Loading...

Com gol nos acréscimos, Flamengo goleia Vasco e conquista Brasileirão Sub-17

O Flamengo é o campeão do Brasileirão Sub-17 de 2021. Com um primeiro tempo arrasador, a equipe reverteu a vantagem do Vasco, que venceu o duelo de ida por 3 a 1, levou um gol, mas marcou nos acréscimos e goleou por 4 a 1, na noite desta segunda (16), no Estádio da Cidadania, em Volta Redonda.

Flamengo sagrou-se bicampeão nacional. Foto Thais Magalhães/ CBF

Esse foi o segundo título rubro-negro na competição. O clube havia conquistado a primeira edição do Brasileirão Sub-17, disputada em 2019. No ano passado, o Fluminense levou a taça, batendo o Athletico-PR na final.

A campanha vitoriosa teve onze vitórias, um empate e três derrotas, 35 gols marcados e 19 sofridos. Emerson, do Athletico-PR, foi o artilheiro do campeonato, com treze gols anotados.

Agora, o Flamengo volta as suas atenções para a Copa do Brasil Sub-17. A equipe estreia no próximo domingo (22), às 21h, diante do Vasco-AC, no Florestão, em Rio Branco. Já o Cruzmaltino estreia no Carioca Sub-17 na terça (24), às 13h, diante do Resende, no Estádio do Trabalhador, em Resende.

O jogo

Precisando reverter a desvantagem do jogo de ida, o Rubro-Negro foi para cima no primeiro tempo. Apesar de Barros ter criado a primeira chance de perigo para os vascaínos, chutando de fora da área e exigindo boa defesa de Dyogo, os donos da casa saíram em vantagem.

Aos quinze minutos, Victor Hugo recebeu pelo meio, trouxe para a canhota e arriscou de fora, acertando o cantinho do goleiro para abrir o placar. GB respondeu para o Cruzmaltino de cabeça, mas JP cortou quase em cima da linha.

O Flamengo quase fez o segundo com Mateusão, que ganhou da marcação e parou em grande defesa de Allan Vitor. Mas a equipe ampliou o marcador aos 33, quando José Welinton cruzou da esquerda e Victor Hugo se esticou para completar. Aos 44, Petterson passou pela marcação, invadiu a área pela esquerda e chutou rasteiro, anotando o terceiro.

Após perder a vantagem de dois gols, o Vasco foi para cima na etapa final, mas parou duas vezes em Dyogo. O goleiro espalmou o chute forte de Paulinho e também evitou o arremate de Ykaro, ambos frente a frente. Já o Rubro-Negro respondeu em contragolpe, mas Mateusão errou o alvo dentro da área.

De tanto insistir, os visitantes descontaram. Aos 28, Hygor cruzou da direita e Barros apareceu na segunda trave para cabecear forte e marcar.  Mas quando a partida parecia se encaminhar para os pênaltis, Petterson decidiu. Aos 48, ele recebeu passe fora da área e bateu colocado, no canto, fazendo o quarto gol flamenguista e definindo o duelo.

 

Deixe sua opinião

Jornalista apaixonado por qualquer espécie de futebol
Loading...