Loading...

Confira o Guia DaBase da Copa do Brasil Sub-20

O calendário do futebol de base de 2021 terá seu pontapé inicial nesta quarta (10). A Copa do Brasil Sub-20 será a primeira competição da temporada e colocará 32 clubes em busca do título da nona edição do torneio.

32 clubes disputam a nona edição do torneio. Foto: DaBase

Mesmo em meio a um grave momento da pandemia no país, a CBF manteve a realização do campeonato e fez modificações na tabela devido às restrições municipais e estaduais. Serão 16 jogos a partir desta quarta até a próxima terça (16). Confira a tabela da primeira fase:

Quarta (10)

15h: Vasco x Planaltina (São Januário, Rio de Janeiro)

15h: Botafogo x Castelo (Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro)

16h: Nacional-AM x São José-RS (Estádio Ismael Benigno, Manaus)

17h: São Raimundo-RR x Atlético-GO (Estádio Canarinho, Boa Vista)

Quinta (11)

15h: Confiança x Floresta (Estádio Rodolfo Rollemberg, Aracaju)

15h: Jaciobá x Internacional (Estádio Coaracy Fonseca, Arapiraca)

15h30: Tupi x Serra (SESC Venda Nova, Belo Horizonte)

Sexta (12)

15h: ABC x Bragantino-PA (Frasqueirão, Natal)

19h: Atlético-MG x Fluminense-PI (SESC Venda Nova, Belo Horizonte)

21h30: Palmeiras x Presidente Médici-MA (Alianz Parque, São Paulo)

Domingo (14)

16h: União ABC-MS x Corinthians (Morenão, Campo Grande)

Segunda (15)

15h: Coritiba x União-MT (Couto Pereira, Curitiba)

15h: Trem x Avaí (Estádio Zerão, Macapá)

15h: Perilima x Bahia (Amigão, Campina Grande)

19h: Galvez x Londrina (Arena Acreana, Rio Branco)

Terça (16)

16h30: Real Ariquemes x Náutico (Valerião, Ariquemes)

Formato de Disputa

O torneio reúne os últimos 27 campeões estaduais da categoria – sendo parte deles vencedores ainda em 2019, já que em 2020 muitos estados não realizaram competições de base -, além dos vices dos cinco estados mais bem posicionados no Ranking da CBF (MG, SP, RJ, PR e RS).

Na primeira fase, sorteada de forma direcionada pela CBF, as equipes se enfrentam em jogos únicos. Em caso de empate, a disputa vai para os pênaltis.

A partir das oitavas de final, os duelos serão disputados em jogos de ida e volta, até a final. Em caso de dois empates ou vitória e derrota pela mesma diferença de gols, a definição do classificado vai para os pênaltis. Na tabela básica, as fases serão realizadas nas seguintes datas:

Oitavas de final: 24 e 31 de março

Quartas de final: 7 e 14 de abril

Semifinais: 21 e 28 de abril

Finais: 5 e 12 de maio

Maior campeão, com três títulos (2015, 2016 e 218), o São Paulo não disputará a edição de 2020, assim como outros campeões (Vitória, em 2012 e Santos 2013). Internacional (2014), Atlético-MG (2017). Palmeiras (2019) e Vasco (2020) vão em busca do bicampeonato.

Confira o Guia abaixo:

ABC

Destaque: Alisson, atacante, 18 anos

Técnico: Gilmar Oliveira

Histórico: O Alvinegro caiu na primeira fase nas suas três participações – 2012, 2013 e 2020, sem ter feito um gol sequer.

Retrospecto: Após ficar fora das finais do Estadual em 2017 e 2018, o clube conquistou o Potiguar Sub-20 em 2019, a última edição do torneio, já que não houve disputa no ano passado.

Gilmar Oliveira. Foto: Andrei Torres/ ABC

“A expectativa para este primeiro jogo é boa, porém o tempo para treinamento é muito pouco. Temos alguns atletas que estão fazendo parte da equipe profissional, estamos com um time muito jovem, mas atletas de qualidade nascidos em 2002, 2003 e 2004. Sabemos que vamos enfrentar uma boa equipe, temos muito respeito para conseguirmos nosso objetivo, que é passar de fase” – Gilmar Oliveira.

Alisson. Foto: Reprodução/ Instagram
Atlético-GO

Destaque: Michel, zagueiro, 20 anos

Técnico: Raphael Miranda

Histórico: O Dragão participou em 2012, 2013, 2015, 2017 e 2018, sendo eliminado na primeira fase em todas as oportunidades.

Retrospecto: O clube foi vice-campeão goiano e da Copa Goiás em 2018, perdendo ambas as finais para o Goiás. Após um ano sem alcançar as finais estaduais, a equipe conquistou o Torneio FGF em 2020, batendo a Anapolina na decisão.

