Loading...

Com folga, base do Santos termina como a mais goleadora do Brasileiro-2020

O Campeonato Brasileiro da Série A de Profissionais de 2020 enfim chegou ao fim, com suas 38 rodadas realizadas. Foram 922 gols pró e outros 22 contra, marcados por 310 atletas dentre os 20 clubes participantes.

Claudinho foi o craque e um dos artilheiros do campeonato (Foto: Site oficial do Santos FC)

Se levarmos em consideração a lista dos futebolistas em função do primeiro clube na carreira, o Santos foi o grande destaque, com 61 tentos, anotados por dez jogadores, com destaque para Claudinho, do RB Bragantino, que deixou a agremiação santista em 2015. Eleito craque da competição, ele foi também um dos artilheiros, com 18 gols. Aliás, somente Marcos Leonardo ainda está no Peixe.

Ao todo o Santos teve 23 gols a mais marcados por sua base em relação a Corinthians e Internacional, que dividiram a segunda colocação e fecharam o “pódio”, e foi também o único a ter mais de um nome com pelo menos dez tentos (são quatro jogadores ao todo).

Confira a lista completa:

1º Santos = 61 (Claudinho/RB Bragantino [18], Gabriel Barbosa/Flamengo [14], Renato Kayzer/Athletico-PR [11], Yuri Alberto/Internacional [10], Marcos Leonardo/Santos [2], Saldanha/Bahia [2], Zeca/Bahia [1], Matheus Ferraz/Fluminense [1], Geuvânio/Athletico-PR [1] e Diego/Flamengo [1]).

 

2º Corinthians = 38 (Raphael Veiga/Palmeiras [11], Everton Ribeiro/Flamengo [7], Jô/Corinthians [6], Guilherme Arana/Atlético-MG [4], Marquinhos/Sport [3], Fágner/Corinthians [2], Ricardo Oliveira/Coritiba [2], Rafael Vaz/Goiás [1], Gustavo Mantuan/Corinthians [1] e Roni/Corinthians [1]);

     Internacional = 38 (Luiz Adriano/Palmeiras [10], Eduardo Sasha/Atlético-MG [9], Jair/Atlético-MG [4], Léo Ortiz/RB Bragantino [3], Rodrigo Dourado/Internacional [3], Bergson/Fortaleza [3], Gustavo Ferrareis/Atlético-GO [3], Peglow/Internacional [2] e Praxedes/Internacional [1]).

 

4º Fluminense = 36 (Diego Souza/Grêmio [13], Wellington Silva/Fluminense [4], Marcos Paulo/Fluminense [3], Danielzinho/Bahia [3], Digão/Fluminense [2], John Kennedy/Fluminense [2], Evanilson/Fluminense [2], Luiz Henrique/Fluminense [2], Rafael Navarro/Botafogo [2], Igor Rabello/Atlético-MG [1], Samuel/Fluminense [1] e Gerson/Flamengo [1]).

 

Cruzeiro = 30 (Rafael Moura/Goiás [9], Bruno Henrique/Flamengo [9], Élber/Bahia [3], Alisson/Grêmio [2], Thiago Heleno/Athletico-PR [2], Breno Lopes/Palmeiras [2], Edimar/RB Bragantino [1], Fabrício Bruno/RB Bragantino [1] e Lucas Silva/Grêmio [1]);

     São Paulo-SP = 30 (Brenner/São Paulo [11], Gabriel Sara/São Paulo [5], Helinho/RB Bragantino [3], Fábio Santos/Corinthians [3], Lucas Evangelista/RB Bragantino [2], Gabriel Novaes/Bahia [2], Mateus Gonçalves/Ceará [1], Fabinho/Athletico-PR [1], Thonny Anderson/RB Bragantino [1] e Danilo Gomes/Atlético/GO [1]).

    

7º Paraná Clube = 28 (Vina/Ceará [13], Hyoran/Atlético-MG [8], Thiago Neves/Sport [6] e Éverton/Grêmio [1]).

 

8º Flamengo = 26 (Pedro/Flamengo [13], Rossi/Bahia [5], Lincoln/Flamengo [1], Yuri César/Fortaleza [1], Mattheus/Coritiba [1], Hugo Moura/Coritiba [1], Léo Matos/Vasco [1], Pepê/Flamengo [1], Wilson/Coritiba [1] e Wescley/Ceará [1]).

  

9º Corinthians-AL = 22 (Marinho/Santos [17] e Ytalo/RB Bragantino [5]).

