Loading...

ESPECIAL BRASILEIRÃO DE ASPIRANTES: De olho no futuro, CRB quer formar novas joias

Na 12ª matéria da série especial do DaBase.com.br sobre o Brasileirão de Aspirantes, um clube vê no torneio a possibilidade de gerar frutos para o futuro. O CRB vai para a sua segunda participação tentando melhorar seus números e formar atletas para a equipe principal.

CRB fez pior campanha do último Brasileirão de Aspirantes. Foto: Ivan Storti/ Santos FC

O clube alagoano fez a sua estreia no torneio em 2020, resultado das desistências de muitos times que estão à frente no Ranking da CBF, da consolidação na Série B do Brasileirão e das boas campanhas nacionais e estaduais.

O desempenho no Brasileirão de Aspirantes, porém, ficou abaixo do esperado. O clube foi o lanterna do Grupo B, com quatro pontos. Foram uma vitória, um empate e seis derrotas – incluindo um W.O. na última rodada, mostrando as dificuldades sentidas durante o campeonato.

Ter um grupo jovem, disposto a se desenvolver e servir ao clube seguirá sendo a aposta da diretoria em 2021. Figura conhecida no futebol alagoano e novo coordenador da base, Roberval Davino falou com exclusividade ao DaBase.com.br. Ele, que comandará a equipe no torneio nacional, destacou a expectativa para uma boa campanha.

“A esperança está dentro de uma proposta de trabalho de médio a longo prazo. Dia 10 já temos compromisso, buscamos dar ênfase aos atletas do clubes, nascidos em 2003, 2002 e 2001. Trouxemos alguns jovens para compor o grupo, com mais experiência, e acreditamos muito em fazer uma boa competição, mesmo sendo uma das equipes mais novas do campeonato. Talvez o mais velho nosso seja nascido em 1999. Nossa expectativa é montar uma base para o Alagoano de 2022”, disse.

O profissional tem larga história no clube. Ex-jogador nos anos 70 e 80, Roberval Davino ocupa o cargo de treinador desde o fim de sua carreira, com passagens de destaque no futebol goiano, paulista e no próprio CRB. Ele voltou ao clube nesta temporada para atuar como coordenador técnico e trabalhar na categoria sub-23, fazendo a transição para o profissional.

CRB avançou às semifinais da última Copa do Nordeste Sub-20. Foto: Ascom CRB

Apesar do limite de idade e com a possibilidade de inscrição de quatro jovens acima dos 23 anos, Davino explica que a prioridade será dada aos garotos do time sub-20, para concretizar a formação.

“Em relação aos atletas, vamos usar poucos do profissional. Temos um grupo bem definido, um ou outro jogador que seja necessário dar momento de jogo, vamos fazer, mas o objetivo é um trabalho específico para a base. Temos conversado com o técnico do profissional e algumas situações podemos sair um pouco. Mas quero trabalhar 99% com o que temos aqui”, destacou.

O CRB tem no Brasileirão de Aspirantes uma das poucas oportunidades de dar calendário à base. Além das competições estaduais, que ficaram paralisadas em 2020 e ainda não começaram neste ano, o clube vem participando da Copa do Nordeste Sub-20.

No ano passado, com um elenco próximo ao desta temporada, o Galo de Maceió fez ótima campanha e chegou às semifinais, onde foi derrotado pelo campeão Náutico. Daquele grupo, saíram nomes como Dion, negociado com o Avaí, Wellington, lateral aproveitado no profissional, e Rauan, um dos artilheiros do torneio que seguem à disposição apra o Brasileiro de Aspirantes.

A ideia do CRB é aproveitar o torneio nacional para finalizar a formação dos atletas. Roberval Davino afirma que o calendário disponível servirá para dar competitividade aos jovens, que são vistos como esperança para o futuro dentro do clube.

“A competição, como todas nacionais que a CBF vêm fazendo, é super importante, para aumentar a competitividade dos clubes. Até hoje não temos calendário de base, no sub-11, sub-12, até pelo momento. Então trabalhar a garotada nascida em 2003 2004, até jogar o sub-23 é super importante, até pela competição”, comentou.

“A ideia é tirar o máximo, dando competividade contra grandes equipes, e também pela vitrine, no cenário nacional, até porque faz tempo que o clube mão lança um atleta de casa. A expectativa é boa, a vitrine é boa, e ter um atleta da casa é mais importante ainda”.

DESTAQUES

Pedro Henrique. Foto: Ascom CRB

Pedro Henrique

Pedro Henrique já sentiu a experiência de atuar profissionalmente pelo CRB. O goleiro de 21 anos passou por Osvaldo Cruz e VOCEM, no interior de São Paulo, antes de chegar ao Galo de Maceió em 2019. No ano passado, ele foi titular na Copa São Paulo, Copa do Nordeste Sub-20 e Brasileirão de Aspirantes, além de ter entrado em um duelo da Série B, acumulando 16 partidas. Nesta temporada, o jovem ficou no banco durante o Alagoano.

Darlisson. Foto: Reprodução/ Instagram

Darlisson

Com apenas 17 anos, Darlisson já surge como um dos atletas mais promissores do CRB. O zagueiro nascido em 2003 atuou em todas as categorias no ano passado, somando três partidas e um gol na Copa do Brasil Sub-17, cinco jogos na Copa do Nordeste Sub-20 e três atuações no Brasileirão de Aspirantes – todos como titular. Com passagens pela base do Sport, ele também fez quatro jogos no Alagoano deste ano, sendo um como titular.

Rauan. Foto: Reprodução/ Instagram

Rauan

O meia Rauan foi o principal destaque da base do CRB em 2020. O jogador de 19 anos fez dez jogos – cinco pelo Brasileirão de Aspirantes e outros cinco na Copa do Nordeste Sub-20. Foram dois gols no torneio nacional e cinco no regional – que o levaram à artilharia do campeonato. Integrado ao grupo principal, ele entrou em duas partidas do Alagoano deste ano, mas deve ser mais aproveitado no sub-23.

 

TÉCNICO

Roberval Davino. Foto: ASCOM/ CRB

Roberval Davino

Ex-jogador do clube nos anos 70 e 80, Roberval Davino tem larga experiência como treinador. Ele ocupa o cargo desde o fim de sua carreira, com mais de 30 anos de trajetória e com passagens de destaque no futebol goiano, paulista e no próprio CRB. Ele voltou ao clube nesta temporada para atuar como coordenador técnico e trabalhar na categoria sub-23, fazendo a transição para o profissional.

 

ÚLTIMOS RESULTADOS

O CRB teve a pior campanha do último Brasileirão de Aspirantes, em sua estreia, somando apenas quatro dos 24 pontos disputados. A base do clube vem de títulos recentes e vice-campeoantos nos últimos anos, ficando com o bicampeonato alagoano sub-17 entre 2017 e 2018 e os vices sub-17 e sub-20 em 2019. Além disso, a categoria sub-20 chegou às semifinais da última Copa do Nordeste.

ESTREIA DEFINIDA

O CRB está no Grupo B da competição, ao lado de Avaí, Bahia, Coritiba, Fluminense, Fortaleza, Red Bull Bragantino e Santos. A equipe estreia no dia 10 de junho, quinta-feira, às 15h, diante do Figueirense, no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis.

Além do Furacão Catarinense, o time enfrentará, na sequência, Cuiabá, Juventude, Vitória, ponte Preta, Grêmio, Ceará e Corinthians.

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...