Loading...

Cruzeiro vira nos acréscimos, vence Bahia e cola no G-8 do Brasileirão Sub-20

O Cruzeiro buscou uma virada emocionante nos acréscimos e encostou ainda mais no G-8 do Brasileirão Sub-20. Com dois gols de Victor Diniz, a equipe bateu o Bahia, por 3 a 2, na tarde deste sábado (11), no CT Praia do Forte, em Mata de São João, pela 15ª rodada.

Cruzeiro segue fora do G-8, pelo numero de vitórias. Foto: Maurícia da Matta

Com o resultado, a Raposa assumiu a nona posição, com os mesmos 22 pontos do Vasco, mas fora do G-8 pelo número de vitórias. Já o Tricolor segue em 18º, com onze pontos.

As duas equipes voltam a campo pela 16ª rodada do Brasileirão Sub-20 no próximo domingo (19), às 15h. O Bahia visita o Flamengo na Gávea, Rio de Janeiro, e o Cruzeiro recebe o Fluminense na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas.

Antes, ambos os times têm compromissos pelos seus respectivos Estaduais.  Na quarta (15), às 10h, o Cruzeiro recebe o Pouso Alegre na Arena Vera Cruz, em Betim, pelo duelo de volta das quartas de final do Mineiro Sub-20. Na quinta (16), às 15h15, o Bahia pega o Vitória no Estádio Joia da Princesa, em Feira de Santana, pelo jogo de ida da final do Baiano Sub-20.

O jogo

O duelo começou agitado. Logo aos seis minutos, Thayllon foi lançado pela direita e cruzou para William, que apareceu na segunda trave e completou para colocar os donos da casa em vantagem. Mas na saída de bola, Igor Lemos recebeu lançamento de Breno, tirou do goleiro e mandou para o fundo das redes, deixando tudo igual.

Os dois times seguiram trocando boas chances durante a etapa inicial. Pelo lado baiano, William e Thayllon  acertaram a rede pelo lado de fora, Luan obrigou o goleiro Denivys a fazer grande defesa e Felipe Radaelli carimbou a trave. Do lado celeste, Vitor Leque também acertou a trave, Igor Lemos levou perigo e Matheus Lins cortou cruzamento na pequena área.

O início do segundo tempo seguiu movimentado. Denivys espalmou cobrança de falta de Felipe Radaelli, enquanto Breno e Ageu deram trabalho para Breno em chutes cruzados.

Aos 26, o Tricolor retomou a vantagem no marcador. Rander recebeu na entrada da área, se livrou do goleiro e tocou para as redes. Choco, de muito longe, quase ampliou pouco depois.

A resposta cruzeirense foi mais uma vez rápida. Aos 33, Victor Diniz aproveitou sobra na entrada da área e bateu forte, sem chances para o goleiro. Nos acréscimos, Riquelmo recebeu passe em profundidade e foi derrubado por Breno na área. Pênalti que Victor Diniz cobrou para virar o duelo. No último lance, o Bahia quase empatou em arremate cruzado.

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...