Loading...

Confira um resumo do Carioca Sub-20 após a fase semifinal da Taça Guanabara

Nesta quarta-feira (28) foram realizadas as partidas únicas da fase semifinal da Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca Sub-20. Nos dois jogos realizados foram marcados, ao todo, dez gols, média exata de cinco por partida, com um triunfo dos mandantes e um empate.

Final da Taça GB será entre Botafogo e Flamengo (Foto: Ferj)

No geral, agora são 58 partidas, com 29 triunfos dos times da casa, 16 dos que atuaram fora e 13 empates, com 160 gols marcados ao todo, média de 2,75 (coube a Vitor, do Resende, ser o autor do centésimo gol da competição).

Com a derrota do America, não há mais invicto na competição. Já o Flamengo passou a ser o dono da melhor campanha, com sete vitórias e uma derrota no geral, ultrapassando o Botafogo, outro finalista, que tem seis vitórias, um empate e uma derrota.

Com 23 gols marcados, o Botafogo é o dono do melhor ataque, cinco a mais que o Flamengo. O pior é o da Cabofriense, que estufou as redes adversárias apenas três vezes, uma a menos que Macaé e Goytacaz. Já a defesa menos vazada é a do Flamengo, que sofreu três gols somente, três a menos que Madureira, Vasco da Gama e Volta Redonda. A pior pertence a Cabofriense, Boavista e Macaé, que já levaram 14, um a mais que o Goytacaz.

Rhuan (Bota) e Lucas Silva (Fla) assumiram o topo da artilharia junto com Caju (America), que passou em branco. Além disso, o jogador flamenguista é o primeiro a fazer quatro gols em uma única partida na atual edição do Carioca Sub-20.

Resultados:

Flamengo 8 x 0 America (José Bastos Padilha) e Botafogo 1 x 1 Vasco da Gama (CEFAT). Os mandantes jogavam pelo empate para serem finalistas.

A decisão do título, entre Botafogo e Flamengo, terá mando de campo botafoguense, conforme sorteio realizado na sede da Ferj e previsto no regulamento. No entanto, local, data e hora ainda não foram definidos pela entidade.

Artilharia:

5 gols = Caju (America), Rhuan (Botafogo) e Lucas Silva (Flamengo).
4 gols = Marquinhos (Boavista), Luan (Botafogo), Lucas (Fluminense), Vitor Félix (Nova Iguaçu) e Vitor (Resende);
3 gols = Carrera (Bangu), Capixaba (Bonsucesso), Luiz Henrique (Flamengo), Alex (Fluminense), Giovane (Nova Iguaçu) e Hugo Borges e Lucas Santos (Vasco);
2 gols = Alfinete e Bazezi (America), Ramon (Bangu), Luiz Fernando e Hugo (Boavista), Robson e Juninho (Bonsucesso), Pedro, Marcão, Gabriel, Mateus Jorge e Matheus Bastos (Botafogo), Michael e Vitor Gabriel (Flamengo), Ramon (Macaé), Rickson e Bernardo (Madureira), Léo Reis, Dudu e Lucas Pederzoli (Vasco) e Roger (Volta Redonda);
1 gol = Catarata, Matheus, Michel e Knupp (America), Kaká, Nathan e Lucas Leonardo (Bangu), Pequeno, Léo
Franco e Bazuca (Bonsucesso), Rickson, Caetano, Wenderson e Rodrigo (Botafogo), Iury, Rodriguinho e Vitor (Cabofriense), Wendel, Henrique, Vitor Ricardo, Théo, Yuri e Marx Lenin (Flamengo), Cesar, Leandro Spadacio, Pedrinho, Wisney, Samuel, Patrick Luan, Leandro e Diogo (Fluminense), Balotelli, Portugal, Welington e Pepeu (Goytacaz), Mateus Cruz e João Paulo (Macaé), Ian Oliveira, Ian e Denilson (Madureira), Ronald, Formiga, Juan e Wellington (Nova Iguaçu), Gleison, Balotele, Janderson, Andrezinho, Pedro e Surfista (Portuguesa), Kaique, Adriano, Luiz e Joanderson (Resende), Miranda e Marrony (Vasco) e Davi, Matheus Oliveira, Bam Bam, Joarley, Gabriel e Valter (Volta Redonda).

Deixe sua opinião

Loading...