Loading...

De virada, Figueirense bate Santos e consegue classificação improvável no Brasileirão de Aspirantes

O Figueirense superou o Santos e mais dois adversários diretos para avançar à segunda fase do Brasileirão de Aspirantes. A equipe virou e vencer por 3 a 1 na tarde desta quinta (05), no Estádio 1º de Maio, em São Bernardo do Campo, pela oitava e última rodada da primeira fase.

Figueirense contou com tropeços de Vitória e Juventude. Foto: Divulgação/ Figueirense

Com o resultado, o Furacão pulou para a quarta posição do Grupo A, com os mesmos nove pontos do quinto colocado Juventude, mas em vantagem pelo maior número de vitórias. Já o Peixe se despediu na sétima colocação do Grupo B, com dez pontos.

Na segunda fase, o Figueirense fará parte do Grupo C, ao lado de Grêmio, Corinthians e Ceará. As equipes se enfrentarão em turno e returno dentro da chave, com os dois primeiros colocados avançando às semifinais. A CBF ainda definirá as datas dos confrontos da próxima fase.

O jogo

Os dois times criaram boas chances de gol no início. Os visitantes assustaram em tentativa de bicicleta de Brener, cabeçada de David e arremate de fora, dando trabalho ao goleiro Matheus Saldanha. Já o Peixe desperdiçou duas boas oportunidades com Matheus Moraes e Rwsn.

Quem tirou o zero do marcador foram os donos da casa. Aos 25 minutos, Fernandinho aproveitou o contragolpe e completou cruzamento rasteiro da direita na pequena área.

Anderson Ceará teve a chance para ampliar em arremate da entrada da área, porém Felipe Mosquete espalmou. Os catarinenses responderam com gol, aos 43. Paolo recebeu na área e bateu cruzado, o goleiro deu rebote e Índio completou para deixar tudo igual.

O time paulista pressionou na volta do intervalo e criou várias chances para marcar. Lucas Pires ameaçou em dois chutes de fora da área e acertou o travessão em cruzamento perigoso. Anderson Ceará também mandou no poste em tentativa de fora e Rwan, em nova bola alçada na área, não alcançou.

O Furacão começou a reagir na metade final do segundo tempo. Depois de boas chegadas com Paolo  David, a equipe virou aos 32. Paolo tabelou com Vinícius pela esquerda e deixou para Brener completar para o fundo das redes.

O Santos tentou a reação e quase empatou em cabeçada defendida por Felipe Mosquete. Aos 44, porém, a equipe ficou com um a menos após Derick acertar a mão no rosto do adversário e levar o vermelho direto. Nos acréscimos, Natan arriscou de antes do meio-campo e encobriu o goleiro para marcar um golaço e selar a classificação.

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...