 

10º Bahia = 20 (Nenê/Fluminense [8], Madson/Santos [5], Jean/Atlético-GO [5], Eric Ramires/RB Bragantino [1] e Thiago/Bahia [1]);

       Goiás = 20 (Carlos Eduardo/Athletico-PR [7], Vinicius Lopes/Goiás [6], David Duarte/Goiás [2], Jefferson Junio/Goiás [1], Índio/Goiás [1], Miguel Figueira/Goiás [1], João Marcos/Goiás [1] e Ernando/Bahia [1]).

      

12º Anápolis = 18 (Luciano/São Paulo [18]);

        Vasco = 18 (Marrony/Atlético-MG [5], Mateus Vital/Corinthians [4], Talles Magno/Vasco [3], Andrey/Vasco [2], Ricardo Graça/Vasco [2], Gabriel Pec/Vasco [1] e Vinícius/Vasco [1]).

 

14º Bangu = 17 (Thiago Galhardo/Internacional [17]);

        Botafogo = 17 (Fellipe Bastos/Vasco [4], Caio Alexandre/Botafogo [4], Lucas Ribamar/Vasco [4], Yago Felipe/Fluminense [2], Emerson Santos/Palmeiras [1], Sassá/Coritiba [1] e Luiz Otávio/Ceará [1]).

 

16º Lanús-ARG = 14 (Germán Cano/Vasco [14]).

 

17º ABC = 13 (Rodriguinho/Bahia [7], Romarinho/Fortaleza [4], Fessin/Bahia [1] e Edson/Atlético-GO [1]);

        Coritiba = 13 (Gustavo Mosquito/Corinthians [5], Daniel Bessa/Goiás [2], Zé Rafael/Palmeiras [2], Luccas Claro/Fluminense [2], Luiz Henrique/Coritiba [1] e Natanael/Coritiba [1]);

        Grêmio = 13 (Jean Pyerre/Grêmio [5], Léo Chú/Ceará [3], Ferreira/Grêmio [2], Vanderson/Grêmio [1], Darlan/Grêmio [1] e Eduardo Brock/Ceará [1]);

Guarani-SP = 13 (Willian/Palmeiras [7], Leo Cittadini/Athletico-PR [5] e Boschilia/Internacional [1]).

 

 21º Palmeiras = 12 (Patrick de Paula/Palmeiras [3], Victor Luis/Botafogo [2], Wesley/Palmeiras [2], David Braz/Grêmio [2], Jobson/Santos [2] e Luan Cândido/RB Bragantino [1]);

        Vitória-BA = 12 (David/Fortaleza [7], Victor Andrade/Goiás [2], Gustavo Henrique/Flamengo [2] e Anderson Martins/Bahia [1]).

      

23º America-RJ = 10 (Fernandão/Goiás [10]);

        América-SE = 10 (Keno/Atlético-MG [10]);

        Macaé = 10 (Matheus Babi/Botafogo [10]).

        

26º Confiança = 9 (Gilberto/Bahia [9]);

        Foz do Iguaçu = 9 (Pepê/Grêmio [9]);

Juventus-SP = 9 (Wellington Paulista/Fortaleza [9]);

Ponte Preta = 9 (Robson/Coritiba [8] e Natan/Flamengo [1]);

Santa Cruz-PE = 9 (Bruno Marques/Santos [3], Hernanes/São Paulo [3]), Everaldo/Corinthians [2] e Warley/Botafogo [1]);

        Defensor Sporting-URU = 9 (De Arrascaeta/Flamengo [8] e Gonzalo Carneiro/São Paulo [1]).

 

32º Athletico-PR = 8 (Nathan/Atlético-MG [3], Marcão Silva/Sport [2], Pablo/São Paulo [2] e Léo Pereira/Flamengo [1]);

        Sport Recife = 8 (Kaio Jorge/Santos [4], Nino/Fluminense [3] e Mikael/Sport [1]).

Tanabi = 8 (Lima/Ceará [6] e Luan/Corinthians [2]),

  

35º América-MG = 7 (Fred/Fluminense [5] e Felipe Vizeu/Ceará [2]);

        Atlético Sorocaba = 7 (Reinaldo/São Paulo [6] e Chico/Atlético-GO [1]);

        Cruzeiro-RS = 7 (Pedro Raul/Botafogo [7]);

        Zulia-VEN = 7 (Savarino/Atlético-MG [7]).

