Loading...

Confira o Guia DaBase do Brasileirão Sub-20

A sétima edição do Brasileirão Sub-20 começa nesta quinta (24) com a promessa de revelar as próximas gerações do futebol brasileiro. Com 20 clubes e o mesmo formato dos últimos anos, o torneio chega consolidado como a principal competição de base do país.

Brasileirão Sub-20 trará os 20 principais clubes do país. Foto: DaBase

O campeonato estava inicialmente previsto para começar em maio, mas as consequências da pandemia provocaram o adiamento. Com as mudanças, a divisão de datas ficou da seguinte forma:

Primeira Fase: de 24 de junho a 10 de outubro

Quartas de Final: 17 e 24 de outubro

Semifinais: 31 de outubro e 07 de novembro

Finais: 14 e 21 de novembro

FORMATO DE DISPUTA

O Brasileirão Sub-20 seguirá o mesmo formato das duas últimas edições. Os 20 melhores clubes no Ranking da CBF foram convidados e se enfrentarão em turno único, totalizando 19 rodadas. Ao fim da primeira fase, os oito primeiros colocados avançam às quartas de final.

No mata-mata, os duelos serão disputados em jogos de ida e volta. Em caso de empate no placar agregado, a decisão vai para os pênaltis. Os times de melhor campanha decidirão a classificação em casa.

HISTÓRICO 

Essa será a sétima edição do torneio sob a tutela da CBF. Antes, o Brasileirão Sub-20 era organizado pela Federação Gaúcha de Futebol (FGF). Foram nove campeonatos disputados, com três títulos para o Cruzeiro, dois para Internacional e Grêmio e um para América-MG e Corinthians.

Desde 2015, a competição contou com a chancela da CBF, mudando seu formato e participantes, sem a repetição de campeões. Venceram o torneio: Fluminense (2015), Botafogo (2016), Cruzeiro (2017), Palmeiras (2018), Flamengo (2019) e Atlético-MG (2020).

No ano passado, o Brasileirão Sub-20 sofreu com a pandemia e só teve início em setembro, com final disputada em janeiro de 2021. O Atlético-NG, líder da primeira fase, ficou com o título após eliminar Palmeiras nas quartas, Corinthians, nos pênaltis, nas semifinais, e Athletico-PR, na decisão, também nas penalidades.

TABELA DA 1ª RODADA

Quinta (24)

15h: Flamengo x América-MG (Gávea, Rio de Janeiro)

Sábado (26)

10h: Vasco x Chapecoense (Estádio Nivaldo Pereira, Nova Iguaçu)

15h: Corinthians x Internacional (Parque São Jorge, São Paulo)

16h: Bahia x Fluminense (Estádio Joia da Princesa, Feira de Santana)

Domingo (27)

15h: Sport x Santos (Arena Pernambuco, São Lourenço da Mata)

15h: Grêmio x Botafogo (CT Hélio Dourado, Eldorado do Sul)

15h: Atlético-GO x Palmeiras (CT do Dragão, Goiânia)

15h: Ceará x Atlético-MG (Cidade Vozão, Itaitinga)

15h: Cruzeiro x Fortaleza (SESC Venda Nova, Belo Horizonte)

16h: São Paulo x Athletico-PR (Estádio Marcelo Portugal, Cotia)

Confira o guia completo abaixo:

AMÉRICA-MG

Destaque: Carlos Alberto, atacante, 19 anos

Técnico: William Batista

Histórico: O Coelhãozinho disputou as duas últimas edições do torneio, ficando na nona posição em 2019 e em 15º em 2020.

Retrospecto: Além do Brasileirão, a equipe disputou somente a Copa São Paulo em 2020, quando parou na primeira fase. No ano anterior, o América caiu nas quartas do Mineiro e na terceira fase da Copa São Paulo.

Momento: O time sub-20 americano está 100% na temporada. A equipe venceu os cinco jogos que fez pelo Mineiro, com 16 gols marcados e dois sofridos.

ATHLETICO-PR

Destaque: Iago, atacante, 19 anos

Técnico: Bernardo Franco

Histórico: O Furacão disputou todas as edições do torneio. Após cair na primeira fase em 2015 e 2016, o clube chegou às semifinais de 2017, mas voltou a parar na primeira fase em 2018 e 2019. No ano passado, a equipe foi vice-campeã.

