Loading...

ESPECIAL BRASILEIRÃO DE ASPIRANTES: Com elenco sub-20, Ponte Preta volta aos torneios de base

Na quarta matéria da série especial do DaBase.com.br sobre o Brasileirão de Aspirantes, um clube retorna aos cenários nacionais de base com um grupo jovem e comprometido. A Ponte Preta aposta no elenco sub-20 para retomar a marca de clube formador e vencedor.

Ponte Preta disputou Copa Paulista de 2020 com time sub-20. Foto: Divulgação/ Ponte Preta

A Macaca disputou o torneio nacional apenas em 2019, quando venceu dois jogos, perdeu seis e ficou na lanterna do Grupo B. Na época, o projeto contava com um elenco sub-23, reforçado por atletas de destaque no interior, da base e pouco aproveitados no grupo principal.

Já no ano de 2020, a Ponte sofreu com os efeitos da pandemia. Fora do Top 20 do Ranking de Clubes da CBF, a equipe não disputou os Brasileirões Sub-17 e Sinb-20, além de não disputar o Paulistão da categoria, realizado no fim do ano.

O clube encontrou na Copa Paulista uma oportunidade de por sua base em atividade. Com o time sub-20. a Macaca passou pela primeira fase, mas caiu nas oitavas, diante do São Bernardo. Com isso, alguns jovens foram revelados e aproveitados no elenco profissional em 2021, como o lateral Jean Carlos, o volante Léo Naldi e os atacantes João Veras e Pedrinho.

A importância das competições de base foi ressaltada pelo técnico Eduardo Abdo. Em entrevista exclusiva ao DaBase.com.br, ele ressaltou que a formação não depende dos jogos oficiais, mas que participar de um campeonato como o Brasileirão de Aspirantes será fundamental para o grupo.

“É realmente fundamental um clube da grandeza e da expressão como é a Ponte figurar entre os grandes formadores de talento do futebol brasileiro, e muito disso passa também pela disputa de competições de base. Claro que o trabalho para formar um atleta não se limita a disputar partidas, mas é fato que o clube perde força no processo de formação quando fica de fora das competições porque o ‘jogo oficial’ traz à tona muitas características boas e ruins que, no dia a dia de treinos, não ficam evidentes. Isso sem falar na vitrine, que o clube perde quando não disputa. Mas isso são águas passadas! O momento agora é de retomada, e vamos entregar nosso melhor no Brasileirão de Aspirantes”.

Ponte Preta fez apenas seis pontos no Brasileiro de Aspirantes em 2019. Foto: Alexandre de Jesus/ FPF TV

O treinador apontou que a Ponte entrará no torneio com um elenco forte, comprometido e que sonha em ingressar no elenco principal, colocando a formação de atletas como principal objetivo.

“Com certeza, podem esperar um time absolutamente comprometido e focado.. Temos aqui atletas maduros, com uma boa bagagem e com grande potencial para chegar à equipe profissional”, disse.

Se o elenco sub-20 não tem a experiência de um torneio sub-23 nacional, o técnico traz a vivência nacional e internacional nos gramados. Eduardo Abdo foi atacante e goleador em clubes brasileiros, na Turquia e na Sérvia. Revelado pelo Atlético-MG, ele vestiu as camisas de Athletico-PR, São Caetano e Joinville, até encerrar a carreira no Bragantino.

Fora do campo, Abdo trabalhou como auxiliar de Marcelo Oliveira e, após passar pela Ponte, foi contratado pelo clube para comandar a base em 2021.

Focado na preparação, a Macaca já disputou amistosos contra Cruzeiro e Atlético-MG e vem pensando não só no que pode ser feito dentro de campo, mas também fora, como destaca Abdo.

“Nós buscamos conscientizar nossos atletas de que a preparação não é feita apenas para um jogo ou uma competição específica. Um atleta é atleta 24 horas por dia, mesmo na folga. Isso envolve boa alimentação, qualidade do sono, treinamentos feitos com a mesma entrega de uma partida, estudar e conhecer a fundo nossos adversários… uma série de fatores que, no dia a dia, trabalhamos com os jogadores pra que eles possam ter uma postura diferenciada e que vai ser determinante para a carreira de cada um deles”, concluiu.

DESTAQUES

Thiago Lopes. Foto: Divulgação/ Ponte Preta

Thiago Lopes

O zagueiro Thiago Lopes é um dos nomes que integram o elenco principal no início desta temporada. O jogador de 19 anos não entrou em campo, mas foi relacionado para grande parte dos duelos do Paulistão. Ele fez sua estreia no time principal em 2020, ano em que fez parte do elenco sub-23 na Copa Paulista.

 

Anderson. Foto: Álvaro Júnior/ Ponte Preta

Anderson

Anderson é um dos jogadores que carrega a experiência de já ter disputado o Brasileirão de Aspirantes. O lateral-esquerdo de 20 anos foi titular dos oito jogos da Ponte em 2019, além de ter disputado a Copa Paulista. Ele passou por Rio Claro e União Barbarense no ano passado e fez um jogo do Paulistão nesta temporada.

 

Matheus Alisson. Foto: Diego Almeida/ Ponte Preta

Matheus Alisson

Novidade no elenco da Ponte Preta e elogiado pela comissão técnica do time principal, o atacante Matheus Alisson é uma das apostas da Macaca para 2021. O jogador de 19 anos foi campeão brasileiro sub-20 pelo Atlético-MG no ano passado e chegou a Campinas neste ano para integrar o elenco sub-20.

 

 

TÉCNICO

Eduardo Abdo. Foto: Reprodução/ Instagram

Eduardo Abdo

O técnico Eduardo Abdo terá sua primeira experiência solo em 2021. Dentro dos gramados, ele brilhou com a camisa do Atlético-MG e do São Caetano, além de passar por Athletico-PR, Bragantino, Turquia e Sérvia. O treinador foi auxiliar de Marcelo oliveira nas últimas temporadas e, após passar pela Ponte em 2020, foi contratado para a base.

 

ÚLTIMOS RESULTADOS

A base da Macaca esteve fora dos torneios nacionais de base em 2020, disputando apenas a Copa Paulista com o time sub-23. Nesta competição, o clube foi eliminado na primeira fase em 2019 e nas oitavas de final do ano passado. Além disso, o time disputou o Brasileirão de Aspirantes de 2019, caindo também na primeira fase, assim como nos Brasileirões Sub-17 e Sub-20 daquele ano.

ESTREIA DEFINIDA

A Ponte Preta está no Grupo A da competição, ao lado de Ceará, Corinthians, Cuiabá, Figueirense, Grêmio, Juventude e Vitória. A equipe estreia no dia 10 de junho, quinta-feira, às 15h, diante do Avaí, na Ressacada, em Florianópolis.

Além da Macaca, o time enfrentará, na sequência, Bahia, Red Bull Bragantino, Santos, CRB, Fortaleza, Fluminense e Coritiba.

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...