     

39º Atlético-MG = 6 (Alerrandro/RB Bragantino [5] e Nathan Silva/Coritiba [1]);

        Audax-SP = 6 (Tchê Tchê/São Paulo [4] e Wellington Rato/Atlético-GO [2]);

        Ceará = 6 (Caio Paulista/Fluminense [3], Raul/RB Bragantino [2] e Artur/RB Bragantino [1]);

       Cerâmica = 6 (Iago Maidana/Sport [6]);

       Guarani-RS = 6 (Edenilson/Internacional [6]);

       Icasa = 6 (Cléber/Ceará [6]);

       Operário-PR = 6 (Patrick/Internacional [6]);

       Paysandu = 6 (Giovanni Augusto/Coritiba [4], Leandro Carvalho/Ceará [1], PH Ganso/Fluminense [1]);

        PSTC = 6 (Sabino/Coritiba [4] e Alesson/Bahia [2]);

Uberlândia = 6 (Saulo Mineiro/Ceará [4] e Arthur Gomes/Santos [2]);

        Caracas-VEN = 6 (Soteldo/Santos [4] e Otero/Corinthians [2]).

     

50º Fortaleza = 5 (Felipe Jonatan/Santos [2], Bruno Melo/Fortaleza [2] e Vitor Jacaré/Ceará [1]);

Iraty = 5 (Elton/Sport [2], Gilvan/Atlético-GO [2] e Paulo Miranda/Grêmio [1]);

        Remo = 5 (Rony/Palmeiras [5]).

              

53º Audax Rio = 4 (Hyuri/Atlético-GO [2] e Vitinho/Flamengo [2]);

Camboriú = 4 (Roberson/Atlético-GO [2], Rodrigo Moledo/Internacional [1] e Fabinho/Ceará [1]);

Desportivo Brasil = 4 (Carlinhos/Vasco [1], Rodrigo Muniz/Coritiba [1]. Maurício/Internacional [1] e Matheus Galdezani/Coritiba [1]);

        Figueirense = 4 (Filipe Luís/Flamengo [2], William Matheus/Coritiba [1] e Pereira/Atlético-GO [1]);

Marília-SP = 4 (Martinelli/Fluminense [3] e Matheuzinho/Atlético-GO [1]);

        Santa Cruz-RN = 4 (Gabriel Veron/Palmeiras [4]);

        São José-SP = 4 (Vitinho/Athletico-PR [4]);

Benfica-POR = 4 (Léo Natel/Corinthians [4]).

 

61º América-RN = 3 (Dalberto/Sport [3]);

        América-SP = 3 (Igor Gomes/São Paulo [3]);

        Bahia de Feira = 3 (Zé Roberto/Atlético-GO [3]);

        Criciúma = 3 (Tiago/Ceará [1], Dodi/Fluminense [1] e Patric/Sport [1]);

Duque de Caxias = 3 (Juninho/Fortaleza [3]);

Grêmio Prudente = 3 (Abner Vinicius/Athletico-PR [3]);

Joinville = 3 (Janderson/Atlético-GO [3]);

Mirassol = 3 (Nikão/Athletico-PR [3]);

        Palmas-TO = 3 (Lucca/Fluminense [3]);

Paulínia = 3 (Gabriel/Corinthians [2] e Gustavo Scarpa/Palmeiras [1]);

        Portuguesa-SP = 3 (Matheus Davó/Corinthians [2] e Jean Mota/Santos [1]);

        Red Bull Brasil = 3 (Pedro Naressi/Ceará [2] e Luis Phelipe/RB Bragantino [1]);

        São Caetano = 3 (Matheus Henrique/Grêmio [2] e Nonato/Internacional [1]);

        União São João = 3 (Clayson/Bahia [3]);

        Alianza Lima-PER = 3 (Paolo Guerrero/Internacional [3]);

Central Español-URU = 3 (Abel Hernández/Internacional [3]);

        Cobreloa-CHI = 3 (Eduardo Vargas/Atlético-MG [2] e Ignacio Jara/Goiás [1]);

        Juventud de Pergamino-ARG = 3 (Churín/Grêmio [3]);

        Leones-COL = 3 (Juan Ramírez/Bahia [3]);

Norte América-EQU = 3 (Alan Franco/Atlético-MG [3]);

        River Plate Florida-URU = 3 (Leandro Barcia/Sport [3]).

