Loading...

Cruzeiro marca no início, vence e quebra invencibilidade do São Paulo no Brasileirão Sub-20

O Cruzeiro encerrou a invencibilidade do líder São Paulo no Brasileirão Sub-20. Jogado fora de casa, no Estádio Marcelo Portugal, em Cotia, na tarde deste sábado (07), a equipe marcou no início e venceu por 1 a 0, pela décima rodada.

Cruzeiro conquistou terceira vitória no torneio. Foto: Anderson Rodrigues/ saopaulofc.net

Com o resultado,  o Tricolor manteve a liderança, com 23 pontos, três a mais que o Athletico-PR, vice-líder. Já a Raposa subiu para a 13ª posição, com doze pontos.

As duas equipes voltam a campo pela 11ª rodada do torneio no próximo domingo (15), às 15h. O São Paulo visita o Fortaleza no CT Ribamar Bezerra, em Maracanaú, e o Cruzeiro recebe o Ceará na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas.

Antes, ambos os times têm compromissos pelos seus respectivos estaduais. O Cruzeiro visita o Pouso Alegre na quarta (11), às 15h, no Manduzão, em Pouso Alegre, pelo duelo de ida das quartas de final do Mineiro Sub-20. Já o São Paulo pega o SC Brasil também na quarta (11), às 15h, no Estádio Hermínio Esposito, em Embu das Artes, pela segunda rodada do Paulistão Sub-20.

O jogo 

Os visitantes definiram a partida logo no primeiro minuto. Após Denivys defender o chute de Pedrinho, o goleiro ligou o contragolpe. Igor Lemos recebeu na frente e passou para Queiroz, que avançou pela direita e bateu colocado.

Os donos da casa foram para cima em busca da reação. Logo no lance seguinte, Denzel ganhou do zagueiro e saiu na cara do gol, mas parou em Denivys. Léo também ameaçou em chute de fora da área, próximo à trave. Já no fim do primeiro tempo, Pedrinho cobrou falta e o arqueiro celeste fez mais uma boa defesa.

A Raposa conseguiu assustar na volta do intervalo. Vitor Leque, em rápida troca de passes pela direita, arrematou e parou no goleiro Felipe. O time são-paulino tentou pressionar, porém parou na forte marcação cruzeirense e pouco criou.

Já na reta final de partida, os mineiros levaram perigo em mais duas tentativas. Pedro Nardoci cobrou falta com perigo e quase enganou Felipe. Depois, Riquelmo chutou forte, raspando a trave.

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...