Raphael Miranda. Foto: Divulgação/ ACG

“A expectativa é fazer uma grande competição, planejamos muito um ano com Brasileirão e Copa do Brasil Sub-20. Trabalhamos muito dentro e fora de campo, na captação, para montar uma equipe forte e competitiva. A preparação vem sendo feita desde o início de janeiro, o ponto forte é que vários atletas foram utilizados na Copa Verde e no Goiano, então essa bagagem profissional vai ajudar muito a maturar os atletas. para fazermos uma grande competição” – Raphael Miranda.

Michel. Foto: Reprodução/ Instagram
Atlético-MG

Destaque: Luís Eduardo, volante, 19 anos

Técnico: Marcos Valadares

Histórico: O Galo havia participado de todas as edições anteriores, mas ficou de fora em 2019. Foi vice em 2012 e campeão em 2017. Seu pior desempenho foi a eliminação na primeira fase (nos pênaltis) em 2018. Ano passado, o time caiu nas semifinais diante do Vasco.

Retrospecto: O clube é o atual campeão brasileiro da categoria. O título veio após a conquista do Mineiro, no fim de 2019, uma eliminação nas oitavas de final da Copa São Paulo e nas semifinais da Copa do Brasil, ambas em 2020.

Marcos Valadares. Foto: Bruno Cantini/ Atlético

“Após uma boa temporada, a expectativa aumenta para que a gente consiga resultados tão bons, mas principalmente construir algo tão bom quanto o ano passado no modo da equipe jogar. O mais importante é desenvolver um bom futebol dentro desse contexto. Vamos dar continuidade ao nosso grande trunfo do ao passado, o jogo coletivo, a mentalidade competitiva, são fatores fundamentais para a equipe se tornar vencedora. O ambiente de trabalho é bom, todo o contexto do dia a dia que acaba construindo uma equipe focada, que sabe o que quer dentro de uma competição do nível que vamos enfrentar” – Marcos Valadares.

Luís Eduardo. Foto: Divulgação/ Atlético
Avaí

Destaque: Arthur, zagueiro, 20 anos

Técnico: Fábio da Cunha

Histórico: O Leão da Ilha tem histórico de eliminações na primeira fase. As exceções foram em 2017, quando foi semifinalista, e 2020, caindo nas quartas de final. Em 2019, o clube não participou.

Retrospecto: O clube vem de três conquistas recentes, levando o título do Catarinense da categoria em 2017 e 2019 – última edição realizada -, além da Copa Sul Sub-19 em 2019.

Fábio da Cunha. Foto: Alceu Atherino/ Avaí

“A expectativa é enorme, é uma competição nacional, uma grande oportunidade de todos mostrarem o seu potencial, Mesmo passando por um período de muitas chuvas aqui em nossa cidade, estamos fazendo uma preparação detalhada, minuciosa, preparando o atleta para que ele consiga dar o seu melhor ao longo da competição, elevando o nome do clube e enfatizando sempre o que o elenco tem de melhor, que é o conjunto” – Fábio da Cunha.

Arthur. Foto; Reprodução/ Instagram
Bahia

Destaque: Daniel Santos, atacante, 20 anos

Técnico: Eduardo Guadagnucci

Histórico: O Tricolor de Aço só não passou da primeira fase em 2019. Nas outras edições, o time foi vice-campeão em 2016 e no ano passado, semifinalista em 2012 e 2014 e, em 2013 e 2017, chegou às quartas de final.

Retrospecto: O clube é o atual vice-campeão do torneio, concluindo 2020 com eliminações na primeira fase do Brasileirão e da Copa do Nordeste. Em 2019, a equipe havia conquistado o bicampeonato baiano.

Eduardo Guadagnucci. Foto: Divulgação/EC Bahia

“A expectativa é boa, sabemos das dificuldades, mas em relação ao ano passado o grupo está se sentindo mais preparado e confiante. A preparação não é das melhores, em momento de pandemia não conseguimos amistosos de nível aqui na Bahia. Mas estamos trabalhando da melhor forma possível internamente, usando o sub-17 que vem nos dando bons jogos amistosos. O ponto forte da equipe é a coletividade, como no ano passado, isso nos levou ao segundo lugar. Esse ano a gente espera fazer bem feito novamente” – Eduardo Guadagnucci.

Daniel Santos. Foto: Reprodução/ Instagram
Botafogo

Destaque: Kauê, volante, 16 anos

Técnico: Ricardo Resende

Histórico: O Alvinegro foi semifinalista do torneio em 2013 e 2018. Em 2012, 2014 e 2017, o time caiu logo na primeira fase, em 2015 e 2016, foi eliminado nas oitavas de final e, nos dois últimos anos, não participou.

Retrospecto: Após o título de 2016, o clube ficou fora das finais do Carioca por três anos, mas voltou em 2020 com a conquista da Taça Rio. Vice-campeão estadual, a equipe caiu na primeira fase do Brasileirão no ano passado.

