Loading...

Com um a mais, Inter vence São Paulo e dá passo rumo ao título do Brasileirão Sub-20

O Internacional largou na frente do São Paulo na briga pelo título inédito do Brasileirão Sub-20. Com um a mais desde os 19 minutos do primeiro tempo, a equipe venceu o jogo de ida da final, por 2 a 0, na tarde deste domingo (21), no Beira-Rio, em Porto Alegre.

Colorado marcou um gol em cada tempo. Foto: Jota Finkler/ Internacional

Com o resultado, o Tricolor terá que vencer o duelo de volta por três gols de vantagem para ser campeão. Triunfo por dois gols de diferença leva a decisão para os pênaltis. As duas equipes voltam a se enfrentar pelo jogo decisivo do Brasileirão Sub-20 no próximo domingo (28), às 11h, no Morumbi, em São Paulo.

Antes, ambos os times têm compromissos pelos seus respectivos Estaduais, na quarta (24), Às 11h, o São Paulo recebe o Desportivo Brasil, no Estádio Marcelo Portugal, em Cotia, pelo duelo de volta das oitavas de final do Paulistão Sub-20. Às 15h30, o Internacional pega o Garibaldi na Morada dos Quero-Queros, em Alvorada, pela 13ª rodada do Gauchão Sub-20.

O jogo

O duelo começou com chances para os dois lados. Juan, em cima da marcação, e Moreira, na rede pelo lado de fora, ameaçaram pelo lado são-paulino. Os donos da casa responderam em finalização próxima à trave de Thauan Lara, em cruzamento rasteiro de Matheus Cadorini cortado na pequena área e em escanteio desviado por Tiago Barbosa na primeira trave.

Aos 19 minutos, veio o lance que mudou o panorama do jogo. Patryck levantou demais o pé em disputa na entrada da área, recebeu o segundo amarelo e deixou o Tricolor com um a menos. Apesar da desvantagem, a equipe levou grande perigo no decorrer da etapa inicial, com Vitinho parando em Anthoni em cobrança de falta e Pedrinho finalizando rente à meta.

Aos 45, o Colorado abriu o placar. Matheus Cadorini foi lançado na diagonal, driblou o goleiro Felipe e foi derrubado na área, sofrendo o pênalti. O próprio centroavante cobrou no cantinho e marcou; Vitinho quase empatou nos acréscimos, mas cabeceou nas mãos do arqueiro, livre na área.

Os gaúchos seguiram em cima na volta do intervalo e, após Cadorini assustar em cabeçada sobre o travessão, chegaram ao segundo gol. Em rápido contragolpe, Cuesta recebeu de Allison pela esquerda, teve o passe bloqueado, mas pegou a sobra de fora da área e viu a bola quicar na frente de Felipe antes de entrar.

Tentando a reação, o São Paulo ameaçou em duas jogadas de velocidade pela esquerda, finalizadas por Caio e Pedrinho, porém nas mãos de Anthoni. Também em contra-ataques, o Inter chegou com Estevão e Cuesta, que perdeu uma grande chance na pequena área, porém em impedimento.

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...