Retrospecto: Além do Brasileirão, o time disputou apenas a Copa São Paulo no ano passado, parando nas quartas de final. Em 2019, o Athletico não passou da terceira fase da Copinha e da segunda fase do Paranaense Sub-19.

Momento: O sub-20 atleticano fará a sua estreia nesta temporada.

ATLÉTICO-GO

Destaque: Yan Maranhão, atacante, 18 anos

Técnico:  Raphael Miranda

Histórico: O Dragão disputou apenas a edição de 2018, caindo na primeira fase, com dois empates e duas derrotas.

Retrospecto: O clube parou na primeira fase da Copa São Paulo em 2020, mas se recuperou com o título estadual no fim da temporada. No ano anterior, a equipe não chegou às finais dos torneios estaduais e caiu na terceira fase da Copinha.

Momento: O sub-20 atleticano disputou a Copa do Brasil da categoria, mas caiu logo na primeira fase, perdendo para o São Raimundo-RR nos pênaltis.

ATLÉTICO-MG

Destaque: Felipe Felício, atacante, 18 anos.

Técnico: Marcos Valadares.

Histórico: O Galinho disputou todas as edições do torneio, mas caiu na primeira fase de 2015 a 2018. Após parar nas quartas de final em 2019, a equipe conquistou o título da edição 2020.

Retrospecto: O clube foi semifinalista da Copa do Brasil e vice-campeão da Supercopa do ano passado, além de ser a atual campeão mineira, conquistado em 2019. Na Copa São Paulo, são duas eliminações nas oitavas de final.

Momento: O sub-20 atleticano vem de duas competições nesta temporada. Na Copa do Brasil, o time caiu diante do Coritiba, nas quartas de final; no Mineiro, são cinco vitórias e um empate, liderando o Grupo A do estadual.

BAHIA

Destaque: Gregory, meia, 20 anos

Técnico: Eduardo Guadagnucci.

Histórico: O Tricolor de Aço estreou com um terceiro lugar em 2015, mas caiu na primeira fase do ano seguinte e ficou fora das edições 2017 e 2018. Nas duas últimas temporadas, o clube também parou na primeira fase.

Retrospecto: Atual bicampeão baiano (2018 e 2019), o time foi vice-campeão da Copa do Brasil do ano passado, após cair na primeira fase do torneio em 2019. Na Copa São Paulo, são duas eliminações precoces, na primeira fase de 2019 e na segunda em 2020, bem como as quedas na primeira fase da Copa do Nordeste.

Momento: O sub-20 tricolor parou nas oitavas de final da Copa do Brasil deste ano, caindo diante do Coritiba. Além disso, a equipe disputou duas rodadas do Estadual, goleando a UNIRB por 4 a 0 na estreia e batendo o Barcelona por 1 a 0.

BOTAFOGO

Destaque: Juninho, meia, 19 anos

Técnico: Ricardo Resende

Histórico: Após cair na primeira fase em 2015, o Alvinegro foi campeão em 2016. Depois, o clube chegou à segunda fase em 2017 e caiu na primeira fase nas últimas três edições.

Retrospecto: Atual vice-campeão carioca, o clube vem de quedas na segunda fase da Copa São Paulo de 2020 e nas oitavas em 2019.

Momento: O sub-20 botafoguense vem de calendário cheio nesta temporada. Na Copa do Brasil, a equipe chegou à decisão, mas ficou com o vice-campeoanto. No Carioca, são uma vitória, um empate e duas derrotas.

CEARÁ

Destaque: Pedro Igor, atacante, 19 anos

Técnico: Juca Antonello

Histórico: O Vozão participou da primeira e da última edição do torneio, caindo na primeira fase em ambas.

Retrospecto: O clube foi campeão cearense da categoria em 2019, ano em que foi vice da Copa do Nordeste e não passou da primeira fase da Copa São Paulo. No ano passado, foram eliminações na segunda fase da Copinha e da Copa do Brasil, nas semifinais do Estadual e nas quartas da Copa do Nordeste.

Momento: O sub-20 alvinegro fará a sua estreia nesta temporada.

