Loading...

Com time ofensivo e rotatividade, Atlético-MG vai em busca de título inédito no Brasileirão sub-20

Faltando 10 dias para o início do Brasileirão sub-20, o DaBase.com.br faz a 12ª matéria especial de uma série sobre os participantes do torneio nacional. Hoje, veremos um clube que acumula taças e revelações em sua história, mas que vai em busca de um título inédito com uma equipe ofensiva: o Atlético-MG.

Atlético-MG vem em busca de título inédito. Foto: Pedro Souza/ Atlético

O Galo vem de um histórico regular nas competições sub-20 nos últimos anos. Tricampeão da Copa São Paulo nos anos 70 e 80, o clube caiu nas oitavas de final em 2019 e 2020. No cenário local, a equipe é a atual campeã mineira, título conquistado também em 2017.

Os melhores números do Atlético são na Copa do Brasil, sendo o time que mais vezes alcançou às semifinais: quatro, somando o título de 2017, sobre o Flamengo, nos pênaltis, e o vice, em 2012.

O desafio é o Brasileirão. O Galo foi vice-campeão em 2009, quando o torneio ainda era organizado pela Federação Gaúcha de Futebol (FGF). No entanto, desde que o torneio passou às mãos da CBF, em 2015, a equipe parou na primeira fase em quatro edições e caiu nas quartas de final no ano passado.

Para superar essa barreira, o técnico Marcos Valadares acredita em uma equipe organizada e ofensiva. São essas as qualidades esperadas, como o comandante explicou em entrevista exclusiva ao DaBase.com.br

“O Atlético terá a intenção de sempre dominar os jogos. Ter uma equipe ofensiva, dinâmica e competitiva. Construindo um jogo e uma equipe com estas características, acredito que poderemos formar bons valores e brigar por grandes conquistas”

Montar fortes equipes na base é uma das especialidades do treinador. Vice-campeão da Copa São Paulo pelo Vasco em 2019, Valadares assumiu o time atleticano no fim da última temporada para dar sequência ao trabalho de Leandro Zago, que subiu ao time sub-23, e desenvolver o projeto DNA Alvinegro, implementado no clube desde a chegada de Júnior Chávare ao clube, também no ano passado.

A nova gestão vem se mostrando agressiva no mercado e planejada na integração das categorias. Além da chegada de cinco atletas após a volta aos treinos, o clube fez mudanças no time de transição, que serve de sparring para o elenco principal.

Galo foi campeão mineiro sub-20 em 2019. Foto: Pedro Souza/ Atlético

O grupo, formado por atletas da categoria sub-20 e jovens que ultrapassaram a idade da base, terá agora uma rotatividade no plantel, possibilitando que atletas do sub-17 e sub-20 possam ser observados através de ciclos. Essa proposta deve gerar também uma grande rotatividade no time sub-20, mas que não preocupa Valadares.

“Possivelmente teremos algumas alterações ao longo da competição, algo natural no contexto de base. Por termos um bom plantel, conseguiremos ter uma equipe organizada e consciente do jogo que quer produzir”, disse.

Toda essa metodologia visa, naturalmente, a formação de mais atletas da base. O Atlético, que já revelou nomes como Reinaldo, Toninho Cerezo, Marcelo Oliveira e, mais recentemente, Diego Alves, Jemerson e Bernard, promoveu alguns jovens ao profissional nos últimos anos. Porém, nem todos foram utilizados por um longo período – casos de Cleiton e Alerrandro, vendidos ao Red Bull Bragantino.

Entre os campeões mineiros no ano passado, o principal destaque é peça fundamental no elenco principal: Marquinhos. Outras promessas, como Vitor Mendes, Léo Griggo e Guilherme Castilho foram emprestados para ganharem mais espaço. Para Valadares, preparar novos atletas que possam servir ao profissional é o principal objetivo, que pode ser alcançado com um bom desempenho no Brasileirão.

“Primeiramente queremos construir uma equipe que jogue um bom futebol e que seja competitiva. Partindo deste princípio, naturalmente nos aproximaremos mais das vitórias e os atletas terão mais possibilidades de explorar o que tem de melhor a oferecer. A conquista é a ida ao profissional, será consequência deste processo”

MOMENTO

O sub-20 atleticano retomou os treinos na segunda semana de agosto após dez dias de confinamento e uma série de protocolos de segurança referentes à pandemia do novo coronavírus. A equipe fechou com cinco reforços e terá um elenco rotativo, já que muitos atletas serão observados no time de transição. A preparação segue até o dia 23, quando o Galo estreia diante do Botafogo, fora de casa, às  15h.