Ricardo Resende. Foto: Vitor Silva/ BFR

“Estamos muito confiantes para a estreia, fizemos uma ótima pré-temporada, realizamos cinco amistoso que foram importantes para desenvolver as ideias de jogo e melhorar o entrosamento do time. Vamos estrear no Estádio Nilton Santos, o que motiva ainda mais os atletas, e principalmente os adapta ao ambiente do profissional, aspecto importante para a formação. Hoje o sub-20 tem um grupo muito talentoso, alguns jogadores que estavam no ano passado subiram ao profissional, mas temos ainda vários remanescentes que fizeram uma ótima temporada, além de alguns que subiram do sub-17, então temos muita confiança no nosso grupo” – Ricardo Resende.

Kauê. Foto: Reprodução/ Instagram
Bragantino-PA

Destaque: Borel, meia, 18 anos

Técnico: Ivan Almeida

Histórico: O clube fez sua estreia no torneio em 2020, sendo eliminado na segunda fase, diante do Atlético-MG.

Retrospecto: O Tubarão conquistou pela primeira vez o Estadual Sub-20 em 2019, última edição realizada.

Ivan Almeida. Foto: Divulgação/ Bragantino

“A expectativa é grande, sabemos o quanto é difícil disputar a Copa do Brasil Sub-20, mas nós somos representantes da nossa cidade de Bragança e do Pará. Nós estamos focados na competição, a nossa base está sendo reformulada com jogadores da região e o nosso pensamento é entrar na competição com energias positivas. Eu confio muito na minha equipe, apesar de ser um elenco novo” – Ivan Almeida.

Foto destaque

Castelo-TO

Destaque: João Henrique, volante, 17 anos

Técnico: Alcides dos Santos

Histórico: O clube fará a sua estreia no torneio nacional..

Retrospecto: Os tocantinenses foram campeões estaduais há pouco mais de uma semana, sendo a última equipe a garanti vaga na competição.

Alcides dos Santos. Foto: Arquivo Pessoal

“A expectativa é muito grande, nosso clube chega pela primeira vez em uma competição nacional. Passamos por um campeonato estadual muito forte, no qual deixamos times muito favoritos para trás. Tudo que a CBF está passando de estrutura para o evento para gente é ímpar. Na verdade, a euforia é muito grande, pois estamos em um evento do primeiro escalão do futebol. A  gente manteve o foco que já vinha do estadual, claro que a motivação dos atletas é bem maior. Sentimos que a dedicação e o empenho dos jogadores é bem maior, levados pelo que representa o evento. Nós sempre batemos na tecla que o grupo todo se ajuda muito e o conjunto tem feito a diferença até agora, com atletas apenas de Gurupi” – Alcides dos Santos.

João Henrique. Foto: Divulgação/ Castelo
Confiança

Destaque: Adryan, zagueiro, 20 anos

Técnico: Zé Carlos Leal

Histórico: O Dragão disputou as últimas duas edições, sendo eliminado logo na primeira fase em ambas.

Retrospecto: Os sergipanos vêm de um bicampeonato estadual, em 2018 e 2019, e duas eliminações na primeira fase da Copa do Nordeste.

Zé Carlos Leal. Foto: Lucas Almeida/ Confiança

“A expectativa é a melhor possível, estou muito confiante, preparando os atletas para fazermos uma grande partida e uma grande competição. Temos atletas de grande qualidade e seguimos nosso trabalho semanal. Ainda é muito cedo para falar dos pontos fortes, iniciei o trabalho na semana passada, mas tenho certeza que todos verão várias qualidades na nossa equipe. Vamos enfrentar um grande adversário que é o Floresta, acompanhei dois jogos deles, contra Fortaleza e Tiradentes, duas finais em sete dias, sagraram-se campeões em ambas” – Zé Carlos Leal.

Adryan. Foto: Lucas Almeida/ Confiança
Corinthians

Destaque: Luís Mandaca, volante, 19 anos

Técnico: Márcio Bittencourt

Histórico: Vice-campeão em 2018, o Timãozinho chegou às quartas de final em 2019, caiu nas oitavas em 2012, 2016 e 2017 e foi eliminado na primeira fase em 2013, 2014 e 2015. Em 2020 o time não participou.

Retrospecto: Sem títulos de expressão desde a Copa São Paulo de 2017, a equipe foi vice-campeã paulista em 2020 e caiu nas semifinais do Brasileirão, diante do futuro campeão Atlético-MG, nos pênaltis.

Márcio Bittencourt será interino no sub-20. Foto: Divulgação

“A gente vem trabalhando muito, temos uma equipe muito forte. Vários atletas foram promovidos, e começamos a refazer o trabalho. Para a gente é uma felicidade muito grande, mas agora é pegar os meninos mais jovens e formá-los. Espero que consigamos chegar nas competições e formar os atletas. Vai ser um trabalho árduo, enfrentando atletas mais bem preparados” – Márcio Bittencourt.