Juca Antonello. Foto: Reprodução/ Instagram

CHAPECOENSE

Destaque: Tiago, zagueiro, 17 anos

Técnico: Filipe Mattos

Histórico: Fora das duas primeiras edições, a Chape chegou à segunda fase em sua estreia, no ano de 2017, mas caiu na primeira fase nas três últimas temporadas.

Retrospecto: O clube foi vice-campeão catarinense em 2019 e caiu na segunda fase da Copa do Brasil. Na Copa São Paulo, são eliminações na primeira fase de 2019 e na terceira fase do ano passado.

Momento: O sub-20 condá fará a sua estreia nesta temporada.

CORINTHIANS

Destaque: Reginaldo, lateral-esquerdo, 19 anos

Técnico: Tarcísio Pugliese

Histórico: Eliminado na primeira fase em 2015 e 2017, o Timãozinho foi vice-campeão em 2016, chegou à segunda fase de 2018 e às semifinais nos dois últimos anos.

Retrospecto: O clube vem de duas quedas consecutivas nas semifinais da Copa São Paulo, além de parar nas quartas do Paulistão de 2019 e ser vice-campeão no ano passado.

Momento: O sub-20 corintiano vem de um vexame na Copa do Brasil, caindo na primeira fase, para o União ABC-MS.

CRUZEIRO

Destaque: Daniel Jr., atacante, 19 anos

Técnico:  Paulo Ricardo

Histórico: Eliminada na primeira fase em 2016, 2018 e 2020, a Raposa chegou à segunda fase em 2015, às quartas de final em 2019 e foi campeã no ano de 2017.

Retrospecto: Em 2019, o clube chegou às quartas de final da Copa São Paulo, às semifinais do Mineiro e foi vice-campeão da Copa do Brasil. Já no ano passado, a equipe parou na terceira fase da Copinha.

Momento: O sub-20 cruzeirense vem de quatro vitórias e dois empates no Mineiro, liderando o Grupo C da competição.

FLAMENGO

Destaque: Lázaro, atacante, 19 anos.

Técnico: Maurício Souza.

Histórico: Campeão em 2019, o Rubro-Negro havia sido eliminado na primeira fase em 2016 e 2017, na segunda fase em 2018 e nas semifinais em 2015. No ano passado, a equipe voltou a parar nas semifinais.

Retrospecto:  O clube foi bicampeão carioca em 2018 e 2019, mas não conseguiu chegar às finais no ano passado. Na Copa do Brasil, são quedas nas semifinais de 2019 e nas oitavas do ano passado, assim como a eliminação na segunda fase da Copa São Paulo de 2019. No ano passado, o time não disputou o torneio.

Momento: O sub-20 flamenguista é o vice-líder do Carioca, com cinco vitórias e uma derrota, somando 20 gols marcados e três sofridos.

FLUMINENSE

Destaque: Gabryel Martins, atacante, 19 anos

Técnico: Eduardo Oliveira.

Histórico: O Tricolor foi campeão da primeira edição, em 2015, e chegou à segunda fase nas três edições seguintes. Nos dois últimos anos, a equipe parou nas quartas de final.

Retrospecto: O clube não chegou às finais do Carioca nas duas últimas edições, além de ter caído na terceira fase da Copa São Paulo em 2019 e na segunda no ano passado.

Momento: O sub-20 tricolor lidera o Carioca, com cinco vitórias e dois empates, treze gols marcados e três sofridos.

FORTALEZA

Destaque: Rodrigo Sabará, lateral-direito, 20 anos

Técnico: Marconne Montenegro

Histórico: O Tricolor do Pici fará a sua estreia na competição.

Retrospecto: O clube foi vice-campeão cearense nos últimos três anos e da Copa do Nordeste do ano passado, além de cair na segunda fase da Copa São Paulo de 2019 e na primeira da Copa do Nordeste de 2019 e da Copinha de 2020.

Momento: O sub-20 tricolor fará a sua estreia na temporada.

GRÊMIO

Destaque: Léo Fenga, atacante, 19 anos

Técnico: César Lopes.

Histórico: O Tricolor caiu na primeira fase em 2015, 2018 e 2019 e chegou à segunda fase nos anos de 2016 e 2017. No ano passado, o time caiu nas quartas de final.

Retrospecto: O sub-20 tricolor é o atual campeão da Copa Ipiranga, disputada em 2019, e o vice-campeão da Copa São Paulo, realizada em 2020, além de ter chegado às quartas da Copinha de 2019.