 

82º Atlético-GO = 2 (Luiz Fernando/Grêmio [2]);

        Betis-MG = 2 (Vitor Leque/Atlético-GO [2]);

Cotia = 2 (Isaque/Grêmio [2]);

        Cruzeiro de Santiago-RS = 2 (Charles/Ceará [2]);

Grêmio Pague Menos = 2 (Caio Vidal/Internacional [2]);

Guarany-CE = 2 (Fernando Sobral/Ceará [2]);

        Guarulhos = 2 (Hernane/Sport [2]);

 J Malucelli = 2 (Lucas Braga/Santos [2]);

        Junior Team-PR = 2 (Juninho/Bahia [2]);

        Luverdense = 2 (Ricardo Ryller/RB Bragantino [2]);

Madureira = 2 (Ygor Catatau/Vasco [1] e Maicon/Grêmio [1]);

Monte Azul = 2 (Vitor Bueno/São Paulo [2]);

        Operário-MT = 2 (Natanael/Atlético-GO [2]);

Osvaldo Cruz = 2 (Felippe Cardoso/Fluminense [2]);

        Paranavaí = 2 (Danilo Avelar/Corinthians [2]);

Paulista = 2 (Réver/Atlético-MG [1] e Samuel Xavier/Ceará [1]);

Porto-PE = 2 (Thaciano/Grêmio [2]);

Rio Branco-RJ = 2 (Gil/Corinthians [2]);

Rio Preto = 2 (Lucas Lima/Palmeiras [1] e Matheus Vargas/Atlético-GO [1]);

        Tigres do Brasil = 2 (Oliveira/Atlético-GO [2]);

Tubarão = 2 (Kelvyn/Ceará [2]);

        Tuna Luso = 2 (Yago Pikachu/Vasco [2]);

União-PR = 2 (Christian/Athletico-PR [2]);

        Vila Nova = 2 (Jorginho/Atlético-GO [2]);

        Barcelona-EQU = 2 (Casares/Corinthians [2]);

        Deportivo Táchira-VEN = 2 (Jan Hurtado/RB Bragantino [2]);

Independiente-ARG = 2 (Martín Benítez/Vasco [2]);

        Independiente José Terán-EQU = 2 (Juan Cazares/Corinthians [2]);

Settsu-JAP = 2 (Honda/Botafogo [2]);

        Universidad Católica-CHI = 2 (Mauricio Isla/Flamengo [2]).

 

112º Água Santa = 1 (Neílton/Coritiba);

          Atlético-CE = 1 (Felipe/Fortaleza);

          Avaí = 1 (Guga/Atlético-MG);

Bandeirante-SP = 1 (Gabriel Dias/Fortaleza);

Brasiliense = 1 (Jonathan/Coritiba);

Cabofriense = 1 (Bruno Tubarão/RB Bragantino);

Cascavel CR = 1 (Bruno Nazário/Botafogo);

Chapecoense = 1 (Shaylon/Goiás);

CRB = 1 (Eduardo/Ceará);

Desportiva Guarabira = 1 (Nino Paraíba/Bahia);

Desportiva Paraense = 1 (Marco Antonio/Bahia);

Estação = 1 (Osvaldo/Fortaleza);

Grêmio Barueri = 1 (Willian Arão/Flamengo);

          Guaçuano = 1 (Pituca/Santos);

José Bonifácio = 1 (Lucas Veríssimo/Santos);

Juazeiro-BA = 1 (Dani Alves/São Paulo);

          Juventude = 1 (Ramiro/Corinthians);

          Mogi Mirim = 1 (Fábio Sanches/Goiás);

Palestra São Bernardo = 1 (Fernando Canesin/Athletico-PR);

Palmeirinha-SP = 1 (Ravanelli/Athletico-PR);

Picos = 1 (Renê/Flamengo);

          Primavera = 1 (Toró/São Paulo);

Resende = 1 (Marcelo Benevenuto/Botafogo);

Santarritense = 1 (Igor Torres/Fortaleza);

          Usipa-MG = 1 (Danilo Barcelos/Fluminense);

Vila Aurora = 1 (Ivonei/Santos);

Antofagasta-CHI = 1 (Araos/Corinthians);

          Cerro Porteño-PAR = 1 (Junior Alonso/Atlético-MG);

          Colo-Colo-CHI = 1 (Pinares/Grêmio);

          Colón-ARG = 1 (Lucas Mugni/Sport);

Defensa y Justicia-ARG = 1 (Victor Cuesta/Internacional);

Deportivo Cali-COL = 1 (Orejuela/Grêmio);

Huracán-ARG = 1 (Martín Sarrafiore/Coritiba);

          Libertad-PAR = 1 (Gustavo Gómez/Palmeiras);

Mimosas-CMF = 1 (Kalou/Botafogo);

          Nacional-URU = 1 (Viña/Palmeiras);

Olmedo-EQU = 1 (Arboleda/São Paulo);

Quilmes-ARG = 1 (Damián Musto/Internacional);

Racing-ARG = 1 (Zaracho/Atlético-MG);

Racing-URU = 1 (Michel Araújo/Fluminense);

Rosario Central-ARG = 1 (Jonathan Gómez/Sport).

Deixe sua opinião

É futebol de base? Então nada escapa dos meus olhos, seja no Brasil ou no exterior.
Loading...