Loading...

Desfalques positivos: veja dez atletas que poderiam disputar a final do Brasileirão Sub-20, mas já estão no profissional

Atlético-MG e Athletico-PR iniciam a disputa do título do Brasileirão Sub-20 neste domingo (17), às 20h, no SESC Venda Nova, em Belo Horizonte. Duas das equipes mais fortes da categoria, mineiros e paranaenses vêm lidando com desfalques bem-vindos na temporada.

Khellven defende a Seleção Brasileira Sub-20. Foto: Divulgação/ Athletico

As boas campanhas no torneio são fruto de trabalhos bem desenvolvidos na base, que têm como objetivo principal a promoção de atletas ao profissional. Com isso, muitos jovens ainda com idade para o sub-20 já integram os elencos principais.

Nesse sentido, o DaBase.com.br listou dez atletas que poderiam disputar as finais da competição, mas já reforçam as equipes profissionais. Entre eles, estão titulares, opções importantes e promessas do futebol brasileiro, todos nascido antes de 2000.

Veja a lista abaixo:

Lucas Halter (Athletico-PR)

Lucas Halter está no elenco principal do Furacão desde 2019. Foto: Miguel Locatelli/ Athletico

A lista começa com uma das principais revelações da base rubro-negra. O zagueiro Lucas Halter subiu ao time profissional em 2019 após se destacar na Copa São Paulo e logo ganhou espaço. Foram 25 jogos na temporada – 21 como titular – e o título da Copa do Brasil. Em 2020, ele perdeu um pouco de espaço, mas já soma 20 jogos e dois gols Titular da Seleção Brasileira Sub-17 no Sul-Americano e Mundial de 2017, o defensor completou 20 anos no ano passado e poderia defender a equipe sub-20, pela qual não atua desde o começo de 2019.

Isaque (Atlético-MG)

Isaque vinha sendo titular da equipe sub-20 atleticana. Foto: Divulgação/ Atlético

Outro zagueiro da lista é Isaque, de 19 anos. O defensor, porém, ainda briga por espaço no elenco principal do Atlético-MG. Titular do time sub-20 em boa parte de 2019  mesmo aos 18 anos, o jovem começou a temporada como uma das referências da defesa atleticana, mas logo foi alçado ao time de transição. Ele ficou no banco de reservas em um jogo no Brasileirão, porém ainda não teve oportunidade de estrear.

Reinaldo (Athletico-PR)

Reinaldo iniciou temporada no time sub-20. Foto: Miguel Locatelli/ Athletico

Quem também começou a temporada como titular no time sub-20, mas foi promovido ao elenco principal é o atacante Reinaldo. O jogador de 19 anos chegou ao Athletico-PR no início do ano após ter feito 34 jogos pelo time principal do Criciúma, porém iniciou sua trajetória na base. Depois de seis jogos com a equipe sub-23 no Paranaense e outras seis partidas no Brasileirão Sub-20, com um gol marcado, ele subiu ao profissional, onde já soma onze jogos – sete como titular.

Calebe (Atlético-MG)

Calebe já fez sete jogos no Brasileirão. Foto: Pedro Souza/ Atlético

O meia Calebe também ganhou espaço no time principal do Atlético-MG como titular em 2020. O jogador de 20 anos chegou ao clube no fim de 2019 e brilhou na Copa São Paulo do ano passado, com quatro gols em seis jogos. Promovido ao elenco profissional, ele já somou sete partidas no Brasileirão – três desde os minutos iniciais. O jovem, no entanto, ainda pertence ao São Paulo e tem futuro indefinido no Alvinegro.

Christian (Athletico-PR)

Christian assumiu a titularidade do Furacão. Foto: Divulgação/ Athletico

Outro jogador de meio-campo que vem se destacando pelo time principal é Christian. O jovem de 20 anos, que já havia feito sete jogos com o time sub-23 do Athletico-PR no Paranaense de 2019 e outros duas partidas pela equipe profissional do Juventude, onde esteve por empréstimo, se firmou no Furacão em 2020. Promovido ao elenco principal no início do ano, ele já soma 36 partidas – 26 como titular – e cinco gols, sendo peça fundamental do time de Paulo Autuori.

Abner Vinícius (Athletico-PR)

Abner foi revelado pela Ponte Preta. Foto: Reprodução/ Instagram

Quem também é titular e peça importante no Athletico-PR é o lateral-esquerdo Abner Vinícius. O jogador de 20 anos, no entanto, nunca atuou pela base rubro-negra. Ele chegou ao clube no ano passado, após jogar treze vezes pela Ponte Preta e logo integrou o time profissional do Furacão. onde somou oito jogos na temporada passada e 39 partidas – 30 como titular – e um gol entre o ano passado e 2021.

Dylan Borrero (Atlético-MG)

Dylan Borrero chegou ao Atlético-MG no início de 2020. Foto: Bruno Cantini/ Atlético

O Atlético-MG também tem um jovem atleta que nunca atuou pelas categorias de base do clube, mas ainda com idade para defender o time sub-20. O meia Dylan Borrero, de 19 anos, chegou ao Galo no início do ano com a alcunha de’ joia colombiana’. Sem muito espaço, no entanto, ele nem sempre é relacionado para as partidas, soando nove jogos – quatro como titular – nesta temporada, além de passagens pela seleção do seu país.

Bruno Leite (Athletico-PR)

Bruno Leite foi um dos destaques do Furacão na Copa São Paulo. Foto: Fábio Wosniak/ Athletico

Assim como Dylan,, Bruno Leite  vem buscando mais minutos pelo time principal do Athletico-PR. O meia de 20 anos disputou duas partidas pela equipe sub-23 no Paranaense de 2019, mas voltou ao sub-20, onde entrou em campo seis vezes na Copa São Paulo do ano passado. Promovido definitivamente ao elenco profissional, o jovem tem sido relacionado para a maioria dos jogos do time e já atuou em sete partidas na temporada  – quatro no Paranaense, duas no Brasileirão e uma pela Libertadores.

Sávio (Atlético-MG)

Sávio estreou pelo profissional do Atlético-MG aos 16 anos. Foto: Pedro Souza/ Atlético

Uma das maiores promessas da base do Atlético-MG e do futebol brasileiro chamou tanto a atenção do técnico Jorge Sampaoli que pulou diretamente do time sub-17 para o elenco principal. O atacante Sávio, de apenas 16 anos, é o mais jovem da lista e um dos mais novos a entrar em campo no Brasileirão. Campeão sul-americano sub-15 com a Seleção Brasileira em 2019, ele foi promovido no meio do ano passado e vem sendo relacionado para alguns jogos da equipe profissional, somando seis partidas – duas como titular.

 Khellven (Athletico-PR)

Khellven defende a Seleção Brasileira Sub-20. Foto: Divulgação/ Athletico

Para fechar a lista, Khellven chega como uma das principais revelações da base rubro-negra. O lateral-direito de 19 anos chegou ao Athletico-PR em 2019 e logo ganhou espaço no time profissional, com 17 partidas – 15 como titular -, conquistando a Copa do Brasil. Nesta temporada, ele chegou a descer para disputar três partidas do Brasileirão Sub-20, mas foi mais utilizado na equipe principal, com 21 jogos, sendo doze como titular, além de ser convocado para a Seleção Brasileira Sub-20.

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...