Loading...

ESPECIAL BRASILEIRÃO SUB-17: Grêmio quer time competitivo e técnico para chegar à final

A sexta matéria da série especial do DaBase.com.br sobre o Brasileirão Sub-17 traz um clube que vem batendo na trave da final sem perder a metodologia formadora. O Grêmio, de boas campanhas nos últimos anos, promete uma equipe competitiva e técnica em 2021.

Grêmio assumiu liderança provisória do Grupo A. Foto: Rodrigo Fatturi/ Grêmio

O Tricolor foi um dos times de melhor campanha nas duas primeiras edições do Brasileirão Sub-17. Em 2019, a equipe fechou a primeira fase de forma invicta e na liderança do Grupo B, passou pelo Atlético-MG com duas vitórias nas quartas de final, mas caiu para o Corinthians, nas semifinais, no saldo de gols.

No ano passado, o Tricolor fez outra campanha consistente, com seis vitórias, dois empares, apenas uma derrota e resultados marcantes (como a goelada por 7 a 0 sobre a Chapecoense). Nas quartas de fina, contudo, o time sofreu duas derrotas para o Athletico-PR e foi eliminado.

Os resultados recentes foram coroados com títulos em outros torneios. O clube abriu mão há algum tempo da disputa do Estadual, optando por competições regionais e internacionais. Em 2019, foram três conquistas: a Copa Santiago, o Torneio Las Americas e a Aldeia Cup.

O Tricolor também bateu na trave em outros torneios, sendo duas vezes vice-campeão da Copa do Brasil – uma na Era CBF, em 2014, e outra na Era Federação de Futebol do Espírito Santo (FFES), em 2010 – , além do vice-campeoanto do Brasileirão organizado pela Federação Gaúcha de Futebol (FGF), em 2012.

Para 2021, a promessa é seguir a linha de trabalho da base gremista: raça, técnica e formação. Quem comenta é Douglas Rodrigues, técnico do time sub-17, que falou com exclusividade ao DaBase.com.br,

“(Podemos esperar) Uma equipe muito competitiva, com qualidade técnica apurada e taticamente muito dedicada à nossa proposta de jogo. São atletas com prioridade na qualidade técnica, posicionamentos bem definidos no campo e com a raça competitiva que a torcida sempre espera do Grêmio”.

Equipe sub-16 gremista enfrentou a Seleção Brasileira Feminina no fim de 2020. Foto: Laura Zago CBF

Seguindo essa linha, o clube pretende manter o abastecimento das categorias superiores e do time principal, que conta com uma das bases mais utilizadas do país. O Tricolor foi o sétimo time que mais aproveitou seus jovens no Brasileirão, além de ter a segunda base que mais decidiu, com 22 gols e 12 assistências no campeonato.

Além disso, os resultados em outras categorias mantiveram o clube em alta no Ranking DaBase. O Grêmio segue como o vice-líder nacional e o melhor time no Sul do país.

Depois de um 2019 de títulos em torneios regionais e internacionais, o Grêmio teve o calendário reduzido em 2020 devido à pandemia. O clube precisou trabalhar a categoria sub-16, que inclusive fez um amistoso contra a Seleção Brasileira Feminina principal, ganhando experiência competitiva. Douglas Rodrigues comentou o momento de transição.

“Fizemos um trabalho diferente com esses atletas para não perder o ano por completo. Quando acabou o Campeonato Brasileiro da categoria 2003, antecipamos a subida deles para a equipe sub-17 e começamos um trabalho de aprimoramento técnico principalmente para recuperar o tempo perdido”, concluiu.

DESTAQUES

Luizão. Foto: Reprodução/ Instagram

Luizão

A linhagem de goleiros da base gremista tem um talento no time sub-17 para a temporada de 2021. Luizão tem histórico nas seleções de base, fazendo parte do elenco campeão sul-americano sub-15 em 2019. Após uma temporada no banco, o jogador de 16 anos vai para o seu segundo ano na categoria com potencial para assumir a titularidade e brilhar no Brasileirão.

 

Bruno Cheron. Foto: Reprodução/ Instagram

Bruno Cheron

Bruno Cheron foi um dos jovens nascidos em 2004 que tiveram mais espaço no time sub-17 gremista em 2020. O meia fez seis partidas – todas vindo do banco –  no último Brasileirão, sendo peça importante no esquema tricolor. Aos 17 anos, ele traz a experiência de um ano na categoria e de passagens pelas seleções de base para brigar por mais espaço no time titular.

 

Kauan Kelvin. Foto: Reprodução/ Instagram

Kauan Kelvin

O atacante Kauan Kelvin é um dos atletas mais promissores da base gremista. O jogador fez seu primeiro ano na categoria sub-17 em 2020, com apenas 15 anos. Foram quatro partidas saindo do banco e um gol marcado, na goleada sobre a Chapecoense. O jovem assinou seu primeiro contrato profissional com o Tricolor no início do ano, ao completar 16 anos, e chega como uma das promessas para 2021.

 

TÉCNICO

Douglas Rodrigues. Foto: Divulgação/ Grêmio

Douglas Rodrigues

Há quase quatro anos no clube, o técnico Douglas Rodrigues tem vasta experiência no futebol de base do Rio Grande do Sul mesmo com apenas 39 anos. O profissional passou por diversos clubes do interior até chegar ao Tricolor em 2017 para assumir a equipe sub-15. No sub-17 desde 2018, ele vem de duas boas campanhas no Brasileirão e títulos regionais.

Auxiliar Técnico: Marcel Cardozo

Preparador Físico: Renato Gelak

Treinador de Goleiros: Thainan Bombach

ÚLTIMOS RESULTADOS

O Grêmio vem de títulos regionais e internacionais e batidas na trave na categoria sub-17. Em 2019, a equipe conquistou a Copa Santiago, o Torneio Las Americas e a Aldeia Cup. No Brasileirão, o time foi semifinalista em 2019 e parou nas quartas do ano passado. Além disso, o clube já foi duas vezes vice-campeões da Copa do Brasil (2010 na Era FFES e 2014 na Era CBF) e uma vez do Brasileirão (na Era FGF, em 2012), além de chegar às quartas da Taça BH em 2016.

A CBF ainda não divulgou a tabela do Brasileirão Sub-17 de 2021. O torneio está previsto para o dia 23 de março.

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...