Loading...