Loading...

Coordenador Técnico do Cruzeiro-RS fala da expectativa pela Copa do Brasil Sub-17

Em declaração exclusiva para o DaBase, Maurício Rocha, Coordenador Técnico das Categorias de Base do E.C. Cruzeiro, de Cachoeirinha, no Rio Grande do Sul, falou da expectativa para participar pela primeira vez da Copa do Brasil Sub-17, por ter conquistado o Campeonato Estadual da categoria no ano passado.

Maurício Rocha é dirigente no Cruzeiro-RS (Foto: Arquivo pessoal)

“Em 2019 fomos campeões gaúchos sub-17 tendo vencido o G.E. Brasil de Pelotas, no Bento Freitas, por 3 a 1, e empatado o jogo de volta na Arena Cruzeiro por 1 a 1. Com este título, conquistamos a vaga para a disputa da Copa do Brasil Sub-17 de 2020, organizada pela CBF. Esta vai ser a primeira competição nacional que o clube vai disputar com as categorias de base. Infelizmente devido à Covid-19 estamos desde o fim de março sem atividades no clube e no aguardo da prefeitura e do governo do Estado para o retorno das atividades. Esperamos que possamos retornar ao convívio com os atletas e retornar a rotina de treinos e jogos o mais rápido possível”.

O dirigente aproveitou para fazer um comentário em forma de agradecimento ao treinador da equipe, Leandro Nunes:

“Nosso treinador do time campeão estadual juvenil, Leandro Nunes, era o capitão do clube na campanha do título e acesso dos profissionais em 2010. Posso dizer então que ele contribuiu muito para a história recente do clube”.

Cabe lembrar que o Esporte Clube Cruzeiro é um clube que tem 106 anos de história. Nos profissionais, foi campeão gaúcho em 1929, da Divisão de Acesso em 2010 e recentemente disputou a elite gaúcha de 2011 a 2018. No dia 13 de março de 2019 inaugurou a Arena Cruzeiro, que quando estiver totalmente finalizada, terá capacidade para 16 mil pessoas (hoje cabem quatro mil). Na base, as categorias sub-15 e sub-17 disputam o Campeonato Gaúcho e do sub-10 ao sub-14 participam sempre de três competições ao longo do ano (Noligafi, Inovação e Sulicampe).

Por fim, Maurício Rocha explicou detalhadamente a questão da mudança recente de sede do “Leão da Montanha”:

“O Cruzeiro utilizava o Estádio Estrelão, em Porto Alegre, para treinos e disputar os seus jogos. Com a venda do terreno e início das obras em Cachoeirinha, cidade da região metropolitana, utilizou por três anos o estádio do Clube Atlético Cerâmica, em Gravataí, na mesma região. Em 2019, com a inauguração da Arena Cruzeiro, as rádios, os jornais e os programas esportivos de televisão enfim reconheceram que o clube saiu da capital e passou a ser de Cachoeirinha. A prefeitura e os habitantes de Cachoeirinha sempre apoiaram o clube, especialmente após a inauguração da Arena, mas a campanha do juvenil que principalmente nos jogos eliminatórios teve sempre muita torcida, serviu ainda mais para aproximar o clube da nova cidade (na final contra o Brasil, duas mil pessoas compareceram para incentivar a equipe e após o apito final houve uma linda festa de premiação com direito a invasão de campo da torcida).

Deixe sua opinião

É futebol de base? Então nada escapa dos meus olhos, seja no Brasil ou no exterior.
Loading...