Luís Mandaca. Foto: Reprodução/ Instagram
Coritiba

Destaque: Bernardo, meia, 18 anos

Técnico: José Leão

Histórico: O Coxa disputou todas as edições do torneio, porém sem destaque. Caiu nas oitavas de final em 2012, 2015, 2019 e 2020 e foi eliminado na primeira fase em 2013, 2014, 2016, 2017 e 2018.

Retrospecto: Os paranaenses são os atuais vice-campeões estaduais, no torneio disputado em 2019. A equipe foi derrotado pelo Londrina na decisão um ano após conquistar o título.

José Leão. Foto: Divulgação/ Coritiba

“É a competição mais importante para a base. Infelizmente não jogamos o Brasileiro, devido a alguns critérios da CBF. Será um jogo único, traiçoeiro, não podemos errar. Temos que estar bem preparados dentro de campo, na parte técnica e emocional. A gente está fechando um mês de trabalho. Encontrei uma equipe com bastante vontade de jogar, em um ano atípico, com ansiedade para estrear. Será um jogo complicado, temos pouco material do adversário em função da falta de jogos. Nosso ponto forte é o grupo fechado, todo mundo remando para o mesmo lado, principalmente em uma situação dessa” – José Leão.

Bernardo. Foto: Reprodução/ Instagram
Floresta

Destaque: Athyrson, meia, 18 anos

Técnico: Álvaro Martins

Histórico: O Lobo da Vila fará a sua estreia nas competições de base nacionais

Retrospecto: Campeão cearense em 2016, o clube voltou à final na edição de 2020, disputada no início do ano, e foi campeão. A equipe também venceu a Copa Seromo.

Álvaro Martins. Foto: Reprodução/ Instagram

“Teremos um adversário qualificado, mas temos condição de fazer um jogo de igual para igual e vencê-los. A expectativa é boa, teremos alguns desfalques dos nascidos em 2000. Será a primeira competição CBF que a base do Floresta participa, seria bem legal e histórico para o clube passar de fase. Nossa forma de jogar vai mudar pouco, baseada nessa troca de jogadores, mas a ideia geral se mantém. Vamos continuar sendo fortes em um plano estratégico, adaptando nossas ideias ao adversário, seus pontos fracos e fortes. Será m jogo preparado nos detalhes, sabendo tudo do adversário, um pouco da característica de jogo e fazendo o possível para tirar vantagem disso” – Álvaro Martins.

Athyrson. Foto: Ronaldo Oliveira/ Floresta
Fluminense-PI

Destaque: Samuel, meia, 19 anos

Técnico: Carlos Alberto

Histórico:  O Tricolor estreou no torneio em 2020, sendo eliminado logo na primeira fase com derrota em casa para o Bahia.

Retrospecto:  O clube quebrou a sequência de títulos estaduais do River em 2019. No ano passado, a equipe parou na primeira fase da Copa do Brasil, da Copa São Paulo e da Copa do Nordeste.

Carlos Alberto. Foto: Arquivo Pessoal

“Falo direto com os atletas que nossa experiência foi no ano passado, agora temos que fazer jus a todo o projeto, àquilo que o clube espera da gente. A Copa do Brasil é uma competição muito boa para a base, para o Fluminense, um clube novo, que precisa disputar competições CBF para deixar o nome da entidade em uma situação positiva dentro e fora do estado. Nós buscamos sempre estar no foco em todas as competições, pois nossa metodologia e filosofia de trabalho é essa, vitória, destaque, a nível de competições com grandes equipes” – Carlos Alberto.

Samuel. Foto: Arquivo Pessoal
Galvez

Destaque: Jordão, atacante, 18 anos

Técnico: Kinho Brito

Histórico: O Imperador caiu na primeira fase do torneio em 2019 e foi eliminado nas oitavas de final em 2020.

Retrospecto: Vice-campeão em 2016 e 2017, o clube vem de um bicampeonato estadual, vencendo pela última vez em 2019.

Kinho Brito. Foto: Reprodução/ Rede Amazônia

“Temos a expectativa de fazer um ótimo jogo e conseguir a classificação. Sabemos das dificuldades que o país e o nosso estado está passando –  Covid, dengue, enchente. Muitos atletas nossos são do interior e têm passado grandes dificuldades com seus familiares praticamente ilhados. Mas eles estão focados aqui, e isso é um ponto forte, o conjunto. Eles têm demonstrado muito compromisso com o dia a dia, e eu acredito muito na união desse time, na força do grupo e dos atletas como equipe. A gente espera que na estreia eles coloquem tudo isso na ponta da chuteira para fazer um grande jogo e se classificar” – Kinho Brito.

Jordão. Foto: Manoel Façanha
Internacional

Destaque: Gustavo, meia, 18 anos

Técnico: Fábio Matias

Histórico: Após ficar nas oitavas de final em 2012 e 2013, o Colorado sagrou-se campeão do torneio em 2014. Em 2015 mais uma vez caiu nas oitavas e, em 2016, 2019 e 2020, foi até as quartas. Sua pior campanha foi em 2017 e 2018, saindo na primeira fase.