DESTAQUES

Foto: Divulgação/ Atlético

O zagueiro Isaque é um dos principais defensores do Atlético. Forte na marcação e bom no jogo aéreo, ele chegou ao clube em 2016 e acumula títulos pelos times sub-17 e sub-20, incluindo a Taça BH de 2018. Ele assumiu a titularidade da categoria no ano passando, quando fez 30 jogos e marcou três gols. Após a Copa São Paulo deste ano, o zagueiro de 19 anos passou a integrar o time de transição, mas deve ser um dos principais jogadores do Galo no Brasileirão.

 

Foto: Reprodução/ Instagram

Elogiado por Reinaldo, um dos maiores ídolos da história do Atlético, o meia Wesley se destaca pela qualidade técnica. Com dribles e passadas largas, o jogador de 20 anos chegou ao Galo no ano passado após se destacar pelo Tupi-MG. Ele rapidamente ganhou a titularidade e, na Copa São Paulo deste ano, marcou um gol. O jovem também treina com o time de transição e busca ter boas atuações para chegar ao profissional em seu último ano na base.

 

Foto: Divulgação/ Atlético

Com apenas 17 anos, Felipe Felício é uma das principais apostas da base atleticana. O jogador tem histórico de artilharias na base e, no ano passado, fez 19 gols pelo sub-17, sendo o artilheiro do Campeonato Mineiro e vice-artilheiro do Brasileirão. O jovem fez parte da preparação da seleção brasileira para o Mundial sub-17 de 2019, mas ficou fora da lista final. Em 2020, o centroavante já foi relacionado para partidas do time profissional e pode ganhar espaço no sub-20 em seu primeiro ano na categoria.

 

REFORÇOS

Como é de praxe na gestão Júnior Chávare. o Atlético anunciou uma série de reforços para a equipe sub-20 com o retorno da temporada. Entre eles, estão o zagueiro Kainandro, ex-Vasco, o lateral-esquerdo Dudu, ex-Confiança, os meias Paulo Victor, ex-Famalicao-POR, e Denilson Alves,ex-Flamengo, além do atacante Júlio César, ex-Sport Recife. Todos chegam por empréstimo com opção de compra.

COMISSÃO TÉCNICA 

Foto: Divulgação/ Atlético

Marcos Valadares é mineiro de Belo Horizonte e tem passagens por vários clubes do estado. Ele se destacou no Fluminense, onde foi campeão com a equipe sub-17, passando também pelo sub-20 de Palmeiras. No Cruzeiro, o técnico foi campeão estadual em 2016 e, no Vasco, comandou de forma interina a equipe profissional. O treinador chegou ao Galo no fim de 2019 e comandou a equipe na Copa São Paulo deste ano. No Brasileirão, ele terá a seguinte comissão técnica:

Auxiliar Técnico:  Vladimir Freitas

Preparador Físico: Leonardo Almeida

Treinador de Goleiros: Rafael César

Massagista: Dedé

Roupeiro: Gilvan da Silva

CALENDÁRIO

O Atlético-MG vem para a temporada focado nas competições nacionais. Atual campeão mineiro, a equipe ainda não sabe se defenderá o título, já que a Federação Mineira de Futebol (FMF) não definiu a realização do torneio. Além da Brasileirão, o clube disputa a Copa do Brasil, na qual estreia diante do Gama-DF, em casa, pela primeira fase do torneio, no dia 7 de outubro.

Jogos do Atlético-MG no Brasileirão:

1ª rodada – 23/09, 15h – Botafogo x Atlético-MG

2ª rodada – 28/09, 15h30 – Atlético-MG x Corinthians

3ª rodada – 31/09, 15h – Vasco x Atlético-MG

4ª rodada – 04/10, 15h – Atlético-MG x Ceará

5ª rodada – 10/10, 15h – Sport x Atlético-MG

6ª rodada – 15/10, 17h – Atlético-MG x Grêmio

7ª rodada – 18/10, 15h – Athletico-PR x Atlético-MG

8ª rodada – 24/10, 15h – Atlético-MG x Chapecoense

9ª rodada – 31/10, 15h – América-MG x Atlético-MG

10ª rodada – 04/11, 15h – Atlético-MG x Vitória

11ª rodada – 08/11 – Palmeiras x Atlético-MG 

12ª rodada – 14/11 –Atlético-MG x Santos

13ª rodada – 22/11 – Bahia x Atlético-MG

14ª rodada – 25/11 –Atlético-MG x Flamengo

15ª rodada – 29/11 –Atlético-MG x Goiás

16ª rodada – 02/11 – Internacional x Atlético-MG

17ª rodada – 06/11 – Atlético-MG x Fluminense

18ª rodada – 13/11 – São Paulo x Atlético-MG

19ª rodada – 20/11 – Atlético-MG x Cruzeiro

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...