Momento: O sub-20 tricolor fará a sua estreia nesta temporada.

INTERNACIONAL

Destaque: Vinícius Tobias, lateral-direito, 17 anos

Técnico: Fábio Matias.

Histórico: O Colorado só passou da primeira fase em 2016 e 2018, caindo na segunda fase. Em 2015, 2017, 2019 e 2020, o time não avançou.

Retrospecto: Atual tricampeão gaúcho, o clube conquistou a Copa São Paulo de 2020 após cair na terceira fase no ano anterior. A equipe também chegou às quartas de final da Copa do Brasil de 2019 e 2020.

Momento: O sub-20 colorado chegou às semifinais da Copa do Brasil deste ano e fechou o torneio com o melhor ataque, marcando, 24 gols.

PALMEIRAS

Destaque: Gabriel Silva, atacante, 19 anos

Técnico: Wesley Carvalho.

Histórico: O Verdão caiu na primeira fase em 2016 e 2017 e chegou à segunda fase em 2015, Após conquistar o título em 2018 e ser vice em 2019, o time parou nas quartas de final no ano passado.

Retrospecto: O clube é o atual tetracampeão paulista, mas vem de quedas precoces na Copa São Paulo: oitavas em 2019 e terceira fase em 2020. Além disso, a equipe conquistou a Copa do Brasil de 2019 e chegou às semifinais no ano passado.

Momento: O sub-20 palmeirense caiu nas quartas de final da Copa do Brasil deste ano, diante do Avaí.

SANTOS

Destaque: Weslley Patati, atacante, 17 anos

Técnico: Aarão Alves

Histórico: O Peixe nunca avançou de fase no torneio, fechando a edição de 2020 apenas na 18ª posição.

Retrospecto: O clube vem de eliminações na primeira fase da Copa São Paulo em 2019 e na segunda fase no ano passado. No Paulistão, a equipe parou nas quartas em 2019 e nas semifinais em 2020.

Momento: O sub-20 santista fará a sua estreia nesta temporada.

SÃO PAULO

Destaque: Marquinhos, atacante, 18 anos

Técnico: Alex

Histórico: O Tricolor caiu na primeira fase em 2015 e 2018 e na segunda fase em 2016. Suas melhores campanhas foram as quartas de final em 2019 e 2020 e as semifinais de 2017.

Retrospecto: O clube conquistou a Copa São Paulo em 2019 e caiu nas quartas de final no ano passado, mesma fase em que parou na Copa do Brasil de 2020. No Paulistão, o time vem de eliminações nas semifinais, em 2019 e nas oitavas, em 2020.

Momento: O sub-20 são-paulino fará a sua estreia nesta temporada.

SPORT 

Destaque: Mateus, atacante, 19 anos

Técnico: Ricardo Severo

Histórico: O Leão caiu na primeira fase em todas as edições do torneio, fechando o ano de 2020 com sua melhor campanha, na 12ª posição.

Retrospecto: Campeão pernambucano em 2019, o clube não chegou às finais do Estadual em 2020. Além disso, a equipe chegou às semifinais da Copa do Nordeste de 2019 e às quartas de 2020 , às oitavas da Copa do Brasil de 2019 e vem de duas eliminações na segunda fase da Copa São Paulo nos últimos anos.

Momento: O sub-20 rubro-negro fará a sua estreia nesta temporada.

VASCO 

Destaque: Caio Eduardo, meia, 18 anos

Técnico: Diego Siston

Histórico: O Cruzmaltino caiu na primeira fase em 2016, 2017 e 2020, chegou à segunda fase em 2015 e 2018 e às semifinais no ano de 2019.

Retrospecto: Atual campeão da Copa do Brasil, da Supercopa e do Carioca, o clube vem de boas campanhas, sendo vice-campeão da Copa São Paulo em 2019 e parando nas quartas em 2020, além de ter ficado com o vice estadual e da Copa Ipiranga e parado nas semifinais da Copa do Brasil em 2019

Momento: O sub-20 vascaíno chegou às quartas de final da Copa do Brasil e ocupa a terceira posição no Carioca, com três vitórias e três empates, nove gols marcados e um sofrido.

 

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...