Retrospecto: Atual campeão da Copa São Paulo, o clube vem de um tricampeonato gaúcho e eliminações na primeira fase do Brasileirão e nas quartas da Copa do Brasil de 2020.

Fábio Matias. Foto: Divulgação/ Internacional

“A expectativa é grande, nós não vamos com a equipe principal pois temos disputado o Gaúcho com o sub-20. Temos preparado essa segunda equipe, são meninos mais novos, com base 2003. Utilizamos a preparação dos times profissionais do Gaúcho para fazermos amistosos, utilizando os segundos tempos para a equipe que jogará a Copa do Brasil. Os pontos fortes são a continuidade do trabalho, o jogo propositivo, querer a bola o tempo todo, mesmo nas ações no campo do adversário, e na relação do trabalho, de desenvolver os atletas com a bola, com maior perfil técnico, capacidade cognitiva e inteligência de jogo” – Fábio Matias.

Gustavo. Foto: Reprodução/ Instagram
Jaciobá-AL

Destaque: Dudu, meia, 18 anos

Técnico: Distéfano Lima

Histórico: Os alagoanos estrearam no torneio em 2020, perdendo como mandante para o Flamengo logo na primeira fase.

Retrospecto: O clube venceu o Estadual em 2019, na última edição realizada, mas caiu na primeira fase da Copa do Brasil e da Copa do Nordeste em 2020.

Distéfano Lima. Foto: Arquivo Pessoal

“A expectativa é boa em relação a disputa do torneio, uma vitrine para os meninos, tem um certo respaldo aqui no estado, principalmente para um time do interior, mesmo sabendo das dificuldades de enfrentar um grande. Fui chamado para treinar a equipe há nove dias, o sub-20 não existia. Resgatamos alguns meninos que foram campeões em 2019, que já tinham se afastado dos treinos. Estou buscando os atletas, avaliando em treinos à tarde, em uma das cidades mais quentes do Brasil, para conseguir inscrever algumas peças. Vamos jogar de modo precavido, a base do Inter é forte. Vamos ver se alguém se destaca” – Distéfano Lima.

Dudu; Foto: Arquivo Pessoal
Londrina

Destaque: José Cirilo, atacante, 18 anos

Técnico: Edison Borges

Histórico: O Tubarão participou do campeonato em 2017 e 2018, saindo na primeira fase em ambas as oportunidades. No ano passado, o time caiu nas oitavas de final.

Retrospecto: O clube é o atual campeão paranaense sub-19, com título vencido em 2019.

Edison Borges. Foto: Gustavo Oliveira/ Londrina

“Vi muita qualidade nos atletas. Eles estavam parados, estamos fazendo uma readaptação para a disputa de partidas oficiais. São quase rês dias de deslocamento até o Acre, estamos intensificando o trabalho para termos intensidade no jogo. Temos atletas de qualidade, claro que precisamos colocar o trabalho em prática para ver o entendimento de jogo, mas estou satisfeito com o que vi. Uma equipe de posse de bola, organizada defensiva e ofensivamente,, alguns pilares que estamos passando para os atletas” – Edison Borges.

José Cirilo. Foto: Reprodução/ Instagram
Nacional-AM

Destaque: Rafinha, atacante, 19 anos

Técnico: José de Ribamar

Histórico: Os amazonenses estrearam no torneio em 2020, caindo para o Avaí na primeira fase.

Retrospecto: O clube ficou com o título estadual em 2019 e chegou a iniciar a disputa do campeonato em 2020, mas o Amazonense foi suspenso devido à pandemia.

José de Ribamar. Foto: Milly Barreto/ Nacional

“É um torneio forte, a nível nacional, a gente sabe que é difícil, mas temos uma preparação e esperamos fazer uma boa participação. Temos alguns destaques, jogadores que estiveram na Copa do Brasil do ano passado, como Leandrinho, Gustavo e Rafinha. Mas a gente espera que os outros façam uma boa participação. No geral é trabalhar para estrear com vitória e ter um bom prosseguimento na competição para dar continuidade ao trabalho” – José de Ribamar.

Rafinha. Foto: Divulgação/ Avaí
Náutico

Destaque: Júlio, atacante, 20 anos

Técnico: Levi Gomes

Histórico: O Timbu caiu na primeira fase do torneio em 2012 e 2014, chegou às oitavas de final em 2013 e 2016 e não participou em 2015. Em 2017, o time foi eliminado devido a uma escalação irregular.

Retrospecto: Após o vice-campeonato pernambucano em 2019, o clube conquistou o Estadual de 2020 após uma punição ao Retrô, adversário da final. Semanas antes, a equipe também conquistou a Copa do Nordeste.

