Loading...

CSP-PB encaminha saídas de jovens formados na base

Sem calendário até o ano que vem, o CSP abriu caminho para que cinco jovens formados na base do clube defendessem outras equipes do futebol brasileiro. São eles o goleiro João Paulo, o zagueiro Darlan, o lateral-direito João Victor, o volante Mandaca e o meia Ronald.

Darlan reforça o time principal do Primavera-SP. Foto: Wellington Faustino / CS

Em contato com o GE, o técnico e presidente do Conselho Deliberativo do clube paraibano, Josivaldo Alves, explicou a situação das negociações. O goleiro João Paulo, de 18 anos, já acertou sua transferência para o Vitória, onde vai defender a equipe sub-20. Darlan, de 19 anos, e João Victor, de 22, também já fecharam com seus novos clubes, o Primavera-SP, pelo qual disputarão o Paulistão A3 no time profissional.

Já Mandaca e Ronald ainda não têm futuro definido. O volante, de 18 anos, negocia sua ida ao Corinthians, mas depende do aval do ex-jogador Deco, que comanda a negociação. Ronald, de 17, tem conversas com o Bahia, porém ainda sem definições. Ambos chegariam para as equipes sub-20.

O quinteto disputou o Campeonato Paraibano deste ano, no qual o CSP foi rebaixado. Devido a isso e à falta de confirmação sobre a realização de torneios de base no estado em 2020, o clube poderá ficar sem calendário até o segundo semestre do ano que vem. Desse modo, ceder os jogadores seria uma vitrine para as categorias de base do Tigre.

O CSP foi campeão paraibano sub-19 em 2018, conquistando uma vaga nos torneios nacionais do ano passado. Apesar de eliminações nas primeiras fases da Copa São Paulo e da Copa do Brasil sub-20, a equipe se destacou na Copa do Nordeste sub-20. O Tigre avançou às semifinais, onde caiu nos pênaltis para o Vitória. Ronald, inclusive, foi o artilheiro do time com quatro gols.

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...