Loading...

Corinthians vence Santos e mantém perseguição ao G-8 do Brasileirão Sub-20

O Corinthians segue lutando por uma vaga nas quartas de final do Brasileirão Sub-20. A equipe levou a melhor sobre o Santos e venceu o lanterna por 3 a 1, na tarde desse domingo (19), no Parque São Jorge, em São Paulo, pela 16ª rodada.

Keven, Cauê e Felipe Augusto marcaram. Foto: Anderson Rodrigues/ Corinthians

Com o resultado, o Timãozinho ficou na 13ª posição, com 22 pontos, a três do G-8. Já o Peixe é o lanterna, com dez pontos.

As duas equipes voltam a campo pela 17ª rodada do Brasileirão Sub-20 no próximo fim de semana. No sábado (25), às 15h, o Corinthians visita a Chapecoense na Arena Condá, em Chapecó. No domingo (26), às 15h, o Santos recebe o Flamengo no CT Rei Pelé, em Santos.

Antes, ambos os times têm compromissos pela oitava rodada do Paulistão Sub-20. Na quarta (22), às 15h, o Corinthians pega o Juventus no Parque São Jorge, em São Paulo. Na quinta (23), às 15h, o Santos recebe o São Caetano no CT Rei Pelé, em Santos.

O jogo

Os donos da casa começaram a partida em cima. Após cruzamento de Léo Mana, Keven bateu para fora logo no primeiro minuto. Aos dez, em jogada semelhante, o camisa 7 foi preciso para abrir o placar. Ele recebeu de Giovane fora da área e finalizou cruzado, no canto.

O Peixe, que só havia assustado em arremate de longe, chegou ao empate aos 29 minutos, quando a arbitragem assinalou pênalti em toque de mão na entrada da área. Rwan cobrou e deixou tudo igual.

O Timãozinho voltou ao ataque e retomou a vantagem aos 40. Breno fez grande defesa após cobrança de falta desviada na área, mas não impediu que Cauê completasse no rebote. Pouco depois, o goleiro santista trabalhou mais uma vez, em falta direta cobrada por Reginaldo.

O Santos foi o primeiro a assustar na etapa final, em bate-rebate na área que Cadu acertou no travessão. Depois, o Corinthians ameaçou em chutes de fora da área, principalmente nos pés de Riquelme e Keven, que deram trabalho a Breno.

Os Meninos da Vila não conseguiram embalar uma reação e viram os Filhos do Terrão matarem o jogo aos 44. Léo Mana foi acionado pela direita e cruzou, a defesa afastou mal e a bola sobrou para Felipe Augusto completar.

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...