Levi Gomes. Foto: Marlon Costa

“A expectativa é grande, a visibilidade é forte, então temos que entrar com muita confiança. Nos últimos campeonatos nossa equipe foi vitoriosa, então espero que posamos iniciar muito bem. É um torneio rápido, curto, cada jogo determina muito, principalmente na primeira rodada em que não há jogo de volta. Vamos enfrentar um adversário muito difícil, até porque está jogando em seus domínios. Nossa preparação poderia ser melhor, pois fizemos poucos amistosos devido à pandemia, mas trabalhamos no dia a dia, buscando a melhor performance em cada setor da equipe. Nosso ponto forte é a união, o grupo, a amizade que eles têm, os resultados do ano passado mostraram o caminho” – Levi Gomes.

Júlio. Foto: Reprodução/ Instagram
Palmeiras

Destaque: Pedro Acácio, atacante, 18 anos

Técnico: Wesley Carvalho

Histórico: Presente em todas as edições, o Verdão foi campeão em 2019 e caiu nas oitavas de final de 2012 a 2014. Em 2015 e 2016 o time foi eliminado ainda na primeira fase, em 2017 nas quartas de final e foi semifinalista em 2018 e 2020.

Retrospecto: O clube vem acumulando títulos na categoria, incluindo o Brasileirão de 2018, a Copa do Brasil em 2019 e o tetracampeonato paulista, entre 2017 e 2020.

Wesley Carvalho. Foto: Fábio Menotti/ Palmeiras

“A expectativa é sempre grande por todos nós. O Palmeiras está acostumado a chegar entre os quatro primeiros, fomos campeões em 2019, semifinalistas em 2020, esperamos que esse ano possamos ter um êxito maior, chegar à final e buscas o título. É um caminho longo até lá, muita coisa pode acontecer. Muitos jogadores estão servindo ao profissional, e bem. Espero contar com eles, que eles possam descer, mas se não acontecer estamos preparados para isso. E o ponto forte da equipe é a força do grupo, no trabalho da base desde o sub-15, passando pelo sub-16 e sub-17, um trabalho de gerar atletas. Mesmo com alguns no profissional, mantemos o padrão com os mais jovens” – Wesley Carvalho.

Pedro Acácio. Foto: Reprodução/ Instagram
Perilima-PB

Destaque: Werison, zagueiro, 19 anos

Técnico: Dinho Silva

Histórico: A Águia estreou no torneio em 2020, sendo eliminada logo na primeira fase, nos pênaltis.

Dinho Silva. Foto: Divulgação/ Perilima

Retrospecto: O clube conquistou o Estadual em 2019, última edição realizada, e surpreendeu ao avançar às semifinais da Copa do Nordeste do ano passado.

“A nossa expectativa é a melhor possível. Depois de uma Copa do Nordeste brilhante, onde saímos invictos em cinco jogos, esperamos repetir o mesmo sucesso na Copa do Brasil. No ano passado, empatamos com o Sport-PE e deixamos a competição nos pênaltis. Este ano, apesar de termos algumas baixas em relação ao time semifinalista da Copa do Nordeste, uma vez que seis atletas ultrapassaram a idade limite da competição, vamos em busca de representar bem a nossa Paraíba” -Dinho Silva.

Werison. Foto: Reprodução/ Instagram
Planaltina-DF

Destaque: Diego, meia, 19 anos

Técnico: Guido Beltrão

Histórico: O time candango fará a sua estreia no torneio.

Retrospecto: O clube surpreendeu ao conquistar o Estadual em 2020.

Guido Beltrão. Foto: Arquivo Pessoal

“É um jogo completamente atípico, o atual campeão da Copa do Brasil contra uma equipe ainda em formação, sem quatro atletas de muita importância devido a testes positivos de última hora para a COVID-19. Mesmo diante de todas essas adversidades, vamos tentar equilibrar o jogo e a partir daí tomaremos novas ações” – Guido Beltrão.

Diego. Foto: Divulgação/ Planaltina
Presidente Médici-MA

Destaque: Niemeson, meia, 19 anos

Técnico: Negueba

Histórico: Os maranhenses farão a sua estreia no torneio.

Retrospecto: A Liga do município de Presidente Médici surpreendeu e conquistou o Estadual em 2020.

Negueba. Foto: Arquivo Pessoal

“Nosso time está muito renovado, pois fomos campeões maranhenses com atletas de 2000. A equipe ainda não está muito entrosada, mas vamos na força e na garra. O Palmeiras é superior, treinam juntos desde criança, mas nosso objetivo é ganhar, são onze contra onze e o favoritismo fica fora de campo. Temos força de vontade, é a primeira vez que estamos nessa competição, a motivação sobe a mil. A nossa defesa também é forte, muito elogiada durante o Estadual” – Negueba.

