Loading...

Cruzeiro faz mudanças nas comissões técnicas das categorias de base

As categorias de base do Cruzeiro passaram por mudanças nas comissões técnicas de todas as equipes nessa quarta (16). O clube anunciou a promoção de todos os técnicos às categorias superiores.

Treinadores ganharam novas equipes. Foto: Gustavo Aleixo/ Cruzeiro

As alterações foram provocadas pela saída de Rogério Micale, que comandava o time sub-20. Ele deixou o clube após a diretoria optar por Ney Franco para assumir a equipe profissional, deixando ele na base.

Para o lugar de Micale, a Raposa já havia anunciado Gilberto Fonseca, então comandante do time sub-17. Ele dirigirá a equipe no Brasileirão, no qual o Cruzeiro estreia no dia 23, às 15h, contra o Vasco, em Belo Horizonte.

A posição de Fonseca será ocupada por Fábio Brostel, que comandava o sub-15 celeste. Ele dirigirá o time juvenil na sequência do Brasileirão, que retorna em 11 de outubro, e na Copa do Brasil, que começa em novembro.

Com isso, o treinador do sub-13, Fabrício Nazaré, será o novo técnico do time infantil. Encerrando as promoções, Samuel do Carmo assume o cargo de técnico do sub-13. Ele treinava os atletas de intercâmbio.

Outras alterações promovidas foram na função de Leandro Guerreiro, ex-jogador da Raposa, que comandava o time sub-14. Ele será auxiliar técnico de Gilberto Fonseca no sub-20. Para o seu lugar, o clube já havia anunciado a contratação de Wendel, outro ex-volante celeste.

Gustavo Ferreira, diretor das categorias de base do clube mineiro, comentou sobre as mudanças em entrevista ao site oficial do Cruzeiro.

“Esta nova gestão busca valorizar, premiar e reconhecer o esforço, a dedicação e a competência dos colaboradores que estão no Clube. O processo de formação envolve não só os atletas, mas também os treinadores, preparadores físicos e treinadores de goleiros. Então, o Clube está formando grandes profissionais também. Em razão disso, tomamos esta medida inédita de promover todos os nossos treinadores, oportunizando todos eles na categoria de cima”

Ele também valorizou a identificação dos profissionais com o Cruzeiro.

“Estamos valorizando também profissionais que tem uma identificação e ligação com o Clube. Sou ex-atleta da base, cujo pai foi preparador físico do Cruzeiro em 1981, e além de mim temos o Leandro Guerreiro como ex-atleta do Clube, o Fábio Brostel que também passou pela nossa base, e o Wendel, que defendeu o nosso time profissional.  Fora estes nomes, contamos com a presença do Dirceu Lopes, Careca, Gilmar Francisco e de vários outros ex-atletas que vestiram esta camisa e que querem trabalhar verdadeiramente para o sucesso do Clube”, finalizou.

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...