Niemeson. Foto: Arquivo Pessoal
Real Ariquemes-RO

Destaque: Mackallysther, atacante, 19 anos

Técnico: Paulo Eduardo

Histórico: O time participou do torneio em 2019 e foi eliminado na segunda fase, com direito à uma sonora goleada sofrida diante do Flamengo (10 a 0).

Retrospecto: O clube vem de três finais consecutivas em Rondônia, sendo vice em 2017 e 2019 e campeão em 2018.

Paulo Eduardo. Foto: Divulgação/ Real Ariquemes

“A expectativa para o torneio é muito grande, uma responsabilidade grande para todos nós, pois esse ano não tivemos campeonatos de base, então todos os atletas estão muito ansiosos. É uma das últimas oportunidades na categoria para eles. A equipe vem trabalhando em  grupos, realizando avaliações. Trabalhamos com vídeos, temos um decreto municipal e estadual que dificulta, mas nosso objetivo é buscar a classificação em nossa casa. Vamos enfrentar uma equipe muito qualificada, campeã invicta da Copa do Nordeste e do Pernambucano. Temos estudado bastante através do setor de análise para buscar informações e conseguir traçar uma estratégia para fazer uma grande estreia” – Paulo Eduardo.

Mackallysther. Foto: Divulgação/ Real Ariquemes
São José-RS

Destaque: Gabriel, zagueiro, 20 anos

Técnico: Gabriel Carvalho

Histórico: O Zequinha estreou no torneio em 2020, sendo goleado pelo Ceará logo na primeira fase.

Retrospecto: O clube foi vice-campeão gaúcho em 2019, última edição realizada.

Gabriel Caralho. Foto: Pedro Chaves/ Divulgação

“A expectativa é grande para esse jogo. Sempre ressaltamos que nosso foco principal é a formação, porém esse tipo de competição é uma grande ferramenta de avaliação e uma excepcional oportunidade dos atletas atuarem em alto nível em uma partida decisiva. Estamos acelerando a preparação para esse jogo, infelizmente graças a pandemia só conseguimos nos apresentar no mês de fevereiro. Nesse tempo, até a data do jogo, estamos avaliando pontualmente alguns jogadores e trabalhando os conceitos que queremos utilizar na partida. A participação na Copa do Brasil do ano passado foi um aprendizado e sabemos que os atletas tiveram um amadurecimento. Estaremos preparados para um jogo duro, contra uma equipe bastante qualificada” – Gabriel Carvalho.

Gabriel. Foto: Eduardo Torres/ São José
São Raimundo-RR

Destaque: Adriano, meia, 16 anos

Técnico: Beto Vieira

Histórico: O Mundão participou do torneio em 2019 e 2020, sendo eliminado logo na primeira fase em ambas as edições.

Retrospecto: O clube consolidou uma hegemonia no estado, somando nove títulos consecutivos – o último em 2020.

Beto Vieira. Foto: Divulgação/ São Raimundo

“Fomos pegos de surpresa por causa da pandemia, todos os nossos atletas tinham sido dispensados. Fizemos uma nova convocação agora, alguns deles tinham voltado para as suas regiões. Está sendo difícil, mas com a benção de Deus vamos conseguir representar nosso clube. A expectativa de star mais uma vez nessa competição é importante, nosso clube teme expressão no estado,. Um fator importante na nossa equipe é a união, entrega, determinação. Como eu falo, ‘dos nossos índios não vai faltar nada'” – Beto Vieira.

Adriano. Foto: Arquivo Pessoal
Serra-ES

Destaque: André, atacante

Técnico: Aldair Martins

Histórico: O Tricolor participou do torneio em 2019 e 2020, sendo eliminado na primeira fase em ambas as edições.

Retrospecto: O clube é o atual bicampeão capixaba da categoria, conquistando os títulos em 2018 e 2019.

Aldair Martins. Foto: Reprodução/ Instagram

“Por ser uma competição de nível nacional, a expectativa é grande. Nós não conhecemos a equipe adversária, mas esperamos um jogo equilibrado. Acredito que nosso ponto forte é a disposição, e também a força de vontade dos atletas” – Sílvio Barbosa, membro da comissão técnica.

 

 

Trem-AP

Destaque: Thiago Medeiros, meia, 17 anos

Técnico: Sandro Macapá

Histórico: A Locomotiva participou do torneio em 2019 e 2020, com derrotas logo na estreia e sem conseguir fazer gols.

Retrospecto: O clube vem de três títulos estaduais nos últimos quatro anos – 2016, 2018 e 2019, a última edição do torneio.

Sandro Macapá. Foto: Rafael Moreira/ GE-AP

“A gente vem treinando há um mês por causa dos decretos. Temos um time muito jovem, mas de boa qualidade, garotos que já são do clube há algum tempo. O clube tem uma política de trabalhar a base, tanto que somos tricampeões sub 20. Sobre a competição, é claro que a expectativa é sempre grande, mas também sabemos da dificuldade. Nos últimos dois anos, saímos na primeira fase, mas fazendo grandes jogos contra Internacional e Vasco. Estamos muito bem preparados e com grandes esperanças de passar de fase, já que somos os mandantes, esperamos que esse fator nos favoreça” – Sandro Macapá.

Tupi-MG

Destaque: Gabriel Neto, lateral-esquerdo, 20 anos

Técnico: Wanderley Silva

Histórico: Os mineiros estrearam no torneio em 2020, sendo eliminado com goleada (5 a 0).

Retrospecto: O clube é o atual vice-campeão mineiro da categoria, na edição disputada em 2019.

Wanderley Silva. Foto: Arquivo Pessoal

“Acreditamos que jogar uma Copa do Brasil seja um privilégio para poucos, estamos trabalhando para obter o resultado positivo. Sabemos que o adversário também é qualificado e precisaremos ser perfeitos para sair com a vitória neste primeiro jogo. A preparação tem sido muito forte e todos bem focados. Temos uma equipe boa e acreditamos no grupo. A união é um ponto bem forte de nossa equipe, considero muito aquele velho ditado que diz ‘a união faz a força’ e isso nos deixa confiante” – Wanderley Silva.

Gabriel Neto. Foto: Divulgação/ Tupi
União ABC-MS

Destaque: Igor, meia, 19 anos

Técnico: Marcinho Alves

Histórico: Os sul-mato-grossenses estrearam em 2020 e foram goleados pelo São Paulo (7 a 1) logo na primeira fase.

Retrospecto: O clube foi campeão estadual em 2019, última edição realizada.

Marcinho Alves. Foto: Reprodução

“A expectativa é a melhor possível, a equipe já vem treinando há 40 dias, e a base do time no Estadual profissional é sub-20. Temos seis partidas oficiais neste ano, coisa que poucas equipes no Brasil tem. Vamos enfrentar um time de camisa, tradicional, mas jogando em casa eu acredito que a gente consiga um estímulo a mais, para amarrar o jogo e se classificar. Os atletas estão bem focados, em um bom ritmo de jogo. Não temos nenhuma estrela, o ponto forte é a marcação, alta o tempo todo, e a nossa posse de bola. Assim a gente consegue recuperar a bola, com um trabalho de dois toques. Inclusive nas saídas de bola não damos o tiro de meta” – Marcinho Alves.

Igor. Foto: Divulgação/ União ABC
União-MT

Destaque: Iury, zagueiro, 17 anos

Técnico: Gilberto Carneiro

Histórico: Os mato-grossenses foram eliminados logo na primeira fase em 2020, sua primeira participação.

Retrospecto: O clube vem de três títulos nas últimas quatro edições do Estadual, vencendo nos anos de 2016, 2017 e 2019 – último campeonato realizado.

Gilberto Carneiro. Foto: Divulgação/ União

“Estamos trabalhando há algum período visando a competição, temos alguns garotos que hoje completam o grupo do profissional, que podem vim a fazer a diferença para nós. Acho que todo garoto sonha em disputar uma competição desse porte a nível nacional, iremos pegar uma bela equipe, sabemos que não será nada fácil, clube grande, acostumados com grandes competições, mas friso para os garotos que essa é uma grande oportunidade, que pode vim a ser a grande oportunidade da vida de cada um. Tento, no lado emocional, motivá-los ainda mais, mesmo que não precise, por se tratar de uma grande competição e grandes jogos. O ponto forte da nossa equipe é o conjunto, a ambição de buscar algo grande na vida deles, o conjunto funcionado tem tudo para dar certo” – Gilberto Carneiro.

Iury. Foto: Arquivo Pessoal
Vasco

Destaque: Marlon Gomes, atacante, 17 anos

Técnico: Diego Siston

Histórico: Atual campeão, o Cruzmaltino parou nas quartas de final em 2012, 2014 e 2018. Em 2013 e 2016, o time caiu na primeira fase, em 2015 saiu nas oitavas de final e, em 2017 e 2019 alcançou as semifinais.

Retrospecto: Finalista das últimas quatro edições do Carioca e campeão em 2017 e 2020, o clube vem de título da Copa do Brasil e da Supercopa e eliminação na primeira fase do Brasileirão em 2020.

Diego Siston. Foto: Rafael Ribeiro/ Vasco

“A expectativa é boa, uma competição nacional com várias escolas de trabalho forte na formação. Conquistar o que conquistamos na temporada anterior não é fácil., sabemos do trabalho do dia a dia para que esse título fosse ganho. Os olhos do sub-20 estão voltados para o Vasco, mas não podemos entrar com o peso de termos que defender o título, isso pode ser prejudicial. Temos a responsabilidade de fazer o trabalho, montar uma equipe competitiva e, com o passar dos jogos e das fases, almejar o título da Copa do Brasil” – Diego Siston.

Marlon Gomes. Foto: Divulgação/ Vasco

 